Ricardo Moreira e o Águas Santas: remar em mares europeus

Bernardo GalanteAgosto 4, 20223min0

Ricardo Moreira e o Águas Santas: remar em mares europeus

Bernardo GalanteAgosto 4, 20223min0
Qual será o caminho que o Águas Santas irá percorrer nesta temporada? Análise à equipa de Ricardo Moreira por Bernardo Galante

Apesar do quinto lugar na edição passada do Campeonato Placard Andebol 21/22, a Associação Atlética de Águas Santas beneficiou da conquista europeia do Sport Lisboa e Benfica, assegurando assim um lugar no play-off da Liga Europeia.

A SAÍDA DE TRÊS CARAS CONHECIDAS

A dupla de guardiões composta por Nuno Silva e António Campos e o jovem central Miguel Neves estão de partida do clube maiato. Nuno Silva estreou-se com a camisola do emblema maiato na época e irá rumar ao Andebol Clube de Fafe, onde acumulará a função de jogador com a de treinador de guarda-redes.

O caso de António Campos é diferente, sendo que o guardião representou o Águas Santas durante oito temporadas, divididas por três passagens diferentes. O experiente guarda-redes de 40 anos é uma cara bem conhecida do andebol português, tendo conquistado 3 Campeonatos Nacionais, 2 Taças de Portugal, 1 Supertaça Portuguesa e 1 Taça Presidente da República. O atleta, na próxima época, irá representar o Póvoa Andebol Clube.

Miguel Neves, central de 21 anos, é o único dos três nomes que fez grande parte da sua formação na Associação Atlética de Águas Santas, saindo após 8 épocas (havendo uma pequena passagem pela Artística de Avanca em 18/19). Após uma lesão grave em 2019/20 e ter participado em 27 jogos na época seguinte, o atleta assinou pelos noruegueses do Bergen Handball.

NOVE: EIS O NÚMERO DE CARAS NOVAS

Miguel Pinto (ex-FC Porto), Pedro Cruz (ex-Póvoa AC), Gustavo Oliveira (ex-FC Gaia), Afonso Lima, João Furtado, Diogo Ribeiro (ex-ADA Maia/ISMAI), Miguel Baptista (ex-Sporting CP), Rui Baptista (ex-ABC) e Nuno Queirós (ex-AD Sanjoanense) são as contratações da Associação Atlética de Águas Santas para a época que se avizinha.

O ponta-direita oriundo do FC Porto, Miguel Pinto não se poderá considerar uma cara nova, devido a ter representado o clube maiato, na época passada a título de empréstimo – assim sendo, na época 22/23, o atleta é definitivamente jogador da AA Águas Santas. Semelhante é a situação de Miguel Baptista que viu o seu empréstimo ao emblema da Maia ser renovado.

A NOVA DUPLA DE CENTRAIS A RESIDIR NA MAIA

Após o regresso de André Sousa ao Futebol Clube do Porto e ao facto de Pedro Seabra ter-se retirado, devido a motivos profissionais, o emblema comandado por Ricardo Moreira contratou Afonso Lima e Rui Baptista para sucumbir essas saídas.

Afonso Lima é irmão de Manuel Lima (o novo reforço do ABC de Braga) e chega proveniente do ADA Maia/ISMAI. O central de 25 anos foi formado no CD Xico Andebol, clube que representou no escalão sénior, sendo que em 2018 se mudou para a Maia. Desta feita, Afonso irá apenas mudar de pavilhão, continuando na cidade da Maia.

Rui Baptista é um produto da formação do CCR Fermentões, sendo que em 2018 (escalão de juvenis) se transferiu para o ABC de Braga – clube que defendia na época transata. Atualmente com 20 anos, o jovem central prepara-se para fazer a sua estreia nas competições europeias, ao serviço da turma comandada por Ricardo Moreira, a AA Águas Santas.

INÍCIO DA CAMINHADA EUROPEIA MESMO ALI AO LADO

O sorteio da 1ª eliminatória de qualificação para a Fase de Grupos da Liga Europeia da EHF ditou o encontro entre o Águas Santas e os finlandeses do Riihimaen Cocks – o novo emblema do ponta-direita português, Nuno Santos.

O primeiro jogo será disputado em Riihimäki no próximo dia 27 de agosto e a segunda mão no dia 3 de setembro, na cidade da Maia.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter