22 Mai, 2018

2017-18 – Nova época, o espectáculo de sempre

José NevesOutubro 5, 20173min0

2017-18 – Nova época, o espectáculo de sempre

José NevesOutubro 5, 20173min0
O campeonato nacional de hóquei em patins 2017-18 está à porta mas antes do seu início o Fair Play faz a antevisão desta nova época

A nova época do hóquei em patins português está aí à porta. Durante os próximos quinze dias e até à primeira stickada do campeonato, analisamos detalhadamente as equipas que disputam a primeira divisão nacional.


O hóquei em patins chega esta temporada ao Fair Play. A partir de hoje e durante os próximos quinze dias, analisaremos o campeonato português e as equipas que o disputarão na temporada que está prestes a arrancar, olhando para as movimentações de mercado e para os objectivos de cada um dos participantes.

Depois de uma temporada repleta de emoção e em que o campeão apenas foi encontrado nos últimos segundos de campeonato, as equipas, que se encontram em fase final de preparação, têm início de temporada marcado para o dia 21 de outubro. Excepção feita para FC Porto e SC Tomar que disputam a Supertaça António Livramento, OC Barcelos e UD Oliveirense que disputam a final-4 da Taça Continental em Viareggio, Itália. Ambas as competições marcadas já para o próximo fim de semana.

As divisões do campeonato

O campeonato português é composto por catorze equipas mas pode facilmente ser dividido em quatro. Se não se verificarem surpresas teremos no topo da tabela os quatro primeiros classificados da temporada transacta (FC Porto, SL Benfica, UD Oliveirense e Sporting CP) e será deste lote que sairá o futuro campeão. Um pouco mais abaixo teremos um trio de equipas que lutarão entre si pelo 5º lugar, mas preparadas para capitalizar no caso de uma temporada menos conseguida de um dos candidatos para poder entrar nos lugares de acesso à Liga Europeia, são elas o OC Barcelos, a Juventude Viana e a AD Valongo.

Na segunda metade da tabela, apesar das diferenças entre as equipas serem menos notórias, aparecem HC Turquel, SC Tomar, CD Paço de Arcos e Valença HC que têm como objectivo primário a manutenção mas de olhos postos nos 8º e 9º lugares que dão acesso à Taça CERS. Por último, os recém promovidos HCP Grândola, HC Braga e C Infante Sagres, que são os principais candidatos à despromoção mas que prometem muita luta às quatro equipas acima referidas na luta pela sobrevivência.

Para além das competições nacionais, nove destas equipas irão representar Portugal nas competições europeias em 2017-18. O campeão FC Porto, SL Benfica, UD Oliveirense e Sporting CP participam na Liga Europeia, a mais importante prova de clubes do velho continente. Na Taça CERS marcam presença o OC Barcelos (actual bi-campeão da prova), Juventude Viana, Valença HC, HC Turquel e SC Tomar.

Esta nova temporada promete ser tão ou mais emocionante que a última, com indecisão até às últimas stickadas, tanto no topo como na cauda da tabela. E certamente que os adeptos da modalidade estão desejosos de ver os craque em acção.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter