Lewis Hamilton faz história no regresso da F1 a Portugal

Luís PereiraOutubro 25, 20203min0

Lewis Hamilton faz história no regresso da F1 a Portugal

Luís PereiraOutubro 25, 20203min0

Fez-se história no regresso da Fórmula 1 a território nacional, com Lewis Hamilton a vencer o GP de Portugal e tornar-se com piloto com mais vitórias de sempre na F1.

Não se podia pedir melhor no regresso da Fórmula 1 a Portugal! Com a vitória no primeiro GP realizado no Autódromo Internacional do Algarve, Lewis Hamilton conseguiu atingir a marcar das 92 vitórias na F1 e passar Schumacher na lista dos pilotos com mais vitórias na modalidade.

Hamilton nem parecia estar a adaptar-se ao desafiante circuito, já que Bottas pareceu mais rápido durante todo o fim de semana, até que chegou o momento crucial. Na última volta da qualificação Hamilton saca uma volta rápida “do nada”, que lhe garantiu o lugar na pole.

No arranque da corrida, também aí, Hamilton começou a levar a melhor sobre Bottas, até que começou a chover, o que levou Hamilton a cometer um erro, a perder o lugar para Bottas e este, por sua vez, para Carlos Sainz!

Um grande arranque de corrida, com várias trocas de posição em pista, muito caos e o destaque para Kimi Raikkonen que arrancou de 16º para sexto lugar!

Mas assim que a pista começou a secar foi um retomar à normalidade, com os Mercedes a ficarem os carros mais eficazes em pista, com Bottas a assumir a liderança na frente de Hamilton.

Só que Hamilton estava decidido a tornar este regresso do GP de Portugal em algo memorável, mantendo o ritmo bem alto, até ultrapassar Bottas. O finlandês não conseguiu ir buscar nada para acompanhar o Campeão do Mundo e daí para a frente Hamilton dominou a seu belo prazer.

Verstappen ficou em terceiro, sem conseguir acompanhar os Mercedes, mas também ele com mais andamento do que os restantes. Leclerc fez uma corrida incrível, terminando num fantástico quarto lugar. Ainda que longe do pódio, Leclerc mostrou um andamento bastante superior a Vettel, que não foi além do 10º lugar.

Em quinto ficou Gasly, que fez umas boas ultrapassagens aos Renault para bater Carlos Sainz, que apesar de ter chegado a liderar a corrida, não tinha mais andamento do que lutar com Gasly para terminar em sexto.

A fechar o top 10 ficaram Perez em sétimo, na frente da dupla da Renault, Ricciardo e Ocon.

(formula1.com)

Apesar disso, o GP de Portugal não vai ficar associado apenas ao regresso do “grande circo” a território português, algo que não se via desde 1996, como ficará sempre na memória como a corrida em que Lewis Hamilton estabeleceu um novo recorde, recorde esse que seguramente não ficará por aqui.

GRANDE PRÉMIO DE PORTUGAL

(foto: formula1.com)

CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS

(foto: formula1.com)

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter