Lewis Hamilton domina no Qatar e aproxima-se de Verstappen

Luís PereiraNovembro 22, 20213min0

Lewis Hamilton domina no Qatar e aproxima-se de Verstappen

Luís PereiraNovembro 22, 20213min0

Lewis Hamilton dominou o GP do Qatar e conseguiu aproximar-se de Max Verstappen na luta pelo título, naquela que foi a penúltima corrida desta temporada formidável de Fórmula 1. O piloto britânico continuou a demonstrar o fabuloso andamento que já tinha apresentado no Brasil, e dominou a corrida de forma clara, que começou a mostrar o seu domínio logo no início, arrancando da pole sem oposição, realizando uma soberba qualificação em que deixou todos os seus adversários a cair por terrra. Gasly e Alonso arrancaram atrás de Hamilton, mas cedo se viram a ter de lutar para defender as posições de Verstappen.

O piloto holandês ainda esperava conseguir mais do que um lugar no pódio, mas o andamento de Hamilton estava a ser simplesmente demasiado alto e nada que o piloto da Red Bull tentasse era suficiente para ameaçar o piloto britânico, tendo até estado longe do 1º lugar em termos de tempos.  Apesar de não se ter conseguido aproximar-se de Hamilton, Verstappen conseguiu minimizar estragos, não só por ficar em segundo lugar, mas também por ainda ter conseguido fazer a volta mais rápida, ganhando um ponto extra.

Em terceiro lugar ficou Fernando Alonso. O espanhol está de volta aos pódios na F1, coisa que não acontecia desde 2014, na altura ainda piloto da Ferrari, realizando no Qatar uma grande corrida, gerindo de forma fantástica o ritmo e os pneus, parando apenas uma vez, com toda aquela atitude normal e própria de um dos campeões do Mundo ainda em pista na F1.

Para ficar no pódio o espanhol ainda aguentou um ataque de Sérgio Pérez, sem que o mexicano tivesse tido hipótese de lutar pelo 3º lugar, já porque no final houve algum drama, motivado por falhas nos pneus de alguns pilotos, o que provocou um Virtual Safety Car no final da corrida. Lembrar ainda que Valteri Bottas seguiu em 3º lugar até à 33ª volta, altura em que o seu pneu esquerdo da frente arrebentou, forçando-o a perder vários lugares e a energia necessária para continuar a lutar por um lugar mais alto na classificação.

Em relação aos top-5, Ocon ficou em quinto lugar, a completar aquilo que foi um ótimo resultado para a Alpine.

Lewis Hamilton é que ficou contente por ter conseguido não só a vitória, mas também pela nova competitividade da Mercedes, que parece ser o carro mais rápido atualmente. Com este resultado a luta pelo título deve ir mesmo até à última corrida, esperando-se agora uma resposta da Red Bull nas duas corridas que restam.

GRANDE PRÉMIO DO QATAR

CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS

CAMPEONATO DO MUNDO DE CONSTRUTORES


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter