Arquivo de NBA - Fair Play

Michael-Conroy-AP.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1
João PortugalFevereiro 25, 20195min0

A equipa dos Indiana Pacers está a impressionar mas a lesão de Victor Oladipo pode tirar alguma eficácia e comprometer as aspirações nos playoff. Os dados estatísticos e as ideias sobre os Pacers de 2019!

RLWBNU5YLJF6VKOBZVX4VT3C7U.jpg?fit=1200%2C674&ssl=1
João PortugalJaneiro 25, 20197min0

A chegada de alguns reforços não foi o suficiente para colocar os Lakers na rota dos Play-off e estão em perigo iminente de ficar de fora mesmo. As razões da queda e as previsões para o que se segue!

harden.jpg?fit=1200%2C675&ssl=1
João FerreiraJaneiro 22, 20193min0

É cada vez mais claro que os All-Star são um concurso de popularidade e não um concurso em que apenas os melhores da NBA são votados.

Este ano é por demais evidente que existe uma premente falta de respeito perante alguns dos atuais melhores jogadores da NBA, face a alguns jogadores que têm demonstrado ser grandes jogadores de futuro, ou que já que demonstraram tudo aquilo que tinham para mostrar e que são autênticas lendas na liga.

Mas passemos aos casos que assombram o concurso deste ano:

Dwayne Wade (em vez de Kyle Lowry)

Se é verdade que Dwayne Wade foi e é um dos melhores jogadores de sempre da NBA. No entanto, estas últimas temporadas não têm sido as melhores, muito devido à idade “avançada” do jogador (37 anos). Veremos se chega aos 40 anos como Vince Carter. O problema é que Wade ocupa o 2º lugar na categoria dos Guards, lugar esse que, no meu entender, devia estar entregue a Kyle Lowry.

Os Toronto Raptors subiram muito de rendimento muito pela chegada de Kawhi Leonard. No entanto, a época de Kyle Lowry tem sido tão boa, que o próprio jogador tem-se tornado um jogador mais de equipa e menos de pontos. Desta maneira, Lowry apresenta uma média quase de duplo-duplo com 13.9 pontos/jogo, 9.4 assistências/jogo e 4.5 ressaltos/jogo. 

Números como estes, no 2º classificado da Conferência Este, não podem ser postos atrás do legado de um jogador, por maior que este jogador seja. 

Luka Doncic (à frente de Kevin Durant, Anthony Davis)

19 anos. Rookie. A sensação deste ano na NBA. MVP da Euroliga com 18 anos. 1º triplo-duplo há dois dias. Torna-se complicado pôr em palavras aquilo que Luka Doncic tem feito. Média com 20 pontos.

Simplesmente abismal. 

No entanto, quando falamos dos All-Star temos que ter em atenção que Luka Doncic já é um All-Star, mas não um jogador para começar de início, pondo no banco jogadores como Kevin Durant, ou Anthony Davis.

Não só é injusto, como é incoerente ter um jogador que só chegou agora à liga e que ainda ainda não mostrou ser melhor, principalmente, que estes dois jogadores.

Veremos se acabará por ser titular.

Derrick Rose (à frente de James Harden)

Se no caso de Doncic, o problema é quem começa a titular, neste caso é um pouco mais que isso. É simplesmente bizarro.

Rose, esta época, tem demonstrado muitos dos atributos que lhe eram atribuídos antes das lesões que quase acabaram com a sua carreira. Fez um jogo de 50 pontos. Modernizou o seu jogo de forma a não estar apenas dependente do esforço fisico que lhe era reconhecido.

No entanto, James Harden está numa forma completamente anormal. Neste momento, Harden leva 20 jogos consecutivos a marcar 30 ou mais pontos, tendo apenas à sua frente Wilt Chamberlain.

Leva uma média de 35.7 pontos/jogo e como se não bastasse, leva 8.3 assistências/jogo e 6.4 ressaltos/jogo.

Números que numa época normal, não só daria o título de MVP à partida, como também um lugar a titular nos All-Star.

Veremos o que acontece.

Para os nossos FairPlayianos, há mais alguma caso estranho?


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS