O que se joga no Euro 4# Chéquia-Mate na Laranja Mecânica

Fair PlayJulho 1, 20212min0

O que se joga no Euro 4# Chéquia-Mate na Laranja Mecânica

Fair PlayJulho 1, 20212min0
Os oitavos-de-final do Euro 2020 trouxeram uma série de surpresas e convidamos a analisarem 3 vídeos dedicados a esta fase da competição

A QUEDA DOS FAVORITOS NO EURO 2020

João Pedro Sundfeld, Gonçalo Melo e Bruno Dias estiveram submersos no que se passou nos oitavos-de-final do Euro 2020, que nesta fase teve a sua primeira dose de surpresas, isto graças às eliminações da França, Portugal, Alemanha, Países Baixos, que abriu a “porta” para uns quartos-de-final emocionantes. Mas há alguma coisa para dizer desta 1ª ronda a eliminar do Campeonato da Europa? Bem, o Fair Play recomenda três vídeos de análise sobre alguns dos jogos!

João Pedro Sundfeld tentou identificar os problemas da “Laranja Mecânica”, que depois de uma fase-de-grupos dominante, acabou por cair frente a uma Chéquia sólida e de processos voláteis. Contudo, como é que os homens de Frank de Boer não tiveram o engenho e a capacidade técnica para contornar as dificuldades sentidas a partir do primeiro quarto-de-hora? A nossa análise tenta responder a todas as perguntas…

A Alemanha e Inglaterra protagonizaram um duelo pouco emocionante dentro de campo, mas altamente sentido fora dele, devido à rivalidade que existe entre as duas selecções desde o século passado, que terminou com uma vitória do elenco de Sua Majestade. Há explicação para a derrota dos germânicos, para além de simplesmente atribuir culpas a Joachim Löw? Gonçalo Melo apresenta algumas sugestões dos problemas que levaram a Mannschaft a sair do Campeonato da Europa pela “porta pequena”, sem deixar de analisar a táctica mais robusta e pouco amibiciosa (pelo menos no papel) de Gareth Southgate.

O encontro que fechou os oitavos-de-final foi o objecto de interesse por parte de Bruno Dias, que ficou apaixonado pela entrega, capacidade estratégica e ousadia em querer ser algo mais tanto da Ucrânia como da Súecia. A vitória dos ucranianos surgiu no último minuto do prolongamento, mas o analista do Fair Play já sentia que essa possibilidade poderia ter acontecido bem mais cedo.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter