Zverev conquista Acapulco e vai ultrapassar Federer

André Dias PereiraMarço 23, 20212min0

Zverev conquista Acapulco e vai ultrapassar Federer

André Dias PereiraMarço 23, 20212min0

Desde 2016 não há que Alexander Zverev não conquiste pelo menos um título. É certo que o alemão busca ainda o primeiro Major, mas a verdade é que já vai com 14 troféus. O mais recente foi conquistado este domingo, no México. Em Acapulco, Zverev levou a melhor diante Tsitsipas (6-4 e 7-6) e venceu o seu primeiro título de 2021.

Integrado como ATP 500 o torneio de Acapulco reuniu, para além dos finalistas, entre outros, Casper Rud, Grigor Dimitrov, Milos Raonic, John Isner ou Cameron Norrie.

As grandes sensações foram, contudo, Lorenzo Musetti e Dominik Koepfer, que atingiram as meias-finais. O italiano caiu para Tsitsipas (6-1 e 6-3). Aos 19 anos de idades, nunca chegou a qualquer final. No México deixou boas indicações para o futuro. Para trás deixou o português Frederico Silva (6-4. 6-2), mas também os favoritos Diego Schwartzman (6-3, 2-6 e 6-4), Frances Tiafou (2-6,6-3 e 7-6) e Grigor Dimitrov (6-4 e 7-6).

Por seu lado, Koepfer, eliminado por Zverev (6-4 e 7-6) também procura ainda o primeiro título ATP. Aqui, também deixou para trás alguns favoritos, entre eles Raonic e Norrie.

Apontado com um futuro número 1 mundial, Alexander Zverev tem-se revelado irregular. E, nos momentos chave dos principais torneios, sente dificuldade em dar o passo seguinte na carreira. Apesar dos 23 anos, há já algum tempo que se mantém ao mais alto nível. O triunfo no México mostra que o alemão está outra vez em boa forma e aponta a um título Major já em 2021. O ano passado andou perto de o conseguir, Nos EUA jogou pela primeira vez na sua carreira uma final de Major. Vencer um torneio dessa magnitude parece ser uma questão de tempo.

Alemão ultrapassa Federer

Por enquanto, disse, vencer no México era um objetivo devido à relação com o país. O alemão está em sétimo lugar no ranking ATP e prepara-se para ultrapassar Roger Federer. Zverev tem 6070 pontos e o suílo 6375. Só que Federer vai abdicar dos 500 pontos do título de ATP Miami, que se joga esta semana. Com isso poderá até ser ultrapassado por Andrey Rublev.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter