Liga dos Campeões: Como se saiu Portugal com 3 equipas apuradas?

Fair PlaySetembro 10, 20214min0

Liga dos Campeões: Como se saiu Portugal com 3 equipas apuradas?

Fair PlaySetembro 10, 20214min0
FC Porto, Sporting CP e SL Benfica estão na fase-de-grupos da Champions League, mas o histórico abona a favor de Portugal com a presença de 3 equipas?

Portugal volta a ter três representantes na edição da Liga dos Campeões 2021/2022, feito que já não acontecia há cinco anos. Esta será a sexta vez que três equipas portuguesas disputam a fase de grupos da competição milionária, num ano em que o sorteio não foi particularmente favorável para as equipas portuguesas – se é um apostador habitual nos jogos das equipas portuguesas, o melhor é recorrer a saldo bónus para proteger o seu dinheiro.

Abaixo analisamos o desempenho das equipas portuguesas nas cinco ocasiões anteriores.

2006-2007

Esta foi a primeira temporada em que Portugal conseguiu três representantes nacionais na Liga dos Campeões: FC Porto, Benfica e Sporting. As equipas portuguesas tiveram sortes distintas: o Benfica foi relegado para a Taça UEFA (caiu nos quartos-de-final perante o Espanyol) e o Sporting foi eliminado na fase de grupos.

O FC Porto defrontou o Chelsea nos oitavos-de-final – empate no Dragão (1-1) e derrota em Stamford Bridge (2-1) – numa eliminatória em que o Chelsea era claramente o favorito segundo as casas de apostas.

2007-2008

Na temporada de 2007/2008 Portugal voltou a fazer-se representar com os «três grandes». O FC Porto, sob o comando de Jesualdo Ferreira, voltou a ser a equipa portuguesa com melhor desempenho na prova, terminando a fase de grupos no primeiro lugar, à frente do Liverpool. Porém, voltou a cair novamente nos oitavos-de-final – desta vez, diante do Schalke 04 após desempate por grandes penalidades.

Benfica e Sporting terminaram a fase de grupos na terceira posição e prosseguiram a caminhada europeia na Liga Europa. O Benfica voltou a cair aos pés de uma equipa espanhola (Getafe, oitavos-de-final). O Sporting eliminou o FC Basileia e o Bolton, caindo nos quartos-de-final perante o Rangers.

2012-2013

Nesta época, Porto, Benfica e Sp. Braga qualificam-se para a fase de grupos da «Champions», relegando o Sporting para a Liga Europa.

A caminhada europeia dos clubes portugueses, resume-se a mais do mesmo: FC Porto qualificou-se para os oitavos, Benfica relegado para a Liga Europa e o Sp. Braga eliminado. O FC Porto acabou eliminado de forma surpreendente pelo Málaga – derrota em Málaga (2-0) após vitória no Dragão (1-0).

Já na Liga Europa o Benfica fez uma caminhada imaculada até à final, eliminando Bayer Leverkusen, Bordéus, Newcastle e Fenerbhaçe. A final, disputada em Amesterdão, foi ganha pelo Chelsea (1-2) graças ao golo de Ivanovic nos minutos finais, numa reta final de época para esquecer no reino das águias.

2014-2015

Portugal volta a ser representado pelos ‘três grandes’ – FC Porto, Benfica e Sporting. Mais uma vez, o desfecho foi o habitual: FC Porto qualificou-se para os oitavos-de-final terminando no primeiro lugar do grupo, uma equipa relegada para a Liga Europa (Sporting) e uma equipa eliminada (Benfica).

Nesta temporada o FC Porto superou os oitavos-de-final ao eliminar contundentemente o Basileia: 4-0 no Estádio do Dragão na segunda mão da eliminatória. Porém, na eliminatória seguinte sucumbiu em casa do todo poderoso Bayern de Munique (6-1), após vitória por 3-1 no Porto.

A aventura do Sporting na Liga Europa foi extremamente curta, ao ser eliminado pelo Wolfsburgo (2-0 no total das duas mãos) nos 1/16 avos de final.

2016-2017

O elenco português foi composto pelas equipas do costume: FC Porto, Benfica e Sporting. Pela primeira vez na história duas equipas portuguesas (FC Porto e Benfica) qualificaram-se para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões! O Sporting foi eliminado ao terminar no último lugar do grupo, composto por Borussia Dortmund, Real Madrid e Légia de Varsóvia.

Nenhuma das equipas portuguesas conseguiu ultrapassar os ‘oitavos’: o FC Porto perdeu os dois confrontos com a Juventus (2-0 e 1-0) e o Benfica foi derrotado por 4-0, após vitória por 1-0 no Estádio da Luz.

O que esperar em 2021-2022?

A avaliar pelo histórico, o apostador mais metódico de todos os tempos diria que o FC Porto qualificar-se-á para os oitavos-de-final e uma das outras duas equipas será relegada para a Liga Europa. Porém, o FC Porto tem uma tarefa gigantesca pela frente este ano ao partilhar o grupo com Liverpool, Atlético de Madrid e AC Milan – ao todo estas equipas conquistaram 15 Ligas dos Campeões e marcaram presença em 25 finais da competição.

O Benfica terá de superar um dos super favoritos – Barcelona e Bayern de Munique – para atingir a fase a eliminar da prova. As maiores esperanças recaem sobre o Sporting, inserindo num grupo que conta com Ajax, Borussia Dortmund e Besiktas – leões que contam com um reforço de peso habituado a estas andanças, Pablo Sarabia. A nova aventura europeia começa no dia 14 de setembro, com o Dínamo de Kiev – Benfica!


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter