Rugby Português “lá fora”: José Conde é campeão de Espanha

Francisco IsaacJunho 6, 20223min0

Rugby Português “lá fora”: José Conde é campeão de Espanha

Francisco IsaacJunho 6, 20223min0
José Conde terminou em beleza a temporada com a conquista do título de campeão de Espanha e contamos tudo o que se passou na final neste artigo

Temos campeão português na Divison de Honor espanhola, com José Conde a ajudar o Santboiana a levantar o título de campeão em 2021/2022, e contamos o porquê do pilar português ser o destaque desta semana de rugby de clubes.

O JOGADOR EM DESTAQUE: JOSÉ CONDE É CAMPEÓN DE ESPANHA

José Conde e o Unión Santboiana são os novos campeões de Espanha, conseguindo conquistar o 8º título da especialidade da sua história, naquele que é o ano do centenário do clube catalão. Numa final emotiva e que foi disputada mesmo até ao último segundo, já que o Ordizia estava a perder por apenas 4 pontos, o pilar português alinhou até ao 66º minuto e tornou a realizar uma boa exibição na primeira-linha, forçando duas penalidades na formação-ordenada e a trabalhar afincadamente no contacto, com 12 placagens efectivas (só uma falhada) e cinco entradas no contacto (duas valeram conquistas da linha-de-vantagem).

A confiança do atleta formado no GDS Cascais foi notória desde o primeiro minuto de jogo, postulando uma fisicalidade dominante e que acabou por fazer a diferença em dois momentos: aos 35, altura em que o Ordizia submeteu pressão através de um maul dinâmico, com o pilar português a fechar bem o ângulo fechado; e aos 60′, altura em que arrancou uma penalidade na formação-ordenada, com isto a acabar por injectar uma dose extra de confiança no Santboiana.

Um dos melhores reforços da Division de Honor 2021/2022, José Conde provou o porquê de merecer ser profissional de rugby com um ano de alto sucesso, em que terminou não só com a conquista do título, mas com 22 titularidades, somando-se ainda três ensaios e diversos grandes momentos ao serviço do Unión Santboiana.

NOTÍCIAS DE OUTROS JOGADORES

Simão Bento alinhou 15 minutos na derrota do Stade Montois, que acabou por deixar escapar o título de campeão da ProD2 frente ao Bayonne. O defesa português tentou dar outro alento ao ataque, mas a equipa adversária acabou por se superiorizar durante toda a 2ª parte, limitando o acesso à oval por parte dos Les Abeilles, que também consentiram diversas dificuldades na defesa.

Mike Tadjer voltou a jogar ao fim de quase 7 meses de ausência por lesão, saindo do banco para ajudar o USA Perpignan a conquistar uma última vitória na fase-regular do Top14, o que acabou por não ser suficiente para fugir ao penúltimo lugar. O talonador português entrou em campo aos 57 minutos, introduzindo a oval por três vezes no alinhamento (100% de eficácia), somando ainda duas placagens, três portagens de bola e um turnover numa boa prestação, ainda mais para quem esteve ausente durante uma boa parte da época. O USAP agora vai disputar a descida de divisão contra o 2º classificado da ProD2, o Stade Montois, o que significará que um jogador português estará no Top14 em 2022/2022.

Nota: Dany Antunes não jogou na final do Nationale em que o seu Massy foi campeão desta 3ª divisão do rugby francês, coroando uma época de alto domínio, e que acabou por valer a subida à ProD2.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter