Vettel vence na “casa” de Hamilton

Luís PereiraJulho 10, 20182min0

Vettel vence na “casa” de Hamilton

Luís PereiraJulho 10, 20182min0

Sebastian Vettel reforçou a liderança do Campeonato Mundial de Fórmula 1 com a vitória no GP da Grã-Bretanha. Vettel arrancou bem da 2ª posição e agarrou a liderança da corrida. Apesar de ter conseguido ter um bom andamento na liderança, a vitória não ficou garantida.

Vettel teve de lutar arduamente com ambos os Mercedes para garantir a vitória, e essa ficou assegurada depois de uma oportuna ultrapassagem a Bottas, perto do final da corrida. Foi a 51ª vitória de Vettel, igualando o registo de Alain Prost.

Quem muito teve de lutar durante o GP foi Lewis Hamilton. Hamilton conseguiu a desejada pole, mas o sucesso na qualificação não garante sucesso na corrida. No arranque Hamilton foi lento a reagir e saiu pior do que Vettel e Bottas. Na luta para não cair ainda mais lugares, levou um toque de Raikkonen que o fez girar e cair para a última posição.

Depois disso veio uma grande corrida e recuperação, conseguindo ir de 17º para 2º lugar, com muitas ultrapassagens e alguma sorte com um safety car, que lhe deu a oportunidade de passar os Red Bull e ainda passar Bottas.

Apesar de a vitória “em casa” ter escapado, Hamilton conseguiu limitar danos, já que o toque no início da corrida podia ter tido consequências mais graves.

Raikkonen também se apresentou a um bom nível em Silverstone. Depois de ter dado um toque em Hamilton, Raikkonen teve uma penalização de 10 segundos, que lhe tirou a possibilidade de ter uma estratégia ideal. Ainda assim, o finlandês teve andamento para andar próximo de Hamilton e terminar em 3º, passando Bottas.

Bottas ainda lutou pela vitória, utilizando uma estratégia diferente de Vettel na entrada do safety car, mas os pneus deram o melhor de si e Bottas, apesar das excelentes defesas, não conseguiu terminar no pódio.

Ricciardo terminou em 5º lugar, numa corrida onde os Red Bull sentiram dificuldades devido à falta de potência dos motores Renault contra os Ferrari e Mercedes.

Nico Hulkenberg foi 6º na frente de Esteban Ocon, Kevin Magnussen, Fernando Alonso e Sergio Perez, que completaram o top 10.

No geral, o GP da Grã-Bretanha foi uma corrida intensa, que teve emoção até ao fim. O Campeonato continua ao rubro, e ainda não se sabe quem será o vencedor final.

GRANDE PRÉMIO DA GRÃ-BRETANHA

(foto: f1.com)

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS

(foto: f1.com)

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter