Colorado + Pinheiros = Paraná Clube

Virgílio NetoAgosto 14, 20183min0

Colorado + Pinheiros = Paraná Clube

Virgílio NetoAgosto 14, 20183min0
Em 1989 os clubes curitibanos do Colorado e do Pinheiros uniram-se e formaram o Paraná Clube. Uma história curiosa (exótica) e interessante que faz o futebol do Brasil ser um manancial de casos a serem partilhados.

Depois ainda há quem diz que o futebol do Brasil não exótico!

A ideia deste artigo originou-se após o Diogo Matos, durante a gravação do podcastFutebol Exótico“, ter gostado da história que mencionei superficialmente sobre a fusão de dois clubes de grande expressão regional e que resultaram em uma nova e bem sucedida instituição: Colorado Esporte Clube e Esporte Clube Pinheiros, em Curitiba, começaram em 1988 uma conversa que, em Dezembro de 1989 fez surgir o Paraná Clube. Uma fusão muito recente.

Tudo começou há trinta anos, quando dirigentes do Pinheiros encomendaram uma pesquisa a fim de saber o potencial de atração de adeptos para o clube, para uma agência de publicidade que pertencia a uma influente pessoa do rival Colorado. Feita a sondagem, os resultados indicaram que apenas em um prazo de décadas o Pinheiros conseguiria reunir massa associativa capaz de fazer frente aos conterrâneos Coritiba Foot-Ball Club e Clube Atlético Paranaense.

A partir de então, a ideia da fusão passou a ser interessante, uma vez que o Pinheiros era um clube com títulos recentes entretanto sem tantos adeptos como o Colorado, que por sua vez não contava com um palmarés recheado de conquistas. As reuniões passaram a ter certa frequência e aconteciam sob sigilo. Algo impensável nos dias actuais, com infinitos recursos de comunicação e propagação de informações. Ademais, tratavam de dois clubes de grande expressão de uma grande cidade do Brasil. Eram muitos interesses envolvidos e impressiona a evolução dos acontecimentos.

Em um guardanapo de papel de um restaurante curitibano, organizou-se o novo nome “Paraná Clube”, as cores do clube (o azul do Pinheiros; o vermelho do Colorado e o branco comum entre os dois), a sede social da nova agremiação e o estádio para os jogos. Bastava agora levar a discussão entre os sócios dos dois clubes. No lado do Colorado, dos seiscentos associados, apenas dois votaram contra a fusão. Pelo lado do Pinheiros, dos quase 3 mil membros, apenas 81 manifestaram-se contra. Em 19 de Dezembro de 1989 era oficializada, em cartório, a fusão. Surgia, assim, o Paraná Clube.

A fusão entre um clube com adeptos mas sem recursos financeiros ou títulos com outro sem adeptos mas com recursos financeiros e títulos. Uma breve história que sim, contribui para que o futebol do Brasil seja bastante exótico.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter