Arquivo de Modalidades - Fair Play

dumoulin.jpg?fit=1024%2C683&ssl=1
Gonçalo MeloOutubro 21, 202010min1

Está na estrada a Vuelta a España 2020! Roglic defende o título, com Dumoulin, Carapaz e companhia à espreita. Rui Costa , Ivo e Rui Oliveira da Emirates, Nélson Oliveira da Movistar e Ricardo Vilela da Burgos são os representantes lusos em prova.

sporting_0.jpg?fit=1200%2C800&ssl=1
André CoroadoOutubro 20, 20208min0

Numa temporada marcada pela pandemia, o campeonato de elite realizou-se com sucesso e acabou por coroar o Sporting CP como o novo campeão nacional, 4 anos volvidos sobre a derradeira conquista. Deitamos um olhar ao que foi a principal prova do futebol de praia nacional em 2020.

IJF-Judogui-Mask.jpg?fit=1200%2C853&ssl=1
João CamachoOutubro 19, 20207min0

O judo português está a tentar seguir com a sua vida e já realizou algumas provas nacionais, que até contou com presença de atletas brasileiros, que João Camacho nos reporta e explica como decorreram.

rublev-petersburgo.jpg?fit=640%2C371&ssl=1
André Dias PereiraOutubro 19, 20201min0

Quando se fala atualmente no ténis russo o nome Daniil Medveded é o primeiro a ser lembrado. Contudo, a nova geração também pode contar com  Andrey Rublev. Na sua primeira semana como top-10 mundial não fez por menos. O russo venceu, em São Petersburgo, o seu segundo título ATP 500.

Diante o croata Borna Coric, 23 anos e atual número 27 do Mundo, Rublev levou a melhor por 7-6(5) e 6-4. A partida ficou marcada pelo facto de Coric ter deixado fugir uma vantagem de 5-2 no tie-break do primeiro set.  Com 80% de acerto no seu jogo de serviço, o russo aumentou para 10 vitórias consecutivas em jogos em torneios de seu país natal.

Rublev deixou para trás Vasek Popisyl (6-4, 6-2), Ugo Humbert (4-6, 6-4, 7-5), Cameron Norrie (6-2, 6-1) e Denis Shapovalov (4-6, 6-3, 6-4).

Aos 22 anos, o número 8 mundial vive um momento único na carreira. Soma 34 triunfos em 2020 e 4 títulos: Dona, Adelaide, Hamburgo e São Petersburgo. Por seu lado, Borna Coric perdeu a final do torneio russo pela segundo ano consecutivo. Em 2019 o campeão foi outro jogador da casa, Daniil Medveded.

Rublev espreita agora a oportunidade de chegar, pela primeira vez, ao ATP Finals. De uma forma ou de outra, o russo garante que não esperava uma temporada tão boa. Em 2019, venceu o torneio de Moscovo e em 2017 o de Umag.

O ano de 2020 está, por isso, a ser o da sua consolidação. De resto, Rublev se tornou o primeiro jogador, desde Dominik Hrbaty, 2004, a ganhar dois torneios consecutivos nas duas primeiras semanas do ano. E desde o regresso do ténis, pós-pandemia, soma 19 vitórias contra 4 derrotas.


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS