Arquivo de Samuel Marques - Fair Play

437402762_808614261287014_7102293444894604428_n-1280x747.jpg
Francisco IsaacAbril 14, 20246min0

Tripla de ensaios para Raffaele Storti que ajudou o Béziers a colar-se aos dois primeiros lugares da ProD2 quando faltam duas jornadas para o fim da fase-regular, enquanto José Conde está apurado para os quartos-de-final da Division de Honor, assim como Dany Antunes na Nationale 2. Storti ao cubo e muito mais nesta jornada!

MASCULINO

PRO D2

Cody Thomas e Jérémie Maurouard foram suplentes utilizados no Rouen Normandie e ambos essenciais para garantir uma vitória essencial dos ainda últimos classificados da Pro D2, com destaque para o pilar que arrancou um turnover e forçou duas penalidades na formação-ordeanda contrária, com Maurouard a garantir seis de oito introduções no alinhamento. Thomas somou ainda cinco placagens efectivas, mostrando estar numa forma física invejável! Relembrar que Hugo Aubry continua de fora por lesão, e não voltará a jogar esta temporada.

12 placagens efectivas, 1 turnover e 1 alinhamento roubado à oposição, foi o pecúlio de José Madeira na esmagadora vitória do Grenoble na recepção ao Aurillac. O ex-Belenenses Rugby voltou a começar como asa do lado fechado (5º jogo consecutivo nesta posição) somando 80 minutos e uma prestação de franca enorme qualidade. Diego Pinheiro-Ruiz não foi chamado a jogo.

Rodrigo Marta e Vincent Pinto foram titulares pelo Colomiers num jogo que acabou por sorrir ao CA Brive de Lucas da Silva, que entrou no decorrer da segunda-parte. Marta foi um dos melhores em campo com uma série de boas situações ofensivas, conquistando 145 metros no total, três quebras-de-linha, seis defesas batidos, sete placagens efectivas (uma salvou um ensaio que acabou por ser marcado pouco depois) e três captações aéreas, impondo uma prestação de excelência que foi coroada com um ensaio, marcado logo aos 5 minutos de jogo. Vincent Pinto teve uma noite segura e de muita luta corporal, fechando bem o corredor nas oportunidades do Brive. Lucas da Silva acabou por entrar num momento de viragem e foi fulcral para o Brive dar a volta ao marcador de jogo.

36 minutos para Diogo Hasse Ferreira pelo Dax num encontro que terminou num pesado desaire para equipa do pilar português. Pouco há para dizer da prestação do ex-Cascais Rugby que esteve bem no seu trabalho individual na formação-ordenada com quatro placagens efectivas.

Nicolás Martins somou mais uma prestação de gabarito pelo Angoulême tendo sido novamente o melhor placador em campo com 13 placagens efectivas (zero falhadas), 1 turnover e 2 alinhamentos roubados, destacando-se também no ataque com cinco offloads efectivos, 23 metros conquistados e dois tackle-busts. O SAXV deu um passo importante na luta pela manutenção na Pro D2.

Simão Bento voltou a vestir a camisola 15 no Stade Montois e foi um bumper, captando todas as bolas que vieram na sua direcção, lançando uma série de ataques letais e que foram dando outra capacidade de resposta à equipa de Mont-de-Marsan. Terminou o jogo com 30 metros conquistados, 5 defesas batidos e mais de 7 pontapés bem colocados. Anthony Alves e Pierre Sayerse foram também titulares, com o pilar português a rubricar uma prestação de grande impacto com umas boas portagens de bola, enquanto o ponta garantiu metros nas suas intervenções no jogo.

Extraordinária tarde do AS Béziers-Hérault que simplesmente dominou na recepção ao Valence-Romans de Joris Moura, com o abertura a marcar um ensaio na primeira-parte para além de três conversões de ensaio e uma penalidade transformada. Mas em relação à equipa vitoriosa, o trio de portugueses composto por Samuel Marques, Francisco Fernandes e Raffaele Storti foi simplesmente sensacional, em especial o ponta que marcou três ensaios, estando a apenas de dois de ser o detentor absoluto de melhor marcador de ensaios de sempre da Pro D2! Samuel Marques converteu 10 pontos ao pé e assistiu para três ensaios dos seus companheiros, um deles com um toque de finesse ao pé que levantou o público da casa. Francisco Fernandes mostrou-se compacto e com um pulmão de fazer inveja, arrancando até uma quebra-de-linha e dois offloads.

NATIONALE

Luka Begic foi suplente utilizado na vitória do Chambéry (Steevy Cerqueira ainda está de fora) e entrou bem em campo, com um par de acções ofensivas de qualidade, cumprindo no alinhamento com boas introduções e uma voz de comando serena.

Jayson Rodrigues foi suplente utilizado na derrota do Massy frente ao Périgueux entrando na segunda-parte… infelizmente, saiu poucos minutos depois durante 10 minutos em virtude de um cartão amarelo

NATIONALE 2

Dany Antunes foi o MVP da vitória do OMR nos oitavos-de-final da Nationale 2, com o ponta português a somar novamente 27 pontos, com dois ensaios e uma série de conversões confirmadas, ajudando assim a chegarem aos quartos-de-final da competição, seguindo-se uma visita ao campo do Salles de Clément Ribeiro. Dany Antunes é neste momento o 2º melhor pontuador da Nationale 2 com 242 pontos.

Que enorme vitória para o Anglet de Éric dos Santos Madeira, com o capitão do Anglet a ajudar a sua equipa a chegar aos quartos-de-final da Nationale 2 depois de arrancarem uma super vitória no campo do RC Nimois. Seis captações no alinhamento, sete placagens efectivas e um turnover, jogando a totalidade dos 80 minutos.

Nota: Infelizmente para Luigi Dias, Thibault de Sousa e Lucas Vieira a temporada na Nationale 2 não terminou da melhor forma, pois foram relegados. 

ESPANHA

José Conde foi titular na derrota do UE Santboiana, que terminou em 6º lugar nesta segunda parte da temporada, seguindo agora para os quartos-de-final onde vai defrontar o Real Ciencias de Sevilla de Tomás Lamboglia. O pilar português esteve a um bom nível nos primeiros 40 minutos, com uma prestação na formação-ordenada e no jogo junto ao ruck.

Nota: O Real Ciencias de Tomás Lamboglia não jogou por estarem em greve devido a salários em atraso.

ALEMANHA

Nova pesada derrota para o München de Vasco Côrte Real, Eduardo Sampaio e João Rodrigues, que consentiram um desaire por por 66-17 na casa do SC Neuenheim.

FEMININO

ESPANHA

Inês Spínola marcou dois ensaios na “gorda” vitória do CRAT frente ao Ghenova Cocos Rugby, realizando uma prestação genial e que deu cor ao ataque da formação galega. Assistiu ainda para dois ensaios e somou três quebras-de-linha. Maria Morant entrou no decorrer da segunda-parte.

FRANÇA

ÉLITE 1

Por actualizar.

ÉLITE 2

Por actualizar.


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS