Rugby Português “lá fora”: Samuel Marques e Carcassonne no playoff

Francisco IsaacMaio 10, 20223min0

Rugby Português “lá fora”: Samuel Marques e Carcassonne no playoff

Francisco IsaacMaio 10, 20223min0
Está confirmada a presença do Carcassonne nos playoff de subida ao TOP14, e contamos como esteve Samuel Marques nesse encontro decisivo

Estamos a uma jornada do fim da ProD2, e o Carcassonne confirmou que vai marcar presença depois de mais uma boa exibição de Samuel Marques pelos jaunards. Fica também a saber como esteve Rui Maria Freitas frente ao favorito do LRC Diok, e muito mais neste artigo de acompanhamento.

NOTÍCIAS DE OUTROS JOGADORES

Simão Bento foi chamado ao banco de suplentes e ajudou o Stade Montois a obter mais uma vitória antes de entrarmos para a fase-a-eliminar da ProD2. O defesa ex-Técnico entrou aos 54 minutos e ainda conseguiu arrancar duas acelerações, com uma a terminar em quebra-de-linha e em jogada de perigo para os primeiros classificados da 2ª divisão de rugby profissional francesa. José Madeira também jogou neste encontro, com o 2ª linha do Grenoble a permanecer os 80 minutos dentro de campo e a rubricar uma boa prestação, especialmente no contacto, onde colocou o ombro efectivamente ao serviço em 13 ocasiões, e ainda capturou duas bolas no ruck.

Nova boa exibição de Samuel Marques, que num jogo extremamente dividido (e quente) contra o Aviron Bayonnais, ajudou os “seus” jaunards a conquistarem 4 pontos e garantirem a qualificação para os playoff de acesso à subida de divisão. O formação converteu 12 pontos ao pontapé (três conversões e duas penalidades), assistindo para o segundo ensaio do Carcassonne, depois de uma boa saída junto ao alinhamento.

Francisco Fernandes não teve uma noite particularmente feliz no penúltimo jogo da época do Béziers-Hérault, já que o seu emblema consentiu uma derrota por 5 pontos frente ao Rouen, caindo uma posição na tabela classificativa. O pilar jogou 54 minutos, realizou 8 placagens (uma tentativa falhada), e também foi amarelado por sucessão de faltas.

Jogo discreto para o centro internacional português Pedro Bettencourt, que jogou até à passagem do 48º minuto na derrota caseira frente ao Provence Rugby. O ex-CDUP realizou 7 placagens, dois defesas batidos em três portagens de bola e uma assistência para quebra-de-linha de um colega de equipe.

O DAX de Diogo Hasse Ferreira fechou a temporada com uma boa vitória na recepção ao Aubenas, clube que acabou por sofrer a relegação para a futura Nationale 2, com Cyrille Andreu a ter alinhado os 80 minutos desta derrota decisiva por dois pontos. Comecemos pelo pilar português, que somou 44 minutos e foi um dos responsáveis pelo domínio físico do DAX na luta dos packs avançados, infligindo significativo dano a partir do seu trabalho na formação-ordenada ou da excelente agressividade ágil no contacto. Já o veterano defesa criou três situações de alto perigo para o Aubenas, conseguindo duas quebras-de-linha e três defesas batidos, para além de ter capturado três bolas aéreas com elegância.

Loic Bournonville entrou aos 48 minutos numa vitória extremamente suada por parte do Rumilly, que continua na luta por chegar às meias-finais da Féderale 1 2021/2022. O talonador português introduziu cinco bolas no alinhamento, placou efectivamente por seis ocasiões neste 19-16.

Rui M. Freitas marcou mais um ensaio, naquilo que foi o “adeus” do Eemland à disputa pelo título de campeão da Ereklasse. Outra boa exibição do defesa português, conquistando 40 metros com a oval nas mãos, conseguindo ser um problema para o LRC Diok em diversas situações, acrescentando ainda 7 pontos ao pontapé (duas conversões de três e uma penalidade).


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter