Luis Diaz… quem é, mudou alguma coisa no Dragão

Fair PlaySetembro 6, 20194min0

Luis Diaz… quem é, mudou alguma coisa no Dragão

Fair PlaySetembro 6, 20194min0
Brahimi saiu do FC Porto e a ala esquerda ficou deserta de criativos... até que chegou Luis Diaz. Quem é o jovem jogador cafetero que agarrou o público do Dragão desde a o primeiro minuto?

Artigo escrito por Gonçalo Faria

Luís Fernando Díaz Marulanda de apenas 22 anos e actua preferencialmente no corredor esquerdo, podendo jogar quer como médio ou extremo esquerdo. Chegou à Primeira Liga colombiana pela mão do Junior Barranquilha com 19 anos, onde alinhou em 68 jogos divididos por três épocas, com 18 golos e 6 assistências da sua responsabilidade.

O médio esquerdo com valor de mercado de apenas 2M€, destacou-se na Colômbia pela sua qualidade técnica no 1×1 com o adversário, saindo maioritariamente a seu benefício.

Tem grandes qualidades tanto de drible e velocidade, como na qualidade de passe e criatividade, o que agradou ao técnico dos dragões, Sérgio Conceição e, anteriormente o selecionador da Colômbia Carlos Queiroz, convocando-o para a Copa América 2019.

Durante o mercado de transferência que acabou há poucos dias, o jogador chamou a atenção do departamento de Scouting do FC Porto e foi visto como a solução para substituir e colmatar a saída de Yacine Brahimi na ala esquerda ou no corredor esquerdo dos azuis-e-brancos.

Não há dúvidas que a contratação de mais um extremo esquerdo era vista como uma prioridade, algo que Sérgio Conceição tinha evocado em algumas intervenções na comunicação social. Felizmente para o técnico dos dragões deu-se luz verde pela SAD do FC Porto e chegou o jovem cafetero. Mas como poderá ser e tem sido utilizado na estratégia dos vice-campeões nacionais?

Em apenas quatro jogos para a Liga NOS e dois jogos para a Liga do Campeões, o colombiano efetuou um total de 2 golos, duas assistências assinando exibições de grande qualidade pelos azuis-e-brancos utilizado como suplente frente ao Krasnodar e Gil Vicente e finalmente como titular ante o Vitória FC, SL Benfica e Vitória SC. O camisola 7 dos portistas chegou e não teve problemas em adaptar-se ao campeonato português e ao futebol europeu, muito pelo contrário.

O extremo tem aspetos que trazem grandes melhorias a equipa do FC Porto e partindo para uma análise mais minuciosa e técnico-tática, o médio esquerdo apresenta um drible desconcertante, e parte sempre sem “medo” para o 1×1 com o adversário, melhorando assim a progressão da equipa no campo, especialmente nos processos ofensivos. Preferencialmente, escolhe jogar mais no interior, rompendo assim as defesas adversárias com a sua criatividade.

Desta forma, o atleta tem qualidades semelhantes às de Yacine Brahimi, ou seja, transportar a equipa para o último terço através da sua técnica, qualidade de progredir no terreno com a bola no pé, assim como a sua criatividade. O extremo de 22 anos, que chegou ao Dragão com o pé quente, opta maioritariamente pelos seus remates colocados dentro ou fora de área sendo outra particularidade do seu reportório técnico.

Fazendo uma espécie de resenha, o colombiano mostrou a sua qualidade primeiramente no jogo frente ao FC Krasnodar, marcando um golo portentoso à entrada da área ao minuto 77. De seguida, continuou com mais uma excelente exibição apontando assim outro golo frente ao Vitória de Setúbal ao minuto 64, jogo que os azuis e brancos venceram por 4-0. E deste modo, posteriormente no clássico entre SL Benfica e FC Porto, que ficou marcado pela a vitoria do FC Porto por 2-0, destacou-se também pela grande exibição do médio esquerdo. Luís Díaz ganhou 7 dos 12 duelos no estádio da Luz, dos 5 dribles perante o adversário ganhou 3, mostrando a sua qualidade técnica e drible. O colombiano testou várias vezes os reflexos de Odisseas Vlachodimos como por exemplo ao minuto 48 e aos 78’ isolou Moussa Marega na área encarnada com um passe soberbo, sem que o maliano conseguisse dar a melhor sequência ao lance.

Em suma, o internacional colombiano que já realizou 8 jogos pela sua seleção, apontando 1 golo, traz grandes melhorias ao correr esquerdo da equipa liderada pelo técnico Sérgio Conceição.

A saída de Yacine Brahimi a custo-zero no mercado de transferências, deixou os adeptos portistas desiludidos, por ver umas das suas grandes estrelas das épocas anteriores abandonar o reduto mas o para já sucesso da chegada do atleta colombiano, Luís Díaz tem esbatido esse estado de espírito. O jogador tem mostrado grande qualidade nas exibições realizadas e promete vir a ser uma das grandes figuras dos azuis e brancos durante a temporada e será um dos elementos importantes para ajudar os portistas a voltar ás às conquistas, e validar o título que tanto desejam.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter