Uma qualificação no futsal feminino, mais um estágio e o início do campeonato

Rafael RaimundoSetembro 19, 20183min0

Uma qualificação no futsal feminino, mais um estágio e o início do campeonato

Rafael RaimundoSetembro 19, 20183min0
Esta semana fica marcada por um apuramento com sabor especial no futsal feminino, um estágio que vai promover a estreia de talentos nacionais e ainda pelo inicio de mais um campeonato. Em Portugal e aqui mesmo ao lado, em Espanha.

Nem só no masculino existe êxito.

No futsal feminino, Portugal vai estar presente no primeiro campeonato da europa de futsal feminino.

Com as vitórias por 11-0, 3-1 e 12-0 frente à Sérvia, Finlândia e República Checa, respetivamente, as jogadoras portuguesas conseguiram qualificar-se para a fase final de forma imaculada. A competição vai realizar-se no próximo ano e espera-se que, à semelhança do que aconteceu nestes jogos de qualificação realizados em Oliveira de Azeméis, as partidas tenham transmissão televisiva.

É de destacar o facto de quando a partida frente à selecção finlandesa estava a terminar estarem cerca de 243 mil pessoas a assistir pela televisão. É, sem dúvida, um número interessante e que mostra o potencial existente na modalidade para atrair espectadores.

Inicio do campeonato

Fotografia: Facebook Sporting Clube de Portugal

A 1ª jornada da Liga Sport Zone trouxe de regresso a emoção nas quadras por todo o país. Entre as esperadas vitórias dos dois principais candidatos à conquista do título – Benfica e Sporting, por 4-0 e 8-2, ao Leões de Porto Salvo e ao Belenenses, respetivamente – houve também algumas surpresas como os empates conseguidos pelas duas equipas recém-promovidas ao principal escalão nacional. O Viseu 2001 empatou 4-4 com o Unidos Pinheirense sendo que o Elétrico empatou a dois com a equipa da Burinhosa.

Nos restantes jogos, o Braga AAUM não foi além do empate frente ao Rio Ave, o Módicus/Glassdrive goleou a equipa do Fundão por 6-1 e o Futsal Azeméis derrotou a Quinta dos Lombos por 3 bolas a uma.

Na próxima jornada temos o destaque vai para o encontro entre Benfica e Futsal Azeméis, Burinhosa frente ao Fundão e a receção do Belenenses ao Rio Ave.

Aqui ao lado, na LNFS

Fotografia: Facebook Inter Movistar

Mesmo no país vizinho também já começou mais uma liga. Depois de na Supercopa espanhola a equipa do Inter Movistar ter conquistado o troféu após vencer o Jaén Paraíso nas grandes penalidades, a equipa que é campeã há cinco épocas consecutivas entrou a vencer no campeonato. O português Ricardinho marcou dois dos cinco golos da equipa madrilena. Nos restantes jogos, o Barcelona, equipa vice-campeã do último campeonato, venceu a equipa do Ribera Navarra por 6-2, num encontro realizado no emblemático Palau Blaugrana, pavilhão da equipa do Barcelona.

A equipa do ElPozo Múrcia venceu por 5-3 frente à equipa Industrias Santa Coloma sendo que a equipa do Osasuna Magna, onde milita o guarda-redes português Edu Sousa, também não foi além de um empate.

E por falar em Edu Sousa…

Fotografia: FPF

Foi anunciada esta terça-feira mais uma convocatória para a selecção nacional. Desta vez tem como objetivo ser um estágio de observação de novos jogadores no contexto de selecção.

Entre as presenças constam sete jogadores que estiveram presentes na conquista do campeonato europeu da Eslovénia em fevereiro deste ano: João Matos (Sporting), Nilson (Braga AAUM), Pedro Cary (Sporting), Márcio (AD Fundão), Bruno Coelho (Benfica), Tunha (Burinhosa) e o capitão Ricardinho (Inter Movistar).

As vagas foram ocupadas também por Fabinho (Módicus Sandim), Mário Freitas (AD Fundão), Tiaguinho (Braga AAUM), Tiago Cruz (Rio Ave) e Gonçalo Sobral (Quinta dos Lombos). Entre os convocados destaque para as estreias de Edu Sousa (Osasuna Magna) e Rui Pedro (Módicus Sandim).

O estágio terá lugar entre os dias 23 e 25 de setembro e vai ter lugar no Centro de Estágios de Rio Maior.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter