Arquivo de SIMECQ - Fair Play

323449626_691255932538582_6005558498327564494_n.jpg?fit=720%2C1080&ssl=1
José AndradeFevereiro 3, 20238min0

O CN 1ª Divisão regressou para mais um fim-de-semana formidável, repleto de duelos incríveis e ainda mais jogadoras em evidência, por tudo isto venham connosco e fiquem a saber o que se passou em mais uma grande ronda de jogos no CN 1ª Divisão.

As mais valorizadas desta ronda de jogos no CN 1ª Divisão:

Começamos pelo Algarve, onde Chervelle Cox brilhou no triunfo do Ferragudo frente ao CBQ com 29 pontos, 15 ressaltos, 2 assistências, 5 roubos de bola e 1 desarme de lançamento. Já em terras do Alentejo, encontramos Lanay Rodney que voltou a ser uma das maiores figuras do fim-de-semana ao estar em evidência com 32 pontos, 16 ressaltos, 1 assistência e 1 roubo de bola na vitória do GDRAR em Carcavelos. Para a terceira mais valorizada desta ronda, vamos até São João da Madeira onde Hannah Armour voltou a mostrar todo o seu valor conseguindo 41 pontos, 13 ressaltos, 3 assistências e 2 roubos de bola no triunfo da AD Sanjoanense na receção ao Juvemaia.

Para finalizar temos Catarina Lopes que voltou a mostrar o porquê de ser uma das melhores jogadoras nacionais desta temporada ao conseguir 22 pontos, 11 ressaltos, 1 assistência, 2 roubos de bola e 2 desarmes de lançamento na vitória do SC Coimbrões frente ao SC Braga e ainda Blair Ripley que tornou a ser uma das grandes protagonistas do fim-de-semana ao brilhar com 27 pontos, 11 ressaltos, 2 assistências e 1 roubo de bola no desaire do Boa Viagem com o CLIP.

Guifões regressa aos triunfos e Ferragudo sua muito para vencer CBQ

O fim-de-semana no CN 1ª Divisão arrancou no sábado com o GDRAR a ir até Carcavelos derrotar o Quinta dos Lombos sub22 por 77-72 num jogão para a 12ª jornada da Zona Sul que como seria de esperar foi marcado pela muita emoção e de onde as alentejanas saíram ainda mais motivadas deixando mais uma amostra da sua qualidade e daquilo que são capazes de fazer. Com muito ainda por jogar, mudamos até à Horta onde o Carnide foi vencer o Fayal SC por 90-52 conseguindo assim um triunfo categórico em mais um duelo da 12ª jornada da Zona Sul. Para Norte, a AD Sanjoanense deu seguimento ao seu excelente momento de forma ao receber e vencer o Maia Basket por 91-66 num duelo da 16ª jornada de grande nível onde a equipa da casa entrou com tudo conseguindo uma vantagem sólida, que nem uma ótima segunda parte do conjunto visitante conseguiu reverter.

O CLIP foi vencer o Boa Viagem por 78-59 conseguindo dessa forma regressar às vitórias depois dos três desaires consecutivos colando-se assim ao duo da liderança da Zona Norte, embora com mais um jogo. No último jogo deste sábado, o SC Coimbrões recebeu e venceu o SC Braga por 67-56 com as minhotas a terminarem por cima, mas que não foi suficiente para evitar o desaire ante SC Coimbrões, que continua assim na luta pelo 1º lugar.

Mudando de dia, o domingo foi marcado por três fantásticos duelos. O primeiro jogou-se a Sul, com o Ferragudo a receber e vencer o CBQ por 59-58 numa partida correspondente à 12ª jornada e naquele que foi um dos melhores encontros do fim-de-semana com as algarvias a marcarem posição frente a uma das mais fortes opositoras nesta Zona Sul do CN 1ª Divisão. Jogaço muito disputado e impróprio para cardíacos, com as algarvias a conseguirem um ligeiríssimo ascendente no derradeiro período e num jogo que terminou em brasa e que foi muito disputado do primeiro ao último suspiro.

Seguimos pelo domingo de grandes jogos, com paragem em Lisboa onde a SIMECQ triunfou na receção ao CS Marítimo por 100-36 para a mesma 12ª jornada da Zona Sul, uma vitória sem contestação para a equipa da Cruz Quebrada que conseguiu assim abrir uma vantagem mais “confortável” para os dois conjuntos que se encontram nos dois últimos lugares da Zona Sul. Por fim e para encerrar da melhor maneira este fim-de-semana de enormes duelos no CN 1ª Divisão, o triunfo do Guifões SC no terreno do Juvemaia por 68-61 num duelo da 16ª jornada, conseguindo assim o retorno aos bons resultados depois de 3 derrotas.

Olhando para as contas nesta altura no CN 1ª Divisão, a Norte o Basquete de Barcelos, o SC Coimbrões e o CLIP estão empatados no cimo da tabela com 26 pontos, sendo que as duas primeiras estão com menos um jogo. Logo depois segue a AD Sanjoanense com 24 pontos, o SC Braga ocupa o 5º lugar com 19 pontos, mais um que o Boa Viagem e mais dois que o Maia Basket e Guifões que com 17 pontos ocupam o 7º e 8º lugar no Norte do CN 1ª Divisão onde o Juvemaia segue na 9ª posição com 16 pontos. A Sul, Ferragudo lidera com 23 pontos, GDRAR está logo atrás com 21 pontos e em terceiro está o CBQ com 20 pontos. No quarto lugar encontra-se o Quinta dos Lombos sub22 que até então obteve 18 pontos, os mesmos que o Carnide e a SIMECQ. No 7º lugar está o Fayal SC com 14 pontos mais dois que o CS Marítimo.

Os maiores destaques individuais do fim-de-semana no CN 1ª Divisão:

– Inês Vales: Figura em constante destaque

Começamos os maiores destaques desta ronda de jogos no CN 1ª Divisão, por Queluz de onde nos chega Inês Vales jogadora que já foi aqui destacada e não é por acaso. É claramente de uma das figuras da temporada, mais do que boa forma, esta afirmação de uma jogadora que tem estado em evidência a cada jogo do CBQ. Nesta ronda o resultado não foi positivo, mas Inês Vales brilhou com 10 pontos, 13 ressaltos, 3 assistências e 2 roubos de bola no duelo com o Ferragudo, reforçando o estatuto de uma das figuras da época no CN 1ª Divisão.

– Maria Marinho: Incapacidade para jogar mal

Maria Marinho já era uma das melhores jogadoras da competição, e nesta época deu um salto em frente e decidiu ser uma protagonista ainda maior, deixando para trás duvidas e mostrando que é jogadora para os maiores palcos. O CLIP venceu o Boa Viagem com Maria Marinho a destacar-se com 12 pontos, 8 ressaltos, 4 assistências e 3 roubos de bola, sendo assim e como habitualmente uma das figuras da ronda de duelos no CN 1ª Divisão.

– Sofia Sousa: Brilhar em todos os palcos

Na Maia encontramos uma das maiores promessas do nosso basquetebol e que tem vindo a ser protagonista em diferentes palcos e escalões. De quem falamos? De Sofia Sousa, pois a atleta voltou a ser uma das protagonistas desta ronda no CN 1ª Divisão entrando com tudo e mostrando uma vez mais toda a sua imensa qualidade, conseguindo 12 pontos, 1 ressalto, 4 assistências e 4 roubos de bola no desaire do Maia Basket com a AD Sanjoanense.

– Rita Gomes: Mostrar que é cada vez menos uma promessa e mais uma certeza

Em Lisboa, foi Rita Gomes, jogadora da SIMECQ, que brilhou no triunfo do conjunto alfacinha frente ao CS Marítimo. Uma jogadora ainda em idade de formação, sendo até uma das figuras da equipa sub18 como se viu na fase final distrital, mas que neste jogo com as madeirenses conseguiu 24 pontos, 5 ressaltos, 1 assistência e 6 roubos de bola evidenciando uma vez mais o enorme valor que é esta jogadora da formação da SIMECQ.

– Francisca Pop: Afirmação, certezas e destaque semanal

Para terminarmos os nossos destaques desta semana no CN 1ª Divisão, vamos até Carnide onde encontramos Francisca Pop. A atleta do Carnide tem se afirmado nesta temporada, como todo o potencial que lhe é reconhecido a ser cada vez mais evidente, brilhando em cada duelo, confirmando o que se sabia dela e mostrando cada vez mais. Foi destaque no triunfo do Carnide frente ao Fayal SC com 16 pontos e 7 ressaltos, mostrando novamente o porquê de ser um dos nomes em destaque na época.

Ficou aqui tudo sobre este último fim-de-semana no CN 1ª Divisão, mais uma ronda de jogos espetaculares sobre os quais deixámos aqui o nosso resumo das incidências e ainda abordando aquelas que foram as atletas em maior evidência.

Foto: Facebook Fotos do Duarte

Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-Copia-de-6woman-20.png?fit=1024%2C640&ssl=1
Fair PlayJulho 4, 20221min0

Como foi a primeira experiência a sul para Renata Ribeiro?

Neste novo episódio do Sixth Woman, José Andrade recebeu Renata Ribeiro que pela primeira vez na sua carreira jogou fora do Norte do nosso pais e por isso mesmo veio nos falar da sua temporada na SIMECQ na 1ª Divisão. Ficámos a saber tudo a longa carreira de uma jogadora referência do basquetebol feminino nacional que transmitiu ensinamentos e ainda contou muitas histórias engraçadas dos seus muitos anos como jogadora de basquetebol ao mais alto nível.

Partilha connosco a tua opinião sobre a temporada da atleta do SIMECQ.

 


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS