Arquivo de Futebol - Página 2 de 168 - Fair Play

Foto-SC-Beira-MarDR.jpg?fit=1200%2C801&ssl=1
Guilherme CatarinoNovembro 9, 20203min0

Pausa para as Seleções, nova oportunidade de descanso aos intervenientes de um dos maiores espetáculos nacionais que, mesmo sem o brilho (presencial) dos adeptos, os vai entusiasmando, seja de noite, de dia ou (habituemo-nos!) de manhã.

É verdade, de acordo com os mais recentes dados tornados públicos pela Federação Portuguesa de Futebol, esta decidiu reagendar os eventos profissionais, para já, do fim-de-semana de 14 e 15 de Novembro, para as 11h da manhã, numa atitude, não apenas, esperada, em prol das restrições impostas com o mais recente estado de emergência “preventivo” decretado pelo Governo português, mas igualmente respeitosa pelas constantes vítimas de infeção da pandemia de Covid-19.

De relembrar os leitores mais desatentos, que, na recente madrugada de 7 para 8 de Novembro, António Costa confirmou a entrada em vigor do suprarreferido estado de emergência nacional, cujo apresenta, para os 121 concelhos de maior risco de contágio, entre várias, a obrigação de recolher obrigatório aos portugueses durante a semana, entre as 23h e as 5h, e nos próximos dois fins-de-semana a partir das 13h de sábado. Como visualizamos há longos anos, é raro o evento profissional realizado nas manhãs de sábado e domingo, mas, nos próximos tempos, terá de ser uma realidade em Portugal.

Começámos este escrito por enunciar “uma pausa para Seleções” nos próximos dias, algo que habitualmente obriga à paragem dos campeonatos profissionais. Então, para quem estará dirigido este compromisso matinal consubstanciado pela Federação Portuguesa de Futebol? Acima de tudo, para o futebol, mas não só! Se é verdade que a Taça de Portugal só vai voltar com a sua 3ª pré-eliminatória, que já conta com os jogos dos autoproclamados 3 grandes do nosso futebol, também se deve anotar que estão agendados jogos de competições nacionais e reginais de várias modalidades.

Supra, no fim-de-semana de 20 a 22 de Novembro – além da Taça de Portugal – decorre, novamente, no Áutódromo Internacional do Algarve, em Portimão, a última prova da temporada de MotoGP, que, como vimos, foi alvo de bastante polémica face a um eventual desrespeito de diversas medidas de segurança pública de contenção da pandemia.

Cremos que esta medida não só convalida as preocupações naturais de Pedro Proença, líder máximo da Liga de Clubes, perante o estado atual do país e o papel determinante que o desporto profissional pode ter em consequências futuras, como igualmente vem introduzir uma nova ideia em Portugal, infelizmente raramente vista, como é o desporto profissional pela manhã.

Desde crianças a idosos, desde o paredão de Oeiras ao caminho da Ribeira das Naus, desde Lisboa ao Porto, milhares de portugueses ocupam as suas manhãs a exercitar o corpo e a mente em caminhadas, corridas e jogatanas. Nada de profissional, nem perto disso, na vasta maioria dos casos, porém é curiosamente, por esta altura do dia que todas as equipas e atletas nacionais em competições esboçam e aperfeiçoam o que de melhor pretendem trazer para o público.

Por que não experimentarem mostrar tal faceta aos apaixonados pelo desporto, num horário que conflua com a rotina da maioria dos praticantes portugueses? Apesar da situação nacional circunscrita não ser naturalmente a melhor, talvez esta medida chegue em muito boa altura para o desporto português.


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS