24 Mai, 2018

5 Surpresas do início de época da Liga NOS

Francisco IsaacNovembro 11, 20176min0

5 Surpresas do início de época da Liga NOS

Francisco IsaacNovembro 11, 20176min0
Depois das desilusões, agora vêm as 5 surpresas do início de época da Liga NOS. Concordas com as nossas escolhas deste arranque do Campeonato?

A Liga Portuguesa está carregada de grandes momentos, jogadores de alto nível e outros que decepcionam os adeptos, golos fantásticos e detalhes de génio. O Fair Play escolhe as suas 5 surpresas do início de época da Liga NOS, com um bónus final. Descubram, comentem e digam o que acham das nossas escolhas!

Xadas (SC Braga)

Nº de jogos: 17 jogos | 6 na Liga NOS (cinco vezes titular e uma como suplente) | 7 na Liga Europa (5 vezes a titular e duas como suplente) | 2 nas Taças (uma vez titular e outra a suplente)
Golos: 2
Assistências: 2
Outros Dados: Internacional sub-21; Extremo-direito com 19 anos de idade, sendo este o 2º ano como sénior

Bruno Alexandre Vieira Almeida conhecem? Não? Bem, é natural uma vez que é mais conhecido para os adeptos portugueses como Xadas, o extremo genial do SC Braga. Com 19 anos, o português teve uma ascensão meteórica no futebol português, saltando da equipa B dos bracarenses para a Liga NOS no espaço de meses. Munido de uma técnica especial, o internacional sub-21 tem sido um dos pontos positivos da equipa de Abel Ferreira.

Xadas começa a desenhar um excelente início de carreira, fazendo jus à bola escola portuguesa de extremos. Em seis jogos na liga NOS, conseguiu marcar por duas vezes, com mais duas assistências, ou seja, teve implicação directa em quatro golos. Conseguirá Xadas manter o nível?

Nakajima (Portimonense SC)

Nº de jogos: 9 jogos | 7 na Liga NOS (sempre como titular) | 2 nas Taças (uma vez a titular e outra como suplente)
Golos: 4
Assistências: 2
Outros Dados: Chegou só no final de Agosto; Internacional nas camadas de formação do Japão desde os sub-19 até aos 23;

Do Japão chegou um dos melhores “presentes” para a equipa de Vítor Oliveira: Shoya Nakajima, o extremo com um pé esquerdo magistral. No Dragão, foi uma “dor de cabeça” para Felipe e Marcano, fazendo “pouco” do central brasileiro quando lhe trocou as voltas e marcou golo a Iker Casillas. Altamente dinâmico, com uma super-bateria Duracell inesgotável, Nakajima atira-se para o ataque com confiança e garra, fazendo uso da sua visão de jogo para encontrar um espaço por onde fugir e desferir um remate à baliza.

De Portimão chega o novo Ninja do futebol português.

Marega (FC Porto)

Nº de jogos: 14 jogos | 10 na Liga NOS (nove vezes titular e uma como suplente) | 4 na Liga dos Campeões (titularissímo na prova máxima da UEFA)
Golos: 8
Assistências: 4
Outros Dados: 2ª época como Dragão; 26 anos; Chegou em 2015 com José Sá;

Aproveitar a oportunidade, venha ela como vier: foi desta forma que Moussa Marega viu a lesão de Soares. O avançado brasileiro sofreu uma lesão no primeiro jogo do campeonato, ante o Estoril, e o maliano foi a tempo não só de se estrear na liga, mas também de bisar na partida e ajudar os Dragões a entrar com o pé direito no campeonato.

Ao fim de 10 jogos na Liga NOS, Marega já marcou 8 golos, tantos como Bas Dost, o artilheiro do campeonato em 2016/2017, algo que deve ser tomado em conta! Poucos, ou mesmo nenhum, adepto esperava por este regresso em grande, naquilo que é uma das maiores surpresas do campeonato até ao momento, sobretudo pelo número considerável de golos e assistências que o avançado assinou até ao momento.

Em 14 jogos soma 8 golos e 4 assistências, o que significa que teve influência em doze dos 14 jogos em que participou. Mas será a lesão sofrida contra o Lepizig um entrave para Marega?

Bebeto (CS Marítimo)

Nº de jogos: 16 jogos | 10 na Liga NOS (sempre a titular) | 4 na Liga Europa (totalista) | 2 na Taça de Portugal (também titular)
Golos: 1
Assistências: 1
Outros Dados: Jogou na posição de 8 e 10; Valor de mercado na ordem dos 14M€

O Marítimo tem sido uma “caixinha” de surpresas e de reafirmações em 2017/2018, destacando-se os regressos às grandes formas de Ricardo Valente e Zainadine Júnior e as descobertas de Erdem Sen e Bebeto. O lateral-direito foi resgatado da 3ª divisão brasileira e aos 27 anos chegou à Liga NOS, tendo conquistado desde logo a titularidade na formação de Daniel Ramos.

O jogo contra o SL Benfica foi, sem dúvida, um excelente cartão-de-visita para quem o desconhecia, já que a fome com disputou todos os lances foi inacreditável. Raça, competência, ritmo impressionante e uma excelente participação ofensiva são alguns dos pormenores a ter em atenção num dos melhores laterais da liga, em pé de igualdade com Esgaio (melhor assistente da Liga NOS) e Ricardo Pereira.

Paulinho (Portimonense SC)

Nº de jogos: 13 jogos | 11 na Liga NOS (sempre titular) |  2 nas Taças (sempre a titular)
Golos: 3
Assistências: 5
Outros Dados: Médio-ofensivo; 23 anos, subiu com o Portimonense de divisão e esteve na lista de aquisições do FC Porto;

Paulinho dos Santos é um dos “mágicos” da liga portuguesa, assumindo um papel preponderante na produção ofensiva da equipa de Portimão. Vítor Oliveira conseguiu segurar bem um dos seus melhores jogadores, já que o médio-ofensivo foi sondado pelo FC Porto e SC Braga… Contudo, ficar no Algarve foi a melhor opção para Paulinho, que é uma das grandes surpresas da Liga.

A forma como consegue transportar a bola dentro do meio-campo adversário é uma das maiores qualidades do médio, que complementa essas valências com uma excelente visão de jogo e um passe extremamente eficaz e competente. Paulinho faz parte do 4º melhor ataque da Liga NOS (20 golos marcados) e a surpresa não ficará só pelo arranque de campeonato.

(BÓNUS) Bruno Fernandes (Sporting CP)

Nº de jogos: 17 jogos | 11 na Liga NOS (só por uma vez não foi titular) | 6 na Liga dos Campeões (5 como titular e uma como suplente)
Golos: 7
Assistências: 4
Outros Dados: Jogou na posição de 8 e 10; Valor de mercado na ordem dos 14M€

Bruno Fernandes é “etiquetado” como surpresa por ser a sua primeira época em Portugal, mas irá figurar como uma das confirmações da Liga NOS em artigo futuro. O jovem médio-ofensivo, que pode descair para extremo ou surgir como suporte do jogador mais avançado em campo, tem galgado metros, disparado estrondosos remates e golos, deliciando o público de Alvalade com a sua qualidade ofensiva.

Toque de bola impressionante e um estratega interessante, Bruno Fernandes é, agora, peça fundamental para Jorge Jesus no esquema da equipa do Sporting CP. Conseguirá ser o melhor jogador a actuar na Liga NOS no final do campeonato?


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter