4 reforços de destaque dos quatro candidatos ao título da Liga NOS 20/21

Francisco IsaacSetembro 8, 20205min0

4 reforços de destaque dos quatro candidatos ao título da Liga NOS 20/21

Francisco IsaacSetembro 8, 20205min0
Os candidatos ao título estão a reforçar as suas hostes para se baterem com a mesma voracidade até ao fim do campeonato e nós escolhemos quatro reforços que merecem uma atenção especial em particular!

Com o campeonato a poucos dias de começar, mas com o Mercado de Transferências ainda a funcionar no pleno das suas capacidades, o Fair Play destaca quatro reforços que vão ser nucleares nas suas equipas e que terão os holofotes da temporada incididos em si. Entre mais e menos surpreendentes, estas são as nossas escolhas de reforços de destaque para a Liga nos 2020/2021!

ANDRÉ CASTRO (SC BRAGA)

Experiência não falta a este trinco/médio-centro português de 32 anos, que construiu uma carreira sólida no futebol turco depois de ter tentado e de efectivamente ter sido opção no FC Porto de André Villas-Boas, regressando agora a Portugal passados 7 anos. Mas o que efectivamente se pode esperar de André Castro?

O internacional sub-21 e Olímpico português revelou-se na Süper Lïg um dos mais influentes médios no que toca à recuperação de bola e na devolução segura da mesma, conseguindo subir no terreno com uma agilidade notável para se transfigurar, quando necessário, num criador até de linhas de ataque e de passes a rasgar para dentro da área, pulsando um ritmo sempre na máxima velocidade e que um treinador como Carlos Carvalhal aprecia. O médio formado no FC Porto vai expandir o centro do terreno dos bracarenses, e a inteligência que detém em combinação com os anos de carreira vão ser elementos fulcrais para o desenrolar dos objectivos do SC Braga nesta temporada.

PEDRO GONÇALVES (SPORTING CP)

Rúben Amorim queria um médio de transição com capacidade para inventar e criar como de saber estancar os avanços dos adversários e a direcção encabeçada por Frederico Varandas foi capaz de se adiantar aos seus rivais para contratar Pedro “Pote” Gonçalves, jogador que surpreendeu na época transacta pelo FC Famalicão. Formado no SC Braga, Pedro Gonçalves foi daqueles jovens jogadores portugueses que rapidamente saiu para fora da território nacional tendo jogado pelo Wolves de Nuno Espírito Santo (na equipa de esperanças 95% das ocasiões) durante duas temporadas, retornado a solo luso em 2019 como reforço do então recém-promovido, Famalicão.

Na época de estreia nas competições portuguesas foi capaz de fechar a época com 7 golos e 8 assistências, assumindo-se como um pêndulo de grande importância para o futebol dos famalicenses de João Pedro Sousa, o que criou em redor de si uma aura especial e que acabou por mover um autêntico concurso pela sua contratação, surpreendentemente concretizada pelo Sporting Clube de Portugal. Num plantel que subiu um degrau em termos de competitividade para obter a titularidade, não há dúvidas que Pedro Gonçalves vai ser um dos habituais do onze de Rúben Amorim e vai pautar uma elegância ao fluxo de jogo dos leões.

EVERTON “CEBOLINHA” SOARES (SL BENFICA)

O “pequeno” mago ex-Grémio, que encantou as hostes brasileiras durante as últimas temporadas, foi a contratação mais sonante do plantel das águias e considerado como fundamental para Jorge Jesus, que pretende ter um ataque ágil e elétrico, bem ao estilo do que fez no Flamengo ou nas suas anteriores passagens pelo Sporting CP e SL Benfica.

Esta será a primeira experiência do extremo/avançado de 24 anos no futebol europeu, mas desengane-se quem ache que “Cebolinha” não vai deslumbrar desde o primeiro minuto, evocando toda uma qualidade no drible, acompanhamento de jogada, no apoio ao ataque e no conseguir desmontar das estruturas defensivas, o que fazem de si um daqueles jogadores bem ao gosto de Jorge Jesus, que procurará dar um sentido ao ataque mais directo e eficaz, de domínio constante e de manutenção do caudal ofensivo durante largos períodos de tempo. Everton Soares vai reunir para si uma dose de importância total, perfilando-se como um daqueles jogadores que vale a pena acompanhar, independentemente que jogue na equipa adversária.

MEHDI TAREMI (FC PORTO)

É impossível não reconhecer que o FC Porto da época passada teve problemas na frente-de-ataque, especificamente no que concerne ao homem-golos, pois nem Tiquinho Soares, Zé Luís ou Vincent Aboubakar foram resposta para a hora de finalizar uma jogada, fracassando em alguns jogos que os dragões poderiam ter ganho com relativa facilidade, caso tivessem tido um goleador nato naquele momento. Com esse pensamento na cabeça, a SAD azul-e-branca garantiu então uma contratação vista como essencial, convencendo Mehdi Taremi a juntar-se aos campeões nacionais, podendo ser ele a resposta para todos os receios no que concerne à finalização e até nas grandes-penalidades.

O iraniano foi um dos melhores jogadores da Liga NOS 2020/2021 com 18 golos (e 5 assistências) em 30 jogos, possuindo qualidades que Sérgio Conceição aprecia nos seus avançados, como o trabalho, fisicalidade, agressividade e capacidade para se impor no centro da área, juntando-se as características de finalizador nato (cabeça e ambos os pés), velocidade e inteligência nas movimentações junto e dentro da grande-área e a percepção de como operar com as alas. Pode ser um reforço velho em termos de obter lucro no futuro, pois ostenta 28 anos de idade neste momento, mas o interesse do FC Porto é ter uma referência de área que dê outra dimensão às movimentações do ataque da equipa liderada por Sérgio Conceição.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter