Europe Cup 2021 – Israelitas a fazer história em casa

José AndradeMaio 12, 20214min0

Europe Cup 2021 – Israelitas a fazer história em casa

José AndradeMaio 12, 20214min0
O campeão da EuroCup está encontrado e José Andrade conta-nos o que se passou nesta competição de clubes europeia de basketball

A quarta maior competição de clubes, no basquetebol europeu acabou e com a final a ser disputada em casa, os israelitas do Ironi Ness Zioni venceram os polacos do Stal Ostrów, curiosamente duas equipas que estiveram no caminho da única portuguesa nesta competição. Por isso, venham daí que temos uma grande final da EuropeCup (e não só) para falar.

Stal Ostrów 74 – 82 Ironi Ness Zioni

O Zioni jogou perante o seu público para fazer história, conquistaram pela primeira vez um título europeu vencendo os polacos. Os israelitas entraram melhor, a querer mostrar perante o seu público que estavam ali para vencer e deixar o caneco em casa, desde o início que se revelaram mais agressivos e com maior velocidade no ataque. Além da maior velocidade, as penetrações no ataque do Zioni iam deixando a defesa do Stal em apuros.

Os polacos como em toda a Europe Cup foram se valendo do coletivo, assim que a equipa coletivamente começou a acertar as marcações, os polacos começaram a melhorar e a surgir no jogo. Com um jogo mais coletivo e uma defesa mais subida, os israelitas responderam com mais jogo no poste, o Jerome Meyinsse que dominou neste primeiro quarto o jogo interior, deixando a defesa polaca com muitos problemas e sem conseguir responder. Vantagem para os israelitas, jogo intenso e de muita qualidade neste primeiro quarto.

No segundo quarto, o jogou mudou, os polacos tentaram acelerar o jogo, tentavam apostar em ataques rápidos, trocas de bolas rápidas na tentativa de desmontar a defesa israelitas, mas a verdade é que as bolas não iam caindo e do outro lado o jogo interior continuava a fazer toda a diferença. Domínio nos ressaltos e na luta do garrafão, além de melhores na defesa, tudo isso ia garantindo uma vantagem segura para a equipa da casa. Ao intervalo, 42-35 vantagem para a equipa da casa, que ainda conseguia controlar o jogo a seu belo prazer nesta altura.

No regresso dos balneários, os israelitas entraram pior, a cometer mais erros e com isso os polacos foram subindo de rendimento. O Ostrów ia sabendo aproveitar cada falha e cada erro dos israelitas, além dos erros o jogo passou a ser mais faltoso, principalmente para o lado da equipa da casa que se viu obrigada a fazer mais faltas. Os israelitas erraram tanto que deixaram os polacos empatar e passar para a frente, jogo sempre muito rápido, mas sem as falhas do quarto anterior e com isso a juntar às falhas do Zioni, às falhas na marcação, aos passes falhados, às precipitações no ataque, o Ostrów consegue mesmo uma vantagem segura e reverter assim tudo. Jogo animado, 59-65 para o Stal e com isto tínhamos final, agora mais do que nunca o jogo animava.

Depois da grande melhoria da equipa da Polonia, o Zioni mudou a forma de jogar, apostou num jogo mais rápido, marcação mais cerrada e apertada impedindo assim que os Polacos conseguissem fazer o seu jogo, além a dupla marcação ao portador da bola fez a diferença, levou o Stal para zonas onde os jogadores não estavam confortáveis e com isso os erros foram se sucedendo. Muitos nervos, erros e ao fim de 5 minutos, nada de pontos para a equipa polaca, com isto os israelitas iam avolumando a vantagem e garantiam assim esta sua primeira conquista europeia.

MVP

O MVP desta Europe Cup 2021 é o base lituano Adas Juskevicius do Parma, foi o jogador mais regular desta competição, com médias de 16.6 pontos por jogo, 40.4 de acerto em lançamentos de campo e 48.4 em lançamentos da linha de três pontos.

Terminou assim a Europe Cup, uma competição onde esteve uma equipa portuguesa na fase de grupos, no caso o Sporting CP, que em três jogos somou outras tantas derrotas, uma competição que voltou a apresentar bom basquetebol, onde se jogou muito e no fim sorriu à equipa da casa, mais uma competição que tem vindo a crescer muito.

Foto: Getty Images

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter