Pierre Gasly vence em louca corrida em Monza

Luís PereiraSetembro 6, 20203min0

Pierre Gasly vence em louca corrida em Monza

Luís PereiraSetembro 6, 20203min0

Numa louca corrida de F1, Pierre Gasly venceu o GP de Itália, repetindo a vitória de 2008 para então Toro Rosso, agora Alpha Tauri.

Apesar do resultado inesperado, o fim de semana parecia que iria ser mais do mesmo, já que Lewis Hamilton conquistou confortavelmente a pole. O destaque foi mesmo para a boa prestação da McLaren, com Sainz em terceiro atrás dos Mercedes.

No arranque foram mesmo os McLaren a surpresa, com Sainz a saltar para segundo e Norris a ir para terceiro, ultrapassando Bottas. Hamilton conseguia ir-se distanciando na frente, mas com os McLaren sempre a um bom ritmo.

A corrida tem o primeiro incidente quando o Haas de Magnunsen falha, obrigando o safety car a ir para a pista. Isso faz com que Hamilton tenha a imediata reação de ir às boxes mudar de pneus, mas a pit lane estava… fechada. Isso traduziu-se numa penalização de 10 segundos para o líder do campeonato.

Entretanto a Ferrari ia tendo uma corrida para esquecer, fora dos lugares pontuáveis e com Vettel a abandonar com falha nos travões. Para piorar, Leclerc tem um acidente, que fez surgir a bandeira vermelha, permitindo a todos os pilotos que ainda não tinham parado a poder fazer alterações aos seus carros.

No recomeço Hamilton cumpriu a sua penalização, que o levou para o último lugar. Com isto, Pierre Gasly surgiu na frente de Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi, Carlos Sainz, Lance Stroll, Lando Norris, Valtteri Bottas, Daniel Riccardo, Esteban Ocon e Dannil Kvyat, em 10º.

Sainz mostrou novamente que o bom andamento dos McLaren não era ao acaso e foi em perseguição de Gasly e Raikkonen. Apesar do enorme andamento, Sainz só conseguiu tentar ultrapassar Gasly na última volta. Gasly manteve a sua compostura e trouxe uma grande vitória para a Alpha Tauri.

Uma verdadeira história de redenção, ainda mais com um jovem piloto que foi demovido a meio da temporada anterior da Red Bull. Apesar do segundo lugar ser o melhor da carreira de Sainz, o espanhol sentiu aquela sensação agridoce de que poderia ter sido mais. Com o lugar no pódio mais o quarto posto para Lando Norris, foi um bom fim de semana para a McLaren.

Lance Stroll completou o pódio num excelente resultado para a Racing Point. Por sua vez, Hamilton conseguiu fazer uma enorme corrida de recuperação e terminou em sétimo, apenas a dois lugares atrás de Bottas. O que acaba por ser pouco penalizador para o líder do Campeonato.

O GP de Itália foi, sem dúvida, uma corrida caótica, mas muito interessante. É de esperar para ver se as próximas trazem mais caos, ou será um regresso à normalidade do domínio dos Mercedes.

GRANDE PRÉMIO DE ITÁLIA

(foto: formula1.com)

CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS

(foto: formula1.com)

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter