Top 5: promessas que o futebol brasileiro pode revelar em 2021

Rafael RibeiroMarço 15, 20218min0

Top 5: promessas que o futebol brasileiro pode revelar em 2021

Rafael RibeiroMarço 15, 20218min0
A época de 2021 mal começou e alguns campeonatos já mostram quais jogadores podem ser revelações para este ano. Confira alguns nomes.

A época de 2020 mal terminou e os campeonatos de 2021 já começaram. É bem verdade que algumas (como o Campeonato Paulista) vivem incertezas quanto à seu andamento, visto que muitas estão sendo suspensas por uma nova alta nos casos de Covid-19 no Brasil. As equipas não tiveram descanso e pré-temporada, e algumas adotam um estilo de rodízio para dar folga a seu 11 inicial e dar chance a outros nomes do plantel, assim como revelar algumas promessas das categorias de base.

Siga a página do Fair Play no Facebook.

Neste ano, as Olimpíadas de Tóquio revelarão um plantel de bons jovens nomes, apesar de muitos já serem conhecidos no Velho Continente, já que serão aceitas inscrições de jogadores até 24 anos (já que o torneio seria realizado ano passado). Além disso, teremos no meio do ano a Copa América, que também pode ter surpresas. Neste sentido, o Fair Play traz nesta lista cinco nomes para ficarmos de olho durante esta época, que pode mostrar ao futebol brasileiro alguns bons frutos desta utilização de nomes alternativos no início da caminhada de 2021, que mostraram suas credenciais até mesmo nos campeonatos de base.

Guilherme Santos (Atlético Mineiro)

Idade: 19 anos (13/05/2021)
Posição: Extremo
Valor: 500 mil euros (Transfermarkt)

Guilherme Santos sonha em jogar na Europa, mas terá de esperar para jogar no Atlético-MG (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Guilherme Santos foi o artilheiro do Brasileirão sub-20, em um time repleto de bons jovens que foram campeões do torneio com o Atlético Mineiro (esteve na seleção da competição junto com os companheiros Talison, lateral direito, e Hiago Ribeiro, central). Mas Guilherme reflete exatamente o cenário atual do Atlético-MG pós Sampaoli. Com várias contratações, um elenco caro e com muitos nomes fortes, as chances para meninos da base ficam muito restritas.

Mesmo renovando até o fim de 2023 e impondo uma multa de transferência em 50 milhões de euros, o jogador não teve espaço e foi novamente cedido por empréstimo ao Coimbra, de Minas Gerais, para a disputa do Campeonato Mineiro, até o final de maio. Tem chances de se destacar e retornar ao Atlético, para ser uma revelação do time em 2021, mas mesmo o melhor jogador das equipas de base tem seu futuro incerto perto de jogadores renomados e com salários altos.

Assista ao webcast Ginga Canarinha.

John Kennedy (Fluminense)

Idade: 18 anos (18/05/2002)
Posição: Avançado
Valor: 500 mil euros (Transfermarkt)

John Kennedy pode ser uma revelação nesta época, se não for negociado no meio do ano (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)

John Kennedy é uma das principais joias do Fluminense para 2021. Vice artilheiro do Brasileirão sub-20 do ano passado e também presente na seleção do torneio, ele já chegou a ser utilizado em alguns momentos na equipa principal, para que já tivesse rodagem quando fosse incorporado definitivamente. Recentemente, seu contrato foi renovado até 2024 e a multa estipulada é de 40 milhões de euros. Classificado para a Libertadores, o Fluminense poderá utilizá-lo ainda mais, e o jogador poderá obter a ajuda de Fred, experiente avançado que pode acompanhar os primeiros passos da promessa, e que admitiu que pode se aposentar até 2022.

A diretoria já havia recusado uma proposta pelo jogador, do Al-Saad do Catar, mas um forte interesse do Benfica pode levar o jogador à Europa, já que o Flu não está em boa situação financeira, e esta venda ajudaria nos cofres cariocas. Kennedy tem um novo representante, Giuliano Bertolucci, um dos principais empresários do futebol brasileiro, que pode ficar com até 3 milhões de euros em uma possível venda, já que o time deve a ele esta quantia.

Galeano (São Paulo)

Idade: 20 anos (22/03/2000)
Posição: Extremo
Valor: 150 mil euros (Transfermarkt)

Galeano poderá provar seu valor para ser adquirido em definitivo pelo tricolor (Foto: Richard Callis/Fotoarena/Estadão Conteúdo)

Galeano é mais uma aposta tricolor a vingar no ataque do lado direito do relvado. Assim como Lucas Moura e recentemente David Neres e Antony, Galeano poderá ser uma boa revelação ao lado de outros nomes do São Paulo como Rodrigo Freitas (central), Rodrigo Nestor (médio defensivo) e Patryck (lateral esquerdo). A equipa é uma das que mais utiliza jovens formados pelas categorias de base, assim como o Santos, Grêmio e mais recentemente o Palmeiras. Ele está emprestado pelo Rubio Nu, do Paraguai, com valor de compra estipulado em 500 mil euros.

Com a chegada de Hernán Crespo como treinador, o jovem paraguaio poderá ganhar mais chances, mesmo como um ala pela direita (Crespo prefere jogar num esquema 3-5-2), após aparecer com boas performances na equipa principal desde o final de 2020 com Fernando Diniz. Galeano também esteve presente na seleção do campeonato brasileiro sub-20, anotando 10 golos e uma assistência com o São Paulo, que foi até os quartos de final do torneio.

Kaiky (Santos)

Idade: 17 anos (12/01/2004)
Posição: Central
Valor: Não estipulado

Kaiky (ao centro na foto) é mais uma das promessas santistas, e já fez golo na Libertadores 2021 (Foto: Twitter/Santos FC)

Kaiky está sendo lançado junto de uma safra de bons jovens do Santos, como Renyer, o avançado Ângelo e o médio defensivo Sandry. Mesmo o usual sendo o Santos lançar jogadores de frente, extremos velocistas, Kaiky destoa da característica por ser um central, mas não por menos habilidade. É conhecido por sua boa saída de bola, e até por driblar avançados em marcação. Ariel Holan, novo treinador da equipa, já os colocou como titulares até mesmo na Pré Libertadores, ganhando o jogo de primeira mão do Deportivo Lara por 2-1, e fazendo o golo decisivo, sendo o segundo mais jovem da história a marcar na competição.

Utilizando a camisola 28, que era de Lucas Veríssimo, Kaiky diz querer seguir os mesmos passos de sua referência. Devido ao grande crescimento do jogador, o Santos já acertou a renovação de contrato profissional, no início deste ano, válido até 2024. O valor de uma possível multa não foi revelado, mas apurações dão conta de que o jogador pode ser negociado por até 20 milhões de euros caso se destaque em 2021.

Giovani (Palmeiras)

Idade: 17 anos (01/01/2004)
Posição: extremo
Valor: Não estipulado

Giovani já foi alçado ao time principal enquanto os principais nomes descansam (Foto: Fabio Menotti)

O Palmeiras se destacou em 2020 por ter dado chances a jogadores de sua excelente categoria de base, uma decisão acertada frente aos títulos conquistados. Mesmo com um plantel tido como um dos melhores do Brasil, houve a mescla entre jogadores renomados, experientes, e as promessas das categorias inferiores, como Gabriel Menino, Patrick de Paula e Gabriel Veron. Mais recentemente, após a maratona de jogos da época passada, mais jovens estão recebendo oportunidades, como o médio defensivo Pedro Bicalho, o meio campista Vitinho e o avançado Fabricio.

Giovani, avançado que é o jogador mais jovem do Palmeiras a ser inscrito no Paulistão, tem muito potencial, já que foi o artilheiro do Palmeiras nas categorias de base da equipa em 2020. Nomes como o do guarda-redes Vinicius e do central Henri também entram como destaque, mas Giovani pode seguir os passos de Gabriel Jesus (como o próprio Giovani disse em entrevista ao final do jogo contra o São Caetano pelo Paulistão), já que o jovem jogador o vê como um ídolo.

Resta saber quais desses jogadores farão jus a esta nomeação e realmente serão algumas das revelações do futebol brasileiro em 2021. E você, concorda com a lista? Tem algum outro nome a sugerir? Não esqueça de compartilhar este artigo e comentar nas redes sociais do Fair Play a sua opinião quanto aos nomes!

 

 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter