50 dicas para ganhar massa muscular

Daniel FariaMarço 1, 20186min0

50 dicas para ganhar massa muscular

Daniel FariaMarço 1, 20186min0
A busca por massa muscular pode ser desafiante e desgastante mas não desista! O Fair Play dá-lhe 50 dicas para o ajudar no processo!

Conquistar massa magra com qualidade é por vezes um “bicho de sete cabeças”. Pois bem, para si que está a ter dificuldades em consegui-lo, serão dadas nada mais nada menos que 50 dicas para simplificar o processo.

Siga-as com seriedade durante tempo suficiente para que o seu corpo possa assimilá-las. Seis meses seguindo estes conselhos dar-lhe-ão com toda a certeza resultados e progressos no que toca ao ganho de massa muscular visível no seu corpo. Vamos a elas:

  1. Treine pesado entre 6 até 12 repetições.
  2. Chegue próximo da falha muscular no exercício.
  3. Não se inspire em fisiculturistas para montar o seu treino. Eles têm outras armas, leia-se, esteróides.
  4. Tente perceber o seu corpo quando treina. Não existe treino perfeito.
  5. Treine bem e sobretudo COMA bem.
  6. Nunca pense que sabe tudo. Inove sempre no seu treino e esforce-se.
  7. 45 minutos de treino INTENSO, são suficientes para estimular o corpo no seu desenvolvimento.
  8. Mantenha o mesmo treino, pelo menos durante dois meses.
  9. Cansaço não é necessariamente indicativo de que o treino foi bom. O que interessa é o progresso (mesmo que minúsculo).
  10. Usar suplementos que possam aumentar tanto a testosterona naturalmente como aumentar a vasodilatação poderão ser muito úteis ao tentar ganhar massa muscular. Whey Protein também é uma boa solução.
  11. Quando não tiver vontade de treinar, treine mesmo assim. No final, sentirá uma sensação recompensadora.
  12. O exercício que você mais odeia é provavelmente o que você mais precisa fazer para consertar fraquezas. Tente melhorar sempre.
  13. Não “mate” treinos. Cada treino falhado é uma oportunidade perdida na busca pela massa muscular.
  14. Faça treino de força de vez em quando.
  15. Trabalhe primeiro os músculos grandes. Não adianta focar-se nos braços se os músculos do tronco são fracos.

    Consistência e empenho é a chave. (Foto: Massa Muscular Online)
  16. Pequenas dores articulares são normais e passageiras. Dores agudas e persistentes ao tempo devem ser investigadas o quanto antes.
  17. Quando sentir estagnação, mude o seu método de treino. Pesquise.
  18. Capriche na cozinha. Além do frango e batata doce, outras refeições podem ser preparadas para gerar hipertrofia.
  19. Adopte a dieta como um estilo de vida. Algo habitual, que acabará por não ter que ser um sacrifício.
  20. As primeiras semanas seguindo uma alimentação diferente serão as mais difíceis, mas depois irá acostumar-se.
  21. Aumente o consumo calórico de qualidade, bem como o de proteínas.
  22. Coma no mínimo 6 vezes por dia.
  23. A refeição pré-treino é importante. Ela será usada antes, durante e depois da actividade.
  24. Inclua alimentos na sua dieta que lhe agradem, ricos em proteína.
  25. Começar a comer melhor é mais importante do que começar certo. Dê um passo de cada vez.
  26. Cozinhe antecipadamente e “arrume” as refeições em pequenos recipientes. A margem de erro ficará mais curta.
  27. Foque na dieta, extraindo os nutrientes dos alimentos, em vez de suplementos.
  28. Quanto mais extrema for a dieta, maiores serão as hipóteses de falhar. Seja flexível.
  29. Whey Protein e outras proteínas em pó são apenas… proteína. Não há magia. Apesar de serem importantes, servem apenas de complemento aos alimentos.
  30. Experimente tomar um pré-treino, mas não habitue o seu corpo a isso por longos períodos de tempo.
  31. Creatina também é um suplemento eficaz. Experimente tomá-lo por oito semanas, corretamente, e verá resultados. Uma colher de chá por dia é suficiente.
  32. Se você gasta mais dinheiro com suplementos do que com comida, algo está MUITO errado.
  33. A maioria dos suplementos são comida em pó. Vai viver a pó? COMA.
  34. Esteja sempre aberto a experimentar coisas novas, tanto no treino, como na dieta.
  35. Durma oito horas por noite. E quando der, faça uma sesta de meia hora durante o dia.

    Aos poucos, o seu corpo muda se tomar boas decisões. (Foto: FM)
  36. Suplementos não são inúteis, mas não se deixe enganar pelo marketing “milagreiro”.
  37. Nada no mundo da musculação é preto e branco. Não há verdades absolutas.
  38. “Ser grande” não é sinónimo de conhecimento. Muito cuidado com conselhos de utilizadores de esteróides.
  39. Treine o abdominal com carga, como qualquer outro músculo. Milhões de repetições sem peso, só servem para fatigar.
  40. Não faça o sal desaparecer da sua dieta. Ele é importante, quanto baste.
  41. Quer ter braços grandes? Foque no trícep.
  42. Não se preocupe se tiver um pouco de gordura. Mais vale ter massa muscular assim, do que ser excessivamente magro com o abdominal visível.
  43. Foque-se nos principais exercícios compostos: agachamento, supino, peso morto, etc -, por um bom tempo. Depois parta para as máquinas.
  44. Ganhar massa muscular e preservá-la é um processo contínuo. Demora anos, não semanas.
  45. Não importa se você está levantando 1 ou 2kg a mais. Progresso é progresso, e a longo prazo pequenas evoluções acumular-se-ão em grandes ganhos.

    Com esforço, modificará para melhor o seu corpo. (Foto: Men’s Fitness)
  46. Tenha sempre consistência no seu treino. Não pare!
  47. Exercícios livres sempre deverão ter prioridade a frente de máquinas, cabos e isoladores.
  48. Nunca faça aeróbicos, como corrida, antes do treino. Não desperdice energia para treinar pesado.
  49. Tente superar o treino anterior. Se não for possível levantar mais carga, tente mais repetições, etc.
  50. Procure sempre a maior quantidade de informação possível. Leia e tente encontrar conselhos úteis.

Aqui estão 50 conselhos para ganhar massa muscular. Essencialmente focados nas coisas que mais importam: alimentação, treino… e sobretudo força psicológica. É uma batalha onde precisa de ser disciplinado e motivado, para conseguir alcançar os seus objectivos. Vá em frente. Você consegue. Força!


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter