Grande Prémio da Áustria: Primeiro top10 de Oliveira!

João DuarteAgosto 12, 20193min0

Grande Prémio da Áustria: Primeiro top10 de Oliveira!

João DuarteAgosto 12, 20193min0
Realizou-se, de 9 a 11 de Agosto, a 11ª etapa de MotoGP no circuito Spielberg Red Bull Ring, na Áustria. Dovizioso venceu a corrida categoricamente, com uma ultrapassagem na última curva da corrida e Miguel Oliveira conquistou o seu primeiro top10!

No primeiro dia Marc Marquez foi o mais rápido ao fazer o melhor tempo dos dois treinos livres na segunda sessão, com Andrea Dovizioso a ser o melhor da primeira e a mostrar-se motivado para a etapa austríaca.

No segundo dia Marc Marquez voltou a entrar forte e realizou o melhor tempo da terceira sessão a mais de 3 décimas de Maverick Vinãles, tempo esse que seria também o melhor tempo das 4 sessões de treinos livres.

Nas sessões de qualificação o campeão do mundo voltou a ser o mais forte e conquistou a pole position, deixando os adversários a mais de 4 décimas. Fabio Quartararo seria o 2º e Andrea Dovizioso o 3º da grelha de partida.

A corrida ficaria depois marcada pela intensa luta entre Marc Marquez e Andrea Dovizioso na disputa do 1º lugar da mesma.

Para alguns, seria apenas mais uma corrida dominada e vencida por Marc Marquez, mas houve quem acreditasse que seria um duelo intenso pela vitória e assim foi.

Nas primeiras voltas foi o roockie Fabio Quartararo a liderar a corrida, mas na sexta volta Andrea Dovizioso e Marc Marquez que vinham na sua perseguição tomaram a dianteira e não deixaram o francês sonhar com a vitória.

Quartararo ainda se aguentou durante algumas voltas na roda dos veteranos, mas estes decidiram aumentar o ritmo da corrida e deixaram-no para trás.

Desde a 9ª volta em diante que se isolaram e fizeram uma corrida a dois, com ataques constantes. Uma corrida repartida, com Marquez a entrar na última volta na frente de Dovizioso, que não queria deixar escapar esta oportunidade de se aproximar do líder mundial. Na última curva da corrida e quando se pensava que Marquez iria vencer a mesma, Dovizioso com uma manobra genial, faz uma linha interior à do espanhol e consegue depois segurar a vitória, acelerando até à meta.

Marquez conquistou assim o 2º lugar e em ficou Fabio Quartararo a mais de 6 segundos.

Dovizioso steals the win in Austria! (Foto: Visordown)

Consulte a classificação geral: https://bit.ly/2H4qeOd

Miguel Oliveira

O português vinha motivado depois de na última etapa ter conseguido diminuir a diferença para os pilotos da frente e por ter recebido peças novas da sua KTM, peças essas que o ajudaram bastante na melhoria da performance.

Na primeira sessão de treinos livres conseguiu o 10º melhor tempo a menos de 1 segundo do melhor, Marc Marquez.

Na segunda sessão era o 6º melhor tempo a menos de 5 décimas do melhor.

Na terceira sessão e aquela que seria a mais rápida e que iria determinar quem passava diretamente ao Q2, acabou por não conseguir ir além do 12º melhor tempo, o que o remeteu para o Q1.

Na quarta sessão foi o 9º melhor, mas com um tempo inferior ao da terceira sessão.

Na sessão de qualificação conseguiu o seu melhor tempo na sua sétima volta cronometrada, que o deixou na 3ª posição da sessão e não permitiu que fosse à segunda sessão, conquistando assim a 13ª posição da grelha de partida para domingo.

Na corrida começou por perder alguns lugares no arranque, mas depois foi recuperando algumas posições ao longo da mesma, beneficiando ainda com as quedas de Cal Crutchlow, Pol Espargaro e Jack Miller, o que permitiu que chegasse à oitava posição na 16ª volta. Posição que ia manter até ao final, conquistando assim o oitavo lugar, o seu primeiro top10 em MotoGP.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter