Dérbi lisboeta acaba encarnado mas com cenário de Liga dos Campeões

João de MatosMarço 11, 20193min0

Dérbi lisboeta acaba encarnado mas com cenário de Liga dos Campeões

João de MatosMarço 11, 20193min0
O dérbi lisboeta abrilhantou a noite de sábado, com o Pavilhão da Luz, lotado, para receber o encontro entre SL Benfica e Sporting CP.

O dérbi lisboeta abrilhantou a noite de sábado, com o Pavilhão da Luz, lotado, para receber o encontro entre SL Benfica e Sporting CP, duelo referente à 19ª Jornada, do Campeonato Andebol 1 e terminou com uma vitória por 26-25, do Benfica. 

A formação de Hugo Canela entrou melhor no encontro, com Carlos Ruesga a inaugurar o marcador para os leões, contribuindo para uma vantagem que chegou ao 4-1, mas o Benfica conseguiu recuperar, com uma excelente prestação de Borko Ristovski na baliza encarnada mas, do outro lado, também Matevz Skok dava cartas.

Carlos Resende procede então a alterações na equipa, fazendo entrar Pedro Seabra Marques, que após lesão, ainda que, para já, só chamado para os livres de 7 metros, e a entrada de João Silva que veio equilibrar mais o encontro, para além da expulsão de Bosko Bjelanovic, no Sporting.

Fonte: slbenfica.pt

O Benfica conseguiu chegar ao empate pela primeira vez a 11 golos, aos 27 minutos de jogo, no que se seguiram empates sucessivos, com Kévynn Nyokas a voltar a fazer o golo da igualdade na chegada ao intervalo. As equipas saíram para o descanso com um empate a 14 no marcador.

Já no segundo tempo, os empates voltaram a ser sucessivos, mas as águias conseguem passar, pela primeira vez, para o comando do marcador, com 19-18 no placar mas, os leões respondem com um parcial de 4-0, o que colocou o Benfica com algumas dificuldades.

A formação encarnada voltou a recuperar e, nos instantes finais, num jogo que foi disputado até aos 60 minutos, Carlos Ruesga marca um livre de 9 metros mas Borko Ristovski com uma defesa selou a vitória encarnada por 26-25. Tiago Rocha, com 7 golos, foi o melhor marcador do encontro. 

Do outro lado, João Pais foi o melhor marcador da equipa, com 5 golos, e marcando um golo importantíssimo que igualou o jogo a 25 e lançando o Benfica para uma grande reviravolta.

O Sporting mostrou-se muito empenhado em conquistar a vitoria, mas o principal defeito do jogo de ontem foi mesmo o cansaço fisico, apresentado pela equipa de Hugo Canela. Depois de um jogo muito duro na 4ª feira frente ao FC Porto, os leões lutaram até ao fim, com unhas e dentes pela conquista dos 3 pontos, mas o Sporting tem feito muitos mais jogos que os outros 2 adversários diretos, e os encontros da EHF Champions League são muito duros, e no Derbi foi um fator determinantes nos minutos finais, e o Derbi encontrou o seu vencedor nos detalhes.

AS PALAVRAS FINAIS

Carlos Resende (Treinador do SL Benfica),

“Foi um fantástico jogo de andebol, com muita luta, foi um jogo de Liga dos Campeões. Só é pena que não tenhamos jogos desta qualidade todas as semanas. Os adeptos corresponderam, mas só fico totalmente satisfeito quando vir este Pavilhão completamente cheio.”

Hugo Canela (Treinador do Sporting CP),

“O SL Benfica aproveitou bem os nossos erros. Olhamos para o adversário e pensamos que é fantástico terem vencido com a equipa desfalcada, mas só nós é que sabemos como os nossos atletas estavam, por isso tenho de lhes dar os parabéns. Mas perdemos por culpa própria.”


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter