Quem vai suceder ao Olivais FC na Taça da Federação?

José AndradeMarço 24, 20229min0

Quem vai suceder ao Olivais FC na Taça da Federação?

José AndradeMarço 24, 20229min0

Neste texto vamos lançar a Taça da Federação que regressa depois do interregno de uma temporada, recordando jogadoras, equipas vencedoras e históricas que marcaram esta competição que se vai jogar entre os dias 25 e 27 entre Vagos e Esgueira, por isso venham connosco nesta viagem pela competição.

Com o final da fase regular, surge a segunda altura de decisões no nosso basquetebol, pouco depois da Taça de Portugal ter sido conquistada pelo SL Benfica, chegou a altura de saber quem sucede ao Olivais FC na Taça da Federação, troféu que começou a ser disputado em 2009-2010.

– Quinta dos Lombos: Será desta que o penta chega?

Vamos até Carcavelos para falar da única equipa que já conquistou a Taça da Federação por 4 ocasiões. A primeira conquista foi na segunda edição deste troféu em 2010-2011, numa equipa que já tinha o professor José Leite como timoneiro, algo que não mudou até aos dias de hoje e onde brilhavam atletas como Paula Muxiri, Dora Duarte, Inês Aragão e Felicite Mendes, quatro nomes muito grandes do nosso basquetebol. A segunda conquista surge em 2013-2014 interrompeu a senda do CAB Madeira e era uma equipa composta por algumas das maiores de sempre, falo de Mery Andrade, Filipa Bernardeco, Sónia Reis, Inês Viana, Maria Koustorkova ou ainda Márcia da Costa Robalo, uma equipa que ficou para a história e que nessa mesma temporada ainda conquistou o campeonato.

A terceira conquista foi em 2016-2017, numa equipa com nomes que atualmente brilham na Liga Betclic ou no estrangeiro, casos de Marcy Gonçalves, Josephine Filipe, Artémis Afonso, Vania Sengo, Carolina Rodrigues, Carolina Escórcio, Vania Sengo ou Beatriz Jordão, Cláudia Viana e Chanaya Pinto que brilham nos Estados Unidos. No ano seguinte aquela que foi a última conquista do Quinta dos Lombos e que colocou a equipa como a maior vencedora deste troféu.

Nesta conquista estavam presentes as já mencionadas e ainda algumas jogadoras como Mariana Carvalho, Sara Barata, Helga Gonçalves, Nazaré Lopes e Kankou Coulibaly. Nesta temporada, José Leite procura a sua quinta Taça da Federação numa equipa onde Letícia Rodrigues e Ndioma Kane são as grandes figuras seguindo as estrelas que falámos que foram passando e brilhando nas posições interiores do Quinta dos Lombos, com Mariana Carvalho em busca do seu segundo troféu ela que é uma das armas que pode fazer a diferença para uma possível conquista.

– CAB Madeira: a busca pelo tetra

As madeirenses são a equipa com mais conquistas a seguir ao Quita dos Lombos ao ter vencido esta competição por 3 vezes, venceram a primeira edição da Taça da Federação, com uma equipa composta por grandes jogadoras como Marcy Gonçalves, Marta Bravo, Candice Champion, Kaitlin Sowinski ou Catarina Freitas, uma equipa de estrelas orientadas por João Paulo Silva que atualmente orienta a equipa masculina.

A segunda conquista surge 3 temporadas depois, na época 2012-2013 o CAB voltou a vencer, mais uma equipa de enormes talentos tais como Catarina Freitas ou Carolina Escórcio que se mantinham da primeira conquista, ainda Fátima Silva a atual treinadora do CAB Madeira, mas entre outras craques que compunham esta equipa estavam, Jheri Booker, Carmen Reynolds, Maria Correia e Marta Bravo que também elas revalidavam assim a conquista da primeira edição num conjunto orientado por Paulo Freitas o atual timoneiro do Francisco Franco.

A última conquista do CAB Madeira acontece dois anos depois, na temporada de 2014-2015 com João Pedro Vieira como treinador e numa equipa onde a base se mantinha com Marta Bravo, Carolina Escórcio e onde brilhavam jogadoras como Ashley Bruner, Joana Lopes, Carla Freitas ou ainda Lavínia Silva, esta última que conseguia a sua segunda conquista. Equipas históricas, jogadoras consagradas e que marcaram o nosso basquetebol num CAB Madeira que neste fim de semana vai buscar o regresso aos troféus numa equipa onde Carolina Bernardeco se assume como a herdeira destas estrelas históricas e como a principal arma para uma possível conquista na edição da Taça da Federação que vamos ter em Vagos e Esgueira.

– GDESSA: Em busca da segunda conquista

Vamos até ao Barreiro para falar do GDESSA, uma das 4 equipas que já venceu este troféu por uma ocasião. A conquista ocorreu em 2015-2016, com Nuno Manaia atual diretor técnico nacional como timoneiro e com três das maiores figuras a serem as mesmas de atualmente, falo de Maiana Umabano, Leonor Serralheiro e Márcia da Costa Robalo que voltava aqui a vencer a Taça da Federação. Além destes nomes consagrados, estavam jogadoras como Joana Bernardeco que também ela vencia a sua segunda Taça, Luana Serranho e Eliana Cabral que brilham lá fora e ainda Kamilah Jackson uma das melhores estrangeiras que passou pela nossa liga nos últimos anos.

O GDESSA, procura a sua segunda conquista com a mesma base de sucesso, com o acréscimo de Letícia Josefino, Tanita Allen ou Sofia Ramalho, uma equipa que esteve na final da Taça de Portugal e que vai tentar aqui reconquistar esta Taça da Federação mostrando aquilo que tem mostrado nesta temporada, que são uma das equipas mais fortes do nosso basquetebol.

– União Sportiva: A Procura pelo Bi

As açorianas foram as penúltimas vencedoras da Taça da Federação, em 2018-2019 conseguiram a sua primeira e única conquista com Ricardo Botelho a ser o técnico tal como acontece atualmente. Como sempre nos habituaram até aos dias de hoje, as açorianas tinham uma equipa muito forte onde brilhavam jogadoras como Joana Soeiro, Raphaella Monteiro, Catarina Mateus, Anna Seilund, Josephine Filipe e Kankou Coulibaly que voltaram aqui a conquistar este troféu e ainda um nome muito grande como Sara Djassi.

Nesta temporada, uma equipa muito forte, onde brilham Nausia Woolfolk, Joana Alves ou Simone Costa e onde a estrela maior e líder é Raquel Laneiro que assume o estrelato nesta equipa que é uma das favoritas a vencer neste fim de semana esta edição da Taça da Federação.

– Olivais FC e Boa Viagem

Duas equipas que não marcam presença nesta edição, mas que nos deram duas equipas históricas e repletas de grandes jogadoras. O Boa Viagem venceu em 2011-2012, na segunda edição da Taça da Federação, numa equipa onde brilhavam Lavínia da Silva, Solange Neves, Corin Adams ou ainda Célia Simões, jogadoras que marcaram muito o nosso basquetebol. No caso do Olivais FC, a conquista surgiu em 2019-2020, a equipa vinha de vencer o campeonato e que era comandada por Eugênio Rodrigues, nela brilhavam Marcy Gonçalves, Artémis Afonso ou Carolina Rodrigues que já haviam conquistado esta competição, além de jovens como Alice Martins, Mariana Mendes ou Raquel Alves, um conjunto que nos deu um basquetebol espetacular e algumas das atuais figuras da Liga Betclic Feminina.

Teremos um vencedor novo?

– SL Benfica: Intenção de aumentar o domínio

O Benfica vem de vencer os últimos quatro troféus nacionais e busca aqui a sua primeira Taça da Federação com elementos que já conseguiram levantar esta Taça, casos de Eugênio Rodrigues, Raphaella Monteiro, Joana Soeiro ou Carolina Rodrigues. O Benfica surge como a equipa favorita, algo que é inevitável pelas conquistas e por ainda não terem conhecido o sabor da derrota nesta temporada, uma equipa que além dos nomes já citados tem em Mariana Silva e Candella Gentinetta duas das armas que podem voltar a fazer a diferença para a conquista de uma taça.

– AD Vagos: Fazer história em casa

No caso do Vagos, a procura é pela primeira Taça da Federação com um plantel onde ninguém venceu este troféu, mas onde a experiência e a muita qualidade podem ser os fatores diferenciais para uma conquista aliado ao facto de jogarem em casa. Martha Burse, Manuela Rios e Susana Carvalheira serão certamente jogadoras em destaque nesta Taça da Federação e podem assumir mesmo um peso maior para uma possível conquista.

– Esgueira: Busca de aumentar a surpresa

As aveirenses jogam em casa, a final vai mesmo ser no seu pavilhão e são mais uma equipa que busca a primeira Taça da Federação. Uma equipa onde todos procuram a sua primeira conquista desta Taça da Federação e que foram a sensação da fase regular da Liga Betclic, a muita qualidade técnica neste conjunto pode ser o principal ponto a favor do Esgueira. Gabriela Raimundo, Inês Ramos e Ana Raimundo vão ser com toda a certeza figuras dos jogos deste fim de semana, podendo mesmo sendo as estrelas do que poderá ser a primeira conquista desta competição numa equipa onde a arma mais ou menos secreta, poderá vir a ser André Janicas e alguma carta na manga que surpreenda neste fim de semana em Esgueira.

– Vitória SC: Deixar em definitivo o mau bocado para trás

De Guimarães surge uma equipa que adora competições assim, que se decidem em poucos dias. As comandadas de Pedro Dias vão à procura da primeira conquista da Taça da Federação, apenas Catarina Mateus já levantou este troféu. Uma equipa em crescendo na temporada, que tem aqui um teste para esta nova fase da temporada e para esse crescimento. Talvez a época mais complicada afaste alguma atenção e favoritismo, por isso mesmo poderá ser a equipa a surpreender em Aveiro. Filipa Barros e Mariana Teixeira podem vir a ser duas das melhores jogadoras da Taça da Federação desta temporada, com toda a certeza que será uma das equipas que vai animar mais esta competição em Esgueira.

Ficou aqui lançada a Taça da Federação, recordando alguns dos maiores nomes do nosso basquetebol, mas de dia 25 ao dia 27 todos os caminhos vão dar a Vagos e Esgueira para sabermos quem será que vai levantar a Taça da Federação desta temporada.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter