Lewis Hamilton chega às 100 vitórias na F1 e liderança do Mundial

Luís PereiraSetembro 27, 20213min0

Lewis Hamilton chega às 100 vitórias na F1 e liderança do Mundial

Luís PereiraSetembro 27, 20213min0
Lewis Hamilton venceu o GP da Rússia e tornou-se o primeiro piloto de sempre a atingir as 100 vitórias da F1, estando na liderança do campeonato

Lewis Hamilton venceu o GP da Rússia e tornou-se o primeiro piloto de sempre a atingir as 100 vitórias da F1. O campeão do Mundo aproveitou a chuva que apareceu no final da corrida para conseguir chegar à vitória, depois de Lando Norris ter-se mantido em pista, apesar das condições estarem a piorar.

O jovem piloto da McLaren partiu da pole e liderou grande parte da corrida, isto depois de ter perdido posição ao arranque para Sainz. Norris parecia decidido a vencer a sua primeira corrida na F1 e cedo começou a pressionar o Ferrari e passou-o em pista à 13ª volta. Enquanto isso, Max Verstappen tentava aproveitar o andamento do seu Red Bull para recuperar lugares depois de ter partido da última posição, isto porque trocou componentes da sua unidade motriz.

Ao contrário do que acontecia com o piloto da Red Bull, tudo corria bem a Lando Norris. A paragem para troca de pneus correu bem, e o jovem piloto inglês foi gerindo a liderança, apesar do aproximar iminente de Hamilton.

O piloto da Mercedes ganhou nova vida com a paragem nas boxes, lembrando que esteve teve um arranque menos positivo ficando assim atrás de Ricciardo. A paragem deu o boost necessário e Hamilton avançou diabolicamente até à grelha da frente.

Cedo Hamilton chegou-se a Norris, só que o piloto da McLaren estava a poupar combustível e pneus para o ataque do Mercedes. O detentor do título mundial bem tentava, aproximava-se, mas o seu conterrâneo não cometia erros e conseguia manter a liderança, aguentado bem a pressão e parecia que tudo levava a crer que a vitória parecia estar entregue a Norris… só que começou a chover.

Com apenas cinco voltas para o final da corrida, o fator chuva veio dar imprevisibilidade ao final da corrida. Norris, na liderança, achou que tinha condições para continuar em pista com pneus de pista seca, enquanto Hamilton, sem nada a perder, seguiu as instruções da equipa e parou para pneus intermédios, com essa paragem a ser decisiva. Esta troca garantiu mais andamento, especialmente porque a chuva ia ficando cada vez mais intensa.

Com cada vez mais dificuldades, Norris saiu de pista e Lewis Hamilton passou para a frente da corrida. O piloto da McLaren não aguentou mais com os pneus de pista seca e teve de parar, tarde demais, até para o pódio. Um desastre para uma das coqueluches actuais da Fórmula 1.

Por sua vez, o piloto da Mercedes teve o prémio por se manter sempre na luta, garantindo a 100ª vitória da carreira. tornando-se o primeiro piloto de F1 de sempre a atingir a meta centenária. Em segundo ficou, surpreendentemente, Verstappen. O neerlandês foi um dos primeiros a parar por pneus de intermédios e colheu os frutos da aposta. Uma verdadeira corrida de recuperação.

A fechar o pódio ficou Carlos Sainz, que também teve a sua recompensa, depois de ter liderado o início da corrida. Com esta vitória Hamilton não só fez história, como também passou para a liderança do campeonato, ainda que apenas por dois pontos.

GRANDE PRÉMIO DA RÚSSIA

CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter