Victor Wembanyama, o futuro nas suas mãos

Tiago MagalhãesJaneiro 28, 20203min0

Victor Wembanyama, o futuro nas suas mãos

Tiago MagalhãesJaneiro 28, 20203min0
Com 16 anos acabados de fazer e 2.18m de altura Victor Wembanyama é o próximo prospecto que os olheiros da NBA não querem perder de vista.

Kristaps Porzingis, Giannis Antetokounmpo, Luka Doncic… estes são apenas alguns dos nomes provenientes do “velho continente” que tomaram de assalto a NBA e sendo assim as franchises da melhor liga do mundo cada vez viram mais o scouting para as zonas mais obscuras em busca da “next big thing”.

Victor Wembanyama saltou à vista no Verão passado sendo um dos membros da seleção sub 16 francesa e apesar de não ter produzido grandes números ofensivamente acabou a competição com uma média superior a 5 desarmes se lançamento por jogo.

As suas capacidades físicas são completamente anormais para um jovem da sua idade, ao que associa um jogo refinado mas ainda em plena evolução.

 

 

 

O que salta à vista?

 

Wembanyama tem apenas 16 anos, feitos este mês, e no alto dos seus 2.18m falamos de um jogador com uma versatilidade e mobilidade muito acima da média, duas características essenciais no basquetebol moderno onde os jogadores grandes cada vez são mais puxados para fora e desenvolvem capacidades, quer motoras, quer técnicas, para ganharem vantagem em relação a literalmente, todos os adversários que lhe ponham a frente.

O jovem francês é um produto das escolas do Nanterre 92, uma das melhores academias do país e que produz vários jogadores de classe europeia com frequência.

Proveniente de uma família com raízes ligasse ao desporto, a sua irmã também é um dos melhores talentos do país na modalidade representando a seleção francesa num escalão superior.

Esta temporada alinhou pela equipa principal francesa na EuroCup frente ao Brescia tornando-se assim o segundo jogador mais novo da história a alinhar nesta competição europeia.

 

 

O que esperar do futuro?

 

Estaremos na presença de mais um “unicórnio”? O mercado europeu tem sido muito requisitado neste aspecto, sobretudo na procura da “next big thing”. Wembanyama tem sido uma referência de vários outlets como uma possível escolha alta num draft futuro e se mantiver a sua curva de evolução, tal é inegável.

França tem sido um mercado bastante atractivo com jogadores como Sekou Doumboya (já draftado) e Killian Hayes (que certamente será uma top pick no próximo draft) como jogadores referência da nova vaga francesa e que estará aqui para ficar.

As capacidades inegáveis do poste francês são inegáveis. Possui lançamento exterior, capacidade de drible e mobilidade muito acima da média para um jogador da sua estatura.

Existem alguns medos sobre como irá desenvolver o seu corpo já que Wembanyama é um atleta claramente com um corpo em processo evolutivo mas com muitas fragilidades que, esperemos que não, podem-se transformar em lesões graves, como em outros prospectos que vimos no passado.

gh

Victor Wembanyama, e a sua incrível disponibilidade física

 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter