As maiores novelas envolvendo contratações no Brasil para 2022

Rafael RibeiroJaneiro 16, 20225min0

As maiores novelas envolvendo contratações no Brasil para 2022

Rafael RibeiroJaneiro 16, 20225min0
Várias equipas estão se reforçando para a época de 2022 no Brasil. Mas essas tentativas acabam demorando, gerando novelas aos adeptos.

Novelas nada mais são do que tramas, divididas em capítulos, que detalham um conto, com personagens envolvidos. E isso não acontece somente nas rádios e televisões. Enquanto o futebol não começa no Brasil em 2022, as equipas tentam se reforçar para melhorar o patamar do plantel e aspirar coisas maiores nesta nova época que se inicia. Alguns, como o Atlético Mineiro, com o foco em um novo treinador, já que Cuca preferiu não continuar no comando da equipa campeão do Brasileirão ano passado, e outras, como Fluminense, Inter e São Paulo, que planejaram maiores mudanças nos nomes de jogadores para tentar alcançar êxitos maiores.

E como é normal no Brasil, algumas tentativas de contratações acabam virando novelas, onde a cada dia novos capítulos montam uma história que pode dar certo ou errado ao final das contas. O Fair Play então elege três novelas que cansaram ou ainda estão cansando os adeptos do próprio clube que está tentando a contratação, como também dos rivais que não aguentam mais novas histórias sobre estas possíveis contratações.

Cavani (Manchester United > Corinthians)

O que pode parecer distante para alguns, pode também ser um sonho factível de ser realizado. É o caso de Cavani, avançado uruguaio que, desde sua saída do PSG, até as incertezas vividas no Manchester United, foi cogitado como reforço de peso no Corinthians para 2022. O alvinegro precisa de uma avançado que chegue para ser titular, já que conta com poucas opções, e Jô (nome antes reverenciado pelos adeptos corintianos) não passa por fase nem pouco similar as suas melhores épocas.

Uma das novelas que começou já no fim de 2021 parece caminhar para um fim, já que declarações recentes do jogador, empresários e até de familiares, indicaram que o jogador quer permanecer no Manchester United pelo menos até o fim de seu contrato, no meio deste ano, quando acabam as épocas européias. Cavani tem vontade de retornar a América do Sul, se aproximar da família e disputar uma Libertadores da América, mas parece que por enquanto seu foco ainda está na Europa. O Corinthians não fechou as portas, nem mesmo recebeu uma resposta definitiva do uruguaio, mas já caminha em rotas alternativas, como Diego Costa (saindo do Atlético Mineiro) ou mesmo Arthur Cabral, ex-Palmeiras e Basel.

Cavani tem interesse em voltar a América do Sul, mas no momento quer continuar no United (Foto: Getty Images)

Soteldo (Toronto FC > São Paulo)

Um das principais carências na equipa montada por Rogério Ceni, até para casar com o estilo de jogo que o treinador gosta e propões nos times que dirige, é de jogadores velozes pelas beiradas do relvado. Os extremos são jogadores que, desde o ano passado com Hernán Crespo, faltavam no tricolor paulista. O time contava apenas com jogadores da base, como Marquinhos e Galeano, e jogadores não titulares ou não aproveitados, como Rojas e Toró. Novelas tem capítulos, e com o São Paulo não foi diferente.

Primeiro o São Paulo foi atrás de Douglas Costa (Juventus > Grêmio). O jogador se indispôs com o Grêmio e seus adeptos, mas no fim das contas é capaz que continue no tricolor do sul para a disputa da Série B. O São Paulo entendia que valia mais apenas investir forte na tentativa de Soteldo, que não se adaptou a MLS e tenta encontrar novos ares já que, com a chegada de Insigne ao Canadá, certamente não terá espaço. Mas as pedidas só cresciam, e a falta de interesse do jogador fizeram o presidente Julio Casares dar por encerrada a negociação, dizendo que o jogador só vem se aceitar a última proposta feita. Para onde será que o jogador vai, com as pedidas salariais desejadas?

Soteldo pode ser trocado com o Tigres-MEX ou mesmo desembarcar no Flamengo de Paulo Sousa (Foto: Canadian Press)

Um avançado (Palmeiras)

Esta é uma das novelas que também ganha capítulos a cada dia. Praticamente desde que chegou, Abel Ferreira entende que um avançado é sempre importante para a composição do plantel palmeirense. E com a queda de produção de Luiz Adriano e somente nomes como Borja e Deyverson, sempre controversos para os adeptos e para a mídia esportiva brasileira, o treinador português deixou claro que essa era uma das carências do plantel, inclusive com a saída dos dois primeiros nomes.

Taty Castellanos foi o primeiro nome desta novela. O avançado do New York City no entanto, nunca chegou. Neste meio tempo, Rafael Navarro, ex Botafogo, chegou como opção no cenário, junto com Deyverson, mas ainda assim não preencheu a lacuna tanto desejada pelos adeptos. Lucas Alario, do Bayer Leverkusen, foi então o nome que pintava como a provável realização do desejo de Abel. Mas a proposta de empréstimo sem custos não agradou a equipa alemã, e para completar o aumento para um valor de 300 mil euros pelo empréstimo e com compra condicionada a 70% de participação de Alario nos jogos palmeirenses fez o Bayer desistir de negociar, e os adeptos a continuar questionando as ações da nova presidente Leila Pereira.

Alario foi o alvo mais recente do Palmeiras, mas os baixos valores fizeram o Leverkusen recusar o negócio (Foto: Getty Images)

Clique aqui para acompanhar os artigos mais recentes sobre o futebol brasileiro.

 


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter