Mais uma corrida, mais domínio de Hamilton

Luís PereiraJunho 23, 20192min0

Mais uma corrida, mais domínio de Hamilton

Luís PereiraJunho 23, 20192min0

Lewis Hamilton voltou a mostrar que está em plena forma, dominando completamente o Grande Prémio de França.

Lewis Hamilton começou o domínio logo em qualificação, com a pole, qualificação essa que faria adivinhar todo o domínio que iria ser trazido para a pista durante a corrida.

Numa corrida com poucos incidentes, Hamilton dominou do início ao fim, numa corrida onde nunca se duvidou quem seria o vencedor no final. Ainda para mais, numa altura em que Hamilton não tem mostrado falhas ou erros cometidos.

Atrás de Hamilton ficou Bottas, que cada vez mais parece ter perdido a forma do início da temporada. Parece que Bottas começa a ficar cada vez mais ciente de que Hamilton está imbatível e cada vez mais longe.

Em 3º ficou Leclerc, o melhor dos Ferrari, ficou num distante terceiro lugar do pódio. Apesar de boa resposta dos Ferrari no Canadá, em França não tiveram sequer hipotese de levar a luta aos Mercedes.

Verstappen fez uma sólida e solitária corrida até ao 4º lugar, à frente de Vettel. Vettel começou na 7ª posiçao da grelha e o melhor que conseguiu foi o 5º lugar, bem longe das posições cimeiras.

Em 6º lugar, melhor dos “restantes” ficou Carlos Sainz. Foi uma forte prestação dos McLaren, com uma forte qualificação e forte corrida. Norris terminou na 9ª posiçao e teria terminado em 7º não fosse um problema de fiabilidade na direção do seu carro.

Foi uma corrida com muita pouca ação, mas que mostrou mais uma vez a enorme superioridade da Mercedes e de Hamilton. Hamilton atingiu assim a sua 6ª vitória em 8 corridas, a 79ª da carreira e parece que não vai ficar por aqui.

A F1 volta agora com p GP da Áustria, onde se espera por mais domínio da Mercedes.

GRANDE PRÉMIO DE FRANÇA

(foto: formula1.com)

CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS

(foto: formula1.com)

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter