Destaques e Desapontamentos do Brasileirão Pós Mundial

Rafael RibeiroJulho 28, 20184min0

Destaques e Desapontamentos do Brasileirão Pós Mundial

Rafael RibeiroJulho 28, 20184min0
O Brasileirão já está em plena disputa após a parada para a Copa do Mundo. Mas quais os times aproveitaram este período de treinos e voltaram com força máxima? E quais aqueles que sofreram reveses nestes últimos jogos?

Com um calendário apertado, poucos dias se passaram desde a final do Mundial entre França e Croácia e o Campeonato Brasileiro já está em sua terceira rodada após o título francês. Ainda com janelas de transferência abertas, os clubes brasileiros trabalham ao vapor para negociar, segurar ou contratar jogadores, para enfim ter um plantel coeso até o fim do torneio. Mas após o recesso, quais times souberam aproveitar melhor os treinos de inter temporada?

O Fair Play lista os times que se destacaram nesta volta de Brasileirão, e aqueles que, nestas três rodadas de trabalho, já estão deixando a desejar nesta reta final de primeiro turno. O destaque é o equilíbrio vivido pela competição. Nenhum clube está muito além dos demais em performance, sendo possível apontar diferentes times postulantes ao título Analisando apenas a 13ª, 14ª e 15ª rodadas (de 19 rodada por turno), eis os que figuraram positivamente:

 Grêmio

Somou duas vitórias e uma derrota no período, alcançando a quarta colocação com 26 pontos (empatado em pontos com o Atlético-MG, mas atrás pelo número de vitórias). O Atlético foi justamente o time que o tricolor gaúcho bateu na volta dos jogos, por 2×0. Depois, escorregou contra o Vasco, perdendo fora de casa por 1×0 em um jogo tecnicamente muito ruim. Na rodada 15, voltou a vencer, desta vez um adversário direto na pontuação, o São Paulo, por 2×1 em casa.

Fluminense

Empatando no clássico com o Vasco pela rodada 12, o Fluminense engatou duas vitórias, contra Sport (fora de casa, por 1×2) e contra o Palmeiras (em casa, por 1×0) e subiu na tabela para nono lugar, com 22 pontos, saindo das posições mais incomodas. O jovem atacante Pedro é o destaque do time, tendo inclusive alcançado a artilharia do Brasileirão com 9 gols (ainda empatado com Roger Guedes, ex Atlético-MG que rumou para a China.

São Paulo

Duas vitórias seguidas, uma no confronto direto com o Flamengo (fora de casa, por 0x1) e outra por 3×1 no clássico contra o Corinthians foram suficientes para o São Paulo encostar na liderança. Depois destas rodadas, o São Paulo ficou a apenas um ponto do líder Flamengo. Na rodada 15, viu seu adversário empatar com o Santos, mas não conseguiu vencer o Grêmio e acabou saindo derrotado. Ainda assim, está a 2 pontos do Fla, com 29 pontos.

Este foi o São Paulo que venceu o clássico contra o Corinthians, com dois gols de Reinaldo (Foto: Marcos Ribolli)

Com elencos de bons jogadores e competitivos para a briga do título, alguns times voltaram com força total e acabaram perdendo mais do que ganhando nestas três rodadas analisadas. Faltando muita água para rolar, os clubes precisam apenas estar mais atentos pois os torneios sulamericanos também retornam ao longo de Agosto, e a atenção deverá ser redobrada de acordo com as pretensões de cada um deles. Os times que desapontaram nesta retomada foram os seguintes:

Flamengo

Manteve a liderança do campeonato, mas viu a distância diminuir. Mesmo perdendo a rodada 13 em casa para o então terceiro colocado São Paulo (0x1), venceu o clássico com o Botafogo por 2×0 e na rodada 15 obteve apenas um empate com o Santos por 1×1 fora de casa. Foi aos 31 pontos.

Atlético-MG

Viu Grêmio, Internacional e Cruzeiro se aproximarem de sua posição e, ainda que na terceira posição, terá uma sequência mais complicada daqui pra frente. Na rodada 13 perdeu para o Grêmio em disputa direta e logo depois para o Palmeiras em um jogo que teve condições de vencer (3×2). No último jogo, fez o dever de casa e ganhou do Paraná por 2×0. Soma 26 pontos junto com Grêmio e Inter, e está apenas 2 pontos a frente do Cruzeiro.

Palmeiras

Começou empatando com o Santos fora de casa por 1×1 (mesmo resultado do jogo contra o Flamengo antes da parada), venceu o Atlético-MG por 3×2 na rodada 14, mas perdeu na sequência contra o Fluminense por 1×0. Os altos e baixos do time renderam a demissão do técnico Roger Machado, antes mesmo do retorno da Libertadores da América, onde faz boa campanha. A chegada já anunciada de Felipão é uma incógnita para a continuidade do time no ano.

Roger Machado não resistiu e foi demitido pelo Palmeiras. Felipão é o substituto (Foto: André Durão)


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter