Um Verão na Praia: Parte I – Euro Winners Cup Nazaré 2018

André CoroadoMaio 5, 20187min0

Um Verão na Praia: Parte I – Euro Winners Cup Nazaré 2018

André CoroadoMaio 5, 20187min0
No final do mês, a Nazaré acolhe pelo segundo ano consecutivo a maior prova do futebol de praia internacional: a Euro Winners Cup, que reúne os melhores jogadores do mundo. O Fair Play convida-o à descoberta do primeiro de diversos torneios que levarão a modalidade às praias lusitanas durante os próximos meses!

O verão aproxima-se a passos largos e com ele chega a temporada europeia (e portuguesa) de futebol de praia, trazendo uma panóplia de desafios à escala nacional e continental que não deixarão os adeptos do futebol de praia indiferentes!

Este ano, à semelhança do que sucedera no ano passado, o calendário das provas disputadas em areias lusas será particularmente aliciante, com as praias de norte a sul do país a acolherem toda uma série de provas de notável envergadura. Para já, lançaremos um olhar sobre a primeira de todas as provas, que promete inaugurar a temporada europeia em grande estilo: a Euro Winners Cup 2018, a disputar na Nazaré, entre 25 de Maio e 3 de Junho.

3 provas desportivas distintas, totalizando mais de 150 jogos distribuídos ao longo de 10 dias de competição, durante os quais os melhores executantes da modalidade à escala global, nas secções masculina e feminina, irão marcar presença e lutar pelo sucesso dos seus clubes. Tais são os ingredientes do maior evento de futebol de praia do planeta, que pelo segundo ano consecutivo irá visitar as míticas areias da Nazaré.

A pitoresca vila do centro-oeste lusitano tem apostado seriamente no reforço do investimento numa modalidade que sempre encontrou um porto seguro entre as falésias que ladeiam o município, sendo premiada com a realização do evento no célebre Estádio do Viveiro, onde nasceram para o desporto mais de uma dezena de nomes ilustres do futebol de praia nacional.

[Foto: BSWW]

Nazaré Beach Soccer Cup

A acção iniciar-se-á no fim-de-semana de 25 a 27 de Maio, com a preliminar Nazaré Beach Soccer Cup: uma prova destinada a todas as equipas que, por não terem sido campeãs nacionais dos países de origem, não obtiveram entrada directa na Euro Winners Cup, tendo por isso uma última oportunidade de aceder à principal prova de clubes europeus de futebol de praia. Divididos em grupos de 4 equipas, os candidatos à qualificação terão de se classificar no 1º lugar para carimbar o passaporte para a Winners Cup e prolongar a sua estadia na Nazaré.

As equipas portuguesas, como boas anfitriãs, estarão presentes em peso, dado que todos os emblemas da divisão de elite estarão presentes (exceptuando os campeões SC Braga, os vice-campeões Sporting CP e o 3º lugar do ano passado GRAP), bem com diversas equipas da divisão nacional, que irão usufruir de uma excelente oportunidade para treinar para as provas nacionais enquanto alimentam o sonho de participar na “Liga dos Campeões” de futebol de praia.

Mas o desafio revelar-se-á uma árdua tarefa para os concorrentes, que irão defrontar alguns dos melhores emblemas europeus, dos quais será forçoso destacar as armadas russas, seguramente reforçadas pelo contingente brasileiro, que não olharão a meios para aceder à competição principal.

Vale a pena recordar que, no ano passado, a competição preliminar garantiu o apuramento de 4 equipas russas, sendo as restantes vagas ocupadas pelo Artur Music da Ucrânia (que chegaria à final da Euro Winners), KP Lódz (Polónia), CD Bala Azul (Espanha) e CD Nacional, a única das 6 equipas portuguesas em prova a conseguir assegurar a qualificação para a Euro Winners Cup.

Euro Winners Cup

Terminada a etapa preliminar, os 7 dias da semana seguinte brindarão a comunidade nazarena com o espectáculo da Euro Winners Cup propriamente dita, onde 36 clubes se irão digladiar em busca da glória continental. Portugal estará garantidamente representado por 4 equipas: SC Braga, enquanto campão da competição em título, após o sucesso retumbante alcançado na edição de 2017, Sporting CP e GRAP, enquanto os dois representantes do campeonato português, e ACD “O Sótão”, equipa da casa que mais uma vez marcará posição. A competição contará ainda com outros emblemas de peso, como a Sambenedettese, campeã italiana, na qual alinha o internacional português Bruno Novo, ou os crónicos Lokomotiv e Moscovo e Cristal de São Petersburgo, campeão e vice-campeão russos, respectivamente.

[Foto: Thomas Treuhaft] Madjer e Ricardinho voltarão a representar o Sporting na edição 2018 da Euro Winners Cup.
Resta ainda saber qual será a distribuição dos melhores jogadores pelos emblemas que marcarão presença na prova. Como é sabido, os vínculos dos jogadores aos clubes tendem a ser particularmente frágeis no futebol de praia, podendo os atletas representar várias equipas no decorrer de uma época, ainda que esse número seja limitado a 2 na presente temporada.

Deste facto resulta que os plantéis das equipas que vão participar na Euro Winners Cup serão forçosamente diferentes daqueles que se sagraram campeões nas respectivas ligas, existindo por isso grande expectativa para conhecer a composição dos conjuntos que irão procurar o assalto ao ceptro europeu.

Em Portugal, sabe-se para já que o Sporting irá contar com a base da equipa que tem vindo a participar nas provas de pré-época (Liga de Inverno, Sesimbra Cup, GRAP Cup), que inclui internacionais como Madjer, Petrony, Coimbra, Ricardinho, Duarte e os reforços de peso Belchior (ex-Casa do Benfica de Loures), Zé Maria e Jordan (ex-SC Braga).

Por seu turno, o SC Braga, agora treinado pelo seu capitão Bruno Torres, manterá a base formada por peças nucleares da selecção, como Bê Martins e Léo Martins, estando em curso uma manobra de reforço do plantel que deverá traduzir-se no regresso de nomes sonantes do futebol de praia nacional, como Miguel Pinheiro, mas seguramente também outras caras conhecidas da modalidade a nível internacional. O GRAP deverá manter a base da equipa que ano após ano tem vindo a melhorar as suas prestações, incluindo André Lourenço, recentemente chamado aos estágios da selecção nacional. “

O Sótão” apresentar-se-á esta época com um plantel renovado, do qual fazem parte vários internacionais, e promete lutar par melhorar a classificação obtida na época passada.

Women’s Euro Winners Cup

Ao mesmo tempo, terá lugar a Euro Winners feminina, realizada pelo terceiro ano consecutivo, prova que reunirá as campeãs das principais ligas nacionais femininas de toda a Europa, actualmente em franco crescimento. As duas edições anteriores foram conquistadas por equipas suíças: as atletas do Grasshopper de Zurique vencerão a primeira prova em Catania (Itália) em 2016, enquanto as Havana Shots Aargau se sagrarão campeãs na Nazaré no ano passado.

[Foto: Léa Weil, BSWW] As suíças dos Havana Shots Aargau conquistarão a edição de 2017 de Euro Winners Cup feminina, na Nazaré.
Este ano, a equipa do Norte helvético tornará a viajar a Portugal para defender o título conquistado no ano passado, devendo para isso ultrapassar a oposição de equipas com tradição recente: Higicontrol Melilla (Espanha), Portsmouth (Inglaterra) e WFC Zvezda (Rússia). Estão também em curso iniciativas que visam garantir a primeira participação portuguesa na prova, o que seria um passo importante para desenvolver finalmente o sector feminino da modalidade no nosso país. A competição desenrolar-se-á entre 28 de Maio e 3 de Junho, coroando as novas campeãs europeias no mesmo dia em que o vencedor da competição masculina será encontrado.

Ingredientes, pois, mais do que suficientes para que nós, portugueses, filhos de uma nação onde o futebol de praia já nos trouxe um palmarés de valor incalculável, acalentemos grande expectativa em face deste evento, cuja organização em solo nacional valoriza não só o nosso desporto como também o nosso património.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter