Big Deal à Fair Play: o renascer do fénix chileno no regresso a Itália?

Bruno Costa JesuínoAgosto 31, 20193min0

Big Deal à Fair Play: o renascer do fénix chileno no regresso a Itália?

Bruno Costa JesuínoAgosto 31, 20193min0
O Inter continua a apostar forte para conseguir conquistar o scudetto nesta temporada e a chegada do chileno Alexis Sanchez aponta nesse sentido. Este é o negócio da semana para o Fair Play!

Um jogador que, durante várias épocas, esteve sempre entre os melhores e nos habituou a prestações muito acima da média tem estado ‘desaparecido’ no último ano e meio. Um dos melhores jogadores chilenos de sempre, tem agora a oportunidade de ‘renascer das cinzas’ neste regresso a terras transalpinas, país onde as suas exibições não passaram despercebidas aos ‘olhos’ do Barcelona de Guardiola. Será que Alexis vai fazer jus à lenda do fénix e formar um tripla temível com Romelu Lukaku e Lautaro Martínez?

Alexis Sánchez (Manchester United -» Inter de Milão)

Nome: Alexis Alejandro Sánchez
Idade: 30 anos
Nacionalidade: Chilena
Temporada 18/19: 27 jogos, 2 golos e 4 assistências
Valor de Mercado: 35 milhões de euros
Valor de Transferência: Empréstimo por uma temporada

A poucos dias do fecho do mercado, o empréstimo de Alexis Sánchez ao Inter de Milão foi a transferência mais mediática nesta última semana. Há muito que se falava no desejo de Antonio Conte em contar com o chileno, que desde que se transferiu para o Manchester United (janeiro de 2018) passou o ano e meio mais cinzento na carreira. Foram 46 jogos, muitos deles incompletos e a sair do banco, e apenas 4 golos e 9 assistências a contrastar com os 141 jogos, 47 golos e 36 assistências nos três épocas no Barcelona e, principalmente, os 166 jogos, 80 golos e 46 assistências ao serviço do Arsenal, onde viveu a seu melhor período carreira (três épocas e meia).

Alexis regressa este ano ao Calcio para fazer renascer ao serviço de um equipa que, agora nas mãos de Antonio Conte, quer também renascer e fazer frente ao poderio da super dominadora Juventus. Foi ao serviço da Udinese que o chileno fez três épocas em crescendo até se transferir para o Barcelona no verão de 2011. Juntamente com Lukaku, também oriundo do Manchester United, é a contratação mais sonante do Inter, que a somar a Lautaro Martínez, esperam forma uma tripla atacante temível.

Jogador destro que actua preferencialmente como extremo esquerdo, sempre muito perigoso nas diagonais e com uma capacidade de finalização muito acima da média, que no Arsenal o fez jogar mais no meio com avançado solto ou mesmo segundo avançado. Com uma rapidez muito assinalável e com uma miscelânia de recursos técnicos ganha muitas vezes os lances de 1×1. Exceptuando este ano e meio em Manchester, sempre apresentou bons níveis de tomada de decisão, provavelmente devido a uma quebra confiança.

Neste regresso ao país onde se deu a conhecer à Europa do futebol pode ser tudo o que precisa para voltar a mostrar que é um craque de eleição. Como diz o ditado popular “junta-se a fome com a vontade comer”, fazendo uma analogia à vontade que tanto clube como jogador têm em voltar à ribalta do futebol mundial. Se este “casamento” correr bem, o mais provável é clube italiano adquirir o passe de Alexis a título definitivo para os próximos anos.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter