18 Jan, 2018

7 coisas que precisam de saber sobre o Lisboa Junior 7’s!

Francisco IsaacJaneiro 13, 20185min3

7 coisas que precisam de saber sobre o Lisboa Junior 7’s!

Francisco IsaacJaneiro 13, 20185min3
Portugal vai ser "atacado" pelos Lisboa Junior 7's em Março! Mas que torneio é esse? 7 pontos para perceber em que consiste o torneio da Sports Ventures

Um Complexo!

Qual o complexo escolhido para este grande evento de rugby juvenil? O complexo da Tapada! O recinto da AEIS Agronomia Rugby é o local onde todo o Lisboa Junior 7’s se vai passar, com quase mais de uma centena de jogos num torneio único em Portugal pela exclusividade da variante e pela intensidade que se vai apresentar.

Todo o complexo da Tapada vai estar ao dispor das equipas participantes, com três campos (dois de relva natural e um sintético) com locais próprios para fazer o pré-jogo, assim como áreas mais recreativas e de lazer. Numa área “fechada” e que vai ter mais de oito centenas de participantes (entre jogadores, treinadores e restante staff), num dos melhores locais para se jogar rugby em Lisboa.

Dois dias de jogos

Dois dias de jogos intensos, com várias equipas de toda a Europa e, até, América do Sul (para já)! Os dias do torneio estão escolhidos para 24 e 25 de Março, abrindo da melhor forma possível a pausa escolar.

O primeiro dia está reservado para a fase de grupos, em que as 16 equipas de cada escalão vão lutar pelo seu posicionamento final… a partir daí todos seguem para a fase eliminar, onde não só está o título de Campeão (Cup) em jogo, assim como Plate, Bowl e Shield.

As equipas começam a chegar a Lisboa na sexta-feira, preparando-se não só para o torneio mas também encetando em actividades extra-desportivas naquilo que é entendido como Turismo Desportivo. Lisboa vai “abanar” com a explosão desta competição de 7’s!

Três Escalões na competição

O número de escalões envolvidos no torneio… dos sub-14 aos sub-18, o Lisboa Junior 7’s vai ter como objectivo dar palco às equipas de formação dos vários clubes que vão competir. Portugal tem começado a dar passos certos no desenvolvimento das equipas de 7’s de formação, seja com os vários torneios a nível de sub-14 durante o ano ou os campeonatos de 7 no final da temporada, para os outros dois escalões.

Para além disto, Portugal tem participado nos campeonatos europeus de 7’s de sub-18 conquistando bons resultados e medalhas, algo que deve alimentar a aposta nesta variante. O evento da Sports Ventures vai assim criar um super-torneio, único desta variante em Portugal.

Quatro troféus em disputa

Campeões para todos os gostos, ou, melhor, para todas as competições. Os Lisboa Junior 7’s vão ter o mesmo formato que as World Series, com quatro grupos de quatro perfazendo as tais dezasseis equipas por escalão. Será uma frenesim total não só porque todos querem ganhar, mas porque há a “fome” de querer mostrar as cores de cada clube dentro de campo.

O modelo competitivo escolhido pela Sports Ventures vai trazer uma luta acérrima a Lisboa, naquilo que deve ser entendido um torneio não só para “ganhar”, mas para conhecer e estabelecer contacto com outras realidades a nível europeu.

Cinco países… uma data de jogos!

Para já estão confirmados vários clubes de cinco países diferentes… desde de Portugal (Agronomia, GD Direito, CDUL, CF “Os Belenenses” como bons exemplos de participantes no torneio), assim como de Espanha, Inglaterra, Argentina e Escócia.

São alguns aperitivos para quem gosta de ver o que de bom se faz lá fora ou que equipas da variante existem, algo que pode e deve mexer com a realidade do rugby português.

Nos sub-18 estão os Milton Abbey (com uma grande tradição de rugby a escola inglesa) confirmados, nos sub-16 Clube Argentino (o plantel sénior está na 2ª divisão de clubes do país das Pampas e já formou alguns internacionais dos Pumas) e nos sub-14 os Ciencias Sevilla (o clube sevilhano está na Divisão de Honra de Espanha e tem sido um bom formador de atletas), tudo equipas que vão acrescentar algo mais ao torneio.

Aguentem-se, são só Seis Jogos

Será o número de jogos por equipa (em média): seis! Três em cada um dos dias do torneio, com cada encontro a ter catorze minutos de jogo jogado mais dois de intervalo. Apesar de serem escalões jovem em nada muda a intensidade e tempo de jogo, dando possibilidade aos mais novos de descobrirem a exigência de praticar esta variante.

No total, cada equipa terá direito a jogar 84 minutos (se não tivermos jogos a ir para prolongamento), neste Lisboa Junior 7’s, naquilo que pode ser uma boa forma de manter a forma para os jogos finais da temporada em Portugal.

É a variante de Sete uma boa aposta?

Este número era o mais fácil de adivinhar, já que a variante que vai ser jogada no Complexo da Tapada é a de Sete! Durante anos a fio Portugal andou nas World Series, conquistou títulos europeus, desafiou as grandes equipas internacionais e meteu alguns dos seus atletas nas tabelas de melhores do Mundo da variante.

Todavia, o espectro actual dos 7’s em Portugal é medíocre, com uma regressão total da modalidade em que a direcção actual da Federação Portuguesa de Rugby teve grande participação… os 7’s que foram um dos focos principais do rugby português, agora são apenas um detalhe e uma memória. O Lisboa Junior 7’s vai tentar dar outra “cor” à variante, que bem precisa de investimento humano, que é mais importante que o financeiro (este também necessário, atenção).

Para mais informações sobre o torneio visitem o site: Junior Sevens. As inscrições ainda estão abertas, mas falta pouco para a organização garantir os 16 inscritos por escalão. 

Foto: Junior Sevens/ Sports Ventures


3 comments

  • Pedro

    Janeiro 15, 2018 at 3:38 pm

    Ciencias nao está na Divisão de Honra de Espanha, após a sua despromoção 😉

    Reply

  • Manuel Cabral

    Janeiro 14, 2018 at 3:03 pm

    Excelente iniciativa que se espera seja abraçada pela FPR!!
    Apenas um alerta: para garantir a sobrevivência e o sucesso do torneio é essencial garantir a adesão dos clubes nacionais…

    Reply

    • Francisco Isaac

      Janeiro 15, 2018 at 12:33 pm

      Caro Manuel Cabral,

      A iniciativa é bastante boa e daí estarmos a seguir… penso que a FPR apoiou a iniciativa de certa forma, pelo menos fez alguma promoção.
      No artigo referimos que os clubes nacionais vão participar e serão a maior parte dos clubes participantes.
      O torneio está quase lotado… será um reviver do Lisboa 7’s, que devia voltar mais dias menos dia!

      Um abraço,

      Francisco Isaac

      Reply

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter