21 Mai, 2018

10 Jogadores que acabam o contrato no final da época

Francisco IsaacFevereiro 2, 20189min0

10 Jogadores que acabam o contrato no final da época

Francisco IsaacFevereiro 2, 20189min0
O Mercado de Inverno fechou mas os clubes já andam a ver quem vai ficar sem clube no final da época! 10 jogadores que acabam o contrato em 2018

O cardápio é longo e bem suculento com os vários jogadores das principais ligas europeias a ver o seu contrato a definhar… de Espanha a Itália, da Premier League à Ligue1, o mercado dos jogadores que acabam o contrato começa agora. Quem fica disponível para assinar isento de custos de transferência? Bem, descubram connosco

HATEM BEN ARFA (PARIS SAINT-GERMAIN)

“Pareço que já não existo para ninguém… sou um jogador invisível”, foi com estas declarações que Hatem Ben-Arfa rompeu logo no início de Fevereiro, uma vez que o PSG não libertou o fantasista francês por um valor que não fosse o desejável.

Como se recordam, o internacional francês foi erradicado das escolha de Unai Emery desde o início da época abrindo-se uma discussão agressiva entre as duas partes.

O que tem de especial Hatem Ben-Arfa? Controlo de bola e com um toque de genialidade quando sai a jogar com a “redonda” dando outras tonalidades ao ataque por completo.

Munido de um bom remate, uma belo drible e uma trabalhada visão de jogo, o francês tem o problema de ser um atleta que sucumbe à pressão, entrando num ritmo complicado de excesso de agressividade e falta de compromisso.

Quem está interessado no francês? Leicester City, AC Milan, Everton, Olympique de Lyon, são os pretendentes assumidos e a corrida pelo 10 vai ser bem interessante.

JACK WILSHERE (ARSENAL)

O internacional inglês está com o contrato pelas últimas e uma relação de 17 anos com o Arsenal pode estar muito perto do final. Jack Wilshere, que ostenta o número 10 do clube do Emirates Stadium, já tem vários pretendentes à sua contratação… mas o que o inglês com 37 internacionalizações pode dar para além de lesões?

Fio de jogo, controlo do meio-campo, abertura de linhas de passe, excelentes assistências e inteligência no miolo.

O problema são as lesões e isso pode repelir um pouco do interesse geral no meio-campista de 26 anos. O Arsenal estará a ponderar numa renovação de contrato, mas será que Wilshere tem vontade de sair para outros “Mundos”?

Juventus, Chelsea, Valencia são alguns dos interessados mas ficar em “casa” não será o melhor para o inglês?

GIORGIO CHIELLINI (JUVENTUS)

Um dos maiores símbolos da Vecchia Signora e dos bons tempos da selecção italiana está agora com o seu contrato a terminar e uma renovação do mesmo pode ainda acontecer.

Há uma boa probabilidade da Juventus de querer que o central termine os seus dias em Turim, já que Chiellini é um dos capitães, líderes e “sábios” dos campeões italianos.

Inteligente na leitura defensiva, munido de uma bela capacidade em cortar bolas perigosas, excelente na análise das dinâmicas e velocidades de jogo, Chiellini é um central como já não se faz e uma boa parte dos clubes italianos ou espanhóis (e até mesmo o PSG) devem estar à espera de saber se há ou não renovação de contrato para os lados de Turim.

Será interessante vê-lo noutro campeonato, mas a perda seria grande para a Juventus?

ARJEN ROBBEN (FC BAYERN)

Já foi um dos melhores jogadores do Mundo, com aquela giga-joga quase única, um drible de qualidade, boa capacidade de explosão e que arma um remate imparável no caminho da baliza. Arjen Robben, uma das lendas actuais do Bayern de Munique, está com o contrato para acabar e a discussão na Baviera é se a renovação é uma realidade ou se é a altura de deixá-lo ir.

O holandês que tanto pode jogar na esquerda como direita, já alinhou em mais de 250 jogos pelo Bayern com 134 golos no fundo das redes, o que prova, em parte, a sua qualidade na frente do ataque. Um mestre em desbloquear jogos complicados, nem os 34 anos de idade beliscam um pouco da sua “magia”, apesar das suas pernas já não aguentarem uma época completa.

Um regresso à Holanda será impossível? Ou uma ida até Inglaterra de novo seria perfeito para Robben?

JONATHAN BAMBA (SAINT-ÉTIENNE)

Nesta lista de estrelas, aparece este nome no qual alguns adeptos podem franzir o sobreolho, mas é verdade que Bamba está em final de contrato com o Saint-Étienne e o extremo pode ser uma boa contratação para vários bons clubes europeus.

Velocidade estonteante acompanhada de um bom jeito para fazer a diferença dentro da “caixa”, Bamba gosta de arriscar num drible, ao bom estilo da juventude francesa.

Internacional de esperanças, Bamba pode tanto actuar na direita como na esquerda, assim como pode figurar no centro do ataque se for necessário. Lyon, Marselha, Newcastle, Everton, Huddersfield e Valência são alguns dos clubes candidatos a “roubar” a promessa francesa.

Será que o Saint-Étienne já vai tarde?

ANDRÉ-PIERRE GIGNAC (TIGRES)

Dos ventos quentes do México, um artilheiro está perto de sair e pode fazer muito jeito: André-Pierre Gignac. Já falámos dele em outro artigo de sobre 5 jogadores que deviam regressar à Europa e, pelos vistos, há uma gritante possibilidade dessa situação acontecer.

O francês de 32 anos pode ser bom para uma equipa que necessite de um belo artilheiro de grande área, já que tem um dom especial para desviar a bola para dentro da baliza.

Elegante, tecnicista, o internacional francês poderá ser interessante para a Premier League, com o Newcastle a reunir todas as libras possíveis para pagar um bom contrato ao ponta-de-lança. Será o regresso de um requintado avançado ao Continente Europeu?

ASHLEY YOUNG (MANCHESTER UNITED)

O extremo e, agora, também lateral do Manchester United caminha lentamente para a sua última temporada no Teatro dos Sonhos e é um alvo apetecível para clubes do meio da tabela, ou até de rivais. A situação do internacional inglês não está nada fácil, uma vez que é desejo de Young em ter um novo contrato mas a direcção dos Red Devils não parece muito disposta a negociar.

Young tem velocidade, é um extremo que trabalha bem na sua ala, minimamente inteligente para ganhar a frente no confronto de um para um e que sabe alongar a bola, mas já não está no seu auge, apresentando algumas exibições menos satisfatórias. Mais uma vez, Leicester, Newcastle, WBA e o próprio Wolves de Nuno Espírito Santo parecem interessados na contratação do internacional inglês.

Mourinho precisa ou não de um jogador como Ashley Young?

MARIO BALOTELLI (OGC NICE)

Ui, cuidado… muito cuidado, aí vem Mario Balotelli que pode estar prestes a tornar-se num jogador livre de compromisso. O internacional italiano relançou a sua carreira no Nice, com 36  golos marcados em 53 jogos realizados, algo que não deixa de ser surpreendente para um avançado que vive Mundo completamente à parte.

Super Mario tem raça, qualidade técnica, com um remate-bomba que mete qualquer guarda-redes “assustado”, para além de ter uma passada rápida e um físico impressionante, fazendo frente a qualquer central que queira entrar numa disputa e confronto físico.

Numa época em que os grandes pontas-de-lança dão pelo seu nome de Cavani, Agüero, Benzema, Higuain, Suárez, Balotelli talvez merecia uma nova oportunidade em clubes de outra dimensão.

A Juventus já se desmarcou da contratação, para já, mas Valência, Roma, Lyon e mais uns quantos clubes já começaram a mexer-se na direcção de contar com o italiano que já afirmou “gostava de voltar a jogar por um clube que está na Liga dos Campeões”. O capítulo Nice acabou, Super Mario?

EMRE CAN (LIVERPOOL FC)

O internacional alemão já está bem cotado para a Juventus e Jürgen Klopp parece ter perdido a esperança de contar com o trinco para a época que vem. Emre Can é um jogador que detém uma boa percepção de posicionamento táctico, que faz uso de um passe eléctrico e dinâmico para mexer o meio-campo defensivo, para além de ser um lutador e que tem os tais detalhes das novas gerações do futebol alemão.

Com 24 anos, o internacional alemão, que poderá estar nas contas de Joachim Löw para o Mundial de futebol deste ano, é um alvo apetecível para equipas como o Chelsea, Manchester United, Arsenal, PSG e, porque não, Real Madrid. É um jogador que tem tudo para se afirmar como um dos melhores médios da Europa nos próximos dois anos.

Fim de contrato só torna este alvo mais apetecível… quem vai conquistar o “coração” do alemão?

STEFAN DE VRIJ (SS LAZIO)

É verdade que a Lazio é uma das piores defesas do Top-5 da Serie A, mas Stefan de Vrij não deve ser visto de lado por esse facto. O central de 25 anos (fará 26 no próximo dia 5 de Fevereiro) está desde 2014 na formação romana e a sua classe no centro da defesa fazem a diferença no jogo da Lazio.

Veloz no momento de intervir num ataque perigoso, agressivo na luta corpo a corpo de forma a não deixar escapar nada nem ninguém e extremamente rigoroso com o seu jogo aéreo, Stefan de Vrij é um central muito interessante.

O Barcelona já está com os dois olhos em cima do caso, uma vez que a saída de Mascherano abre um espaço no plantel. O United de José Mourinho também está na “berlinda” e o PSG parece ter feito uma primeira sondagem. Quem sai a perder? A Lazio, que vê o holandês a sair com custo zero no final da temporada.

Que outros jogadores podíamos ter incluído no artigo? Propõe e nós iremos analisá-los num próximo artigo de contratos perto do seu final.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter