21 Jun, 2018

MotoGP – Grande Prémio de Aragão

João DuarteSetembro 28, 20173min0

MotoGP – Grande Prémio de Aragão

João DuarteSetembro 28, 20173min0
Resumo da 14ª etapa de MotoGP disputada em Aragão, com Marc Marquez, Franco Morbidelli e Joan Mir a saírem vitosiosos!

A 14ª etapa de MotoGP em Aragão, Espanha, foi marcada por lutas acesas pelas vitórias nas corridas das três classes do mundial de velocidades de motociclismo, pelo regresso de Valentino Rossi após lesão e pelo recorde de Joan Mir.

MotoGP

Nos treinos livres Marc Marquez deu boas indicações e mostrou estar à vontade com o circuito, tendo feito o melhor tempo dos mesmos. Na primeira sessão de qualificação o melhor tempo foi de Jorge Lorenzo, que mostra aos poucos estar a habituar-se à Ducati, acabando por falhar a pole position na segunda sessão de qualificação por apenas 1 décimo de segundo. Pole position essa que foi conseguida pelo espanhol Maverick Viñales.

Pela liderança da corrida passaram vários pilotos, mas na linha de meta apenas lideraram dois, Jorge Lorenzo que dominou a corrida até à 15ª volta e Marc Marquez que acabou por se sagrar vitorioso da etapa espanhola pela segunda vez consecutiva.

Em segundo ficou Dani Pedrosa, que foi ganhando lugares a partir do meio da corrida e em terceiro ficou Lorenzo.

Na liderança do campeonato encontra-se agora Marquez, com mais 16 pontos que Dovisioso por benefício da sétima posição por este conquistada.

Marquez celebrating (Foto: Motofire)

Moto2

Nos treinos livres da classe intermédia, o melhor tempo foi do líder Franco Morbidelli, mas na qualificação, Miguel Oliveira mostrou-se superior à concorrência e garantiu a sua segunda pole position da classe. Mattia Pasini e Alex Marquez completavam a primeira linha da grelha de partida.

Já a corrida foi vencida por Morbidelli, que soma já a oitava vitória desta época e da sua carreira, ficando agora a 21 pontos de Thomas Luthi, segundo classificado no campeonato de Moto2 e quarto lugar na corrida.

Mattia Pasini, que proporcionou uma grande luta pela vitória com Morbidelli durante grande parte da corrida, foi segundo classificado e Miguel Oliveira terceiro, subindo assim ao terceiro posto do campeonato por troca com Alex Marquez, que ainda rodou em terceiro na corrida, mas acabou por desistir devido à má recuperação da fratura na anca sofrida em Misano.

Morbidelli (Foto: Ultimate Motorcycle)

Moto3

Na classe mais baixa de MotoGP, Jorge Martin foi o mais rápido dos treinos livres e conquistou também a pole position, tendo o líder Joan Mir ficado em sexto lugar da qualificação, dando assim algumas esperanças aos seus adversários para aproveitarem e se aproximarem da liderança.

Mas Joan Mir mostrou mais uma vez estar um patamar acima da concorrência e venceu mais uma corrida, esta encurtada para 13 voltas devido ao nevoeiro, ainda que que em cima da linha de meta. Em segundo ficou Fabio Di Giannantonio e em terceiro Enea Batianini.

Mir bateu assim o record de vitórias numa época em Moto3 e necessita agora apenas de um segundo lugar na etapa do Japão para se sagrar campeão.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter