21 Fev, 2018

Candidatos triunfam fora de portas e lideram campeonato

José NevesNovembro 2, 20177min0

Candidatos triunfam fora de portas e lideram campeonato

José NevesNovembro 2, 20177min0
A 2ª jornada do Campeonato Nacional da I Divisão jogou-se no passado fim de semana. Descobre aqui os destaques de todos os jogos que a compuseram!

FC Porto, SL Benfica, UD Oliveirense, Sporting CP e OC Barcelos venceram e lideram o campeonato com registo 100% vitorioso. Para além destas equipas que venceram todas em pavilhão alheio, registo para duas vitórias caseiras de AD Valongo e HC Turquel, que com a ajuda preciosa do 6º jogador ganharam os primeiros pontos no campeonato.


Dragões batem novamente templários

SC Tomar 2-5 FC Porto

Novo reencontro entre as equipas de Nuno Domingues e Guillem Cabestany depois da final da Taça de Portugal e da Supertaça António Livramento, e mais uma vez a vitória a sorrir aos dragões. Num jogo em que o FC Porto se adiantou cedo no marcador conseguindo controlar bem o rumo dos acontecimentos e não dando ao Tomar muitas chances para surpreender, a equipa portista mostrou a qualidade e profundidade que tem o seu plantel tendo os cinco golos que construíram a vitória azul e branca sido marcados por cinco jogadores diferentes. Apesar da justiça do resultado, a equipa do SC Tomar voltou a deixar uma boa imagem de si vendendo cara a derrota, tendo ainda beneficiado no segundo tempo de três lances de livre directo que poderiam ter relançado a turma nabantina na discussão pelos três pontos, mas nas três ocasiões nenhum dos atacantes do Tomar conseguiu bater Carles Grau, que com uma exibição sólida contribuiu para que o FC Porto saísse da cidade templária com os três pontos.

Ataque Oliveirense foi forte demais para o Infante

C Infante Sagres 4-9 UD Oliveirense

Depois de um jogo emocionante na ronda inaugural frente ao Valongo, a equipa de Tó Neves deslocava-se ao pavilhão de uma equipa recém-promovida ao principal escalão do hóquei em patins, mas apesar do adversário ser, na teoria, mais acessível, a equipa do Infante Sagres pretendia dificultar ao máximo a tarefa da Oliveirense. Ainda assim foi a equipa de Oliveira de Azeméis a entrar melhor chegando ao intervalo com uma vantagem de três golos, na etapa complementar a Oliveirense controlou o jogo fazendo jus ao estatuto de favorito, chegando naturalmente ao resultado de 9-4. Destaque para “Jepi” Selva que com um hat-trick foi o homem golo do conjunto da Oliveirense.

Grândola em estreia deu luta aos leões

HCP Grândola 1-4 Sporting CP

Coube ao Sporting apadrinhar a estreia do Pavilhão Zeca Afonso na primeira divisão frente a uma equipa do Grândola que tencionava deixar uma melhor imagem perante o seu público depois da goleada sofrida no Dragão Caixa. E deixou mesmo, acabados de entrar no quarto minuto de jogo o capitão António Pereira inaugurava o marcador para gáudio dos grandolenses que se deslocaram ao pavilhão, o HCP Grândola estava assim na frente do marcador frente ao poderoso Sporting. Até final do jogo a equipa leonina mostrou a sua natural superioridade, virou o resultado e levou para Lisboa os três pontos, mas contou sempre com uma excelente réplica do Grândola que nunca desistiu de causar sensação neste jogo e mostrou às restantes equipas que em Grândola ninguém passará com facilidade.

Nicolia e Adroher de classe levam 3 pontos para a Luz

A Juventude Viana 2-3 SL Benfica

O Benfica entrava em campo sabendo de antemão que os mais directos rivais haviam vencido os respectivos jogos, era também sabido que seria o candidato que, nesta jornada, teria a tarefa teoricamente mais complicada, deslocando-se ao pavilhão de Monserrate. Num jogo em que as defesas se sobrepuseram aos ataques, quatro dos cinco golos da partida seriam marcados em situações de bola parada, e o nulo só seria desfeito já nos últimos instantes do primeiro tempo com um golo de penalti de Carlos Nicolia, 16 segundos depois seria Emanuel Garcia de livre directo a restabelecer a igualdade. O segundo tempo iniciou com um excelente golo Nicolia, o único de bola corrida no encontro, até final da partida um golo de livre directo de jordi Adroher, outro de penalti para André Azevedo e ainda mais dois livres directos desperdiçados, um para a equipa da casa que poderia ter dado o empate e outro para a equipa encarnada já nos últimos segundos do encontro.

Um Barcelos em reconstrução mas que só sabe vencer

Valença HC 1-4 OC Barcelos

Segunda jornada do campeonato e segundo derbie minhoto para a equipa do Valença que depois de bater o HC Braga recebia no seu pavilhão o OC Barcelos. Um jogo em que ambos os guarda redes estiveram em plano de evidência, cada um defendendo três livres directos, e em  que o resultado esteve incerto até aos últimos dez minutos da partida, momento em que a equipa barcelense desfez o empate que já vinha desde o primeiro tempo. Acabaria por marcar ainda por mais duas ocasiões garantindo assim os três pontos e a liderança partilhada do campeonato.

Demasiado Turquel para pouco Paço de Arcos

HC Turquel 8-3 CD Paço de Arcos

Historicamente os jogos entre Turquel e Paço de Arcos são jogos equilibrados e de resultado incerto, verdadeiros jogos de tripla, e era mais um jogo equilibrado entre estas duas formações que se esperava este fim de semana. Mas não foi isso que se verificou, a equipa do Turquel entrou melhor e adiantou-se nos instantes inaugurais da partida, do outro lado a equipa da linha acusou o golo madrugador e passou por momentos de menor esclarecimento em pista. A equipa alvinegra acabou mesmo por rubricar uma exibição de excelente nível tanto no aspecto defensivo (não sofreu qualquer golo de bola corrida), como no ofensivo, sempre no controlo do jogo e contando com a inspiração em frente à baliza de Vasco Luís e André Moreira. Nos comandados de Luís Duarte destacou-se Gonçalo Nunes, autor dos três golos da sua equipa, dois de livre directo e um de penalti.

Valongo mais forte no San Siro

AD Valongo 5-2 HC Braga

Depois das boas indicações deixadas pelo Valongo na pré-época e no jogo da primeira jornada frente à Oliveirense, os comandados de Miguel Viterbo estreavam-se perante o seu público que, como já é habitual, compareceu em massa para ver a sua equipa amealhar os primeiros pontos da temporada. Numa partida bem disputada acabariam por ser os reforços valonguenses a fazer a diferença com Poka a marcar por três vezes, todas de bola parada, e Diogo Fernandes a inscrever também o seu nome na lista de marcadores do encontro. Na equipa bracarense os golos Gonçalo Suissas e Bekas foram insuficientes para deixar o San Siro de Valongo com qualquer ponto.

HC Turquel mostrou-se em grande nível frente ao Paço de Arcos  (foto: HC Turquel / Carmo Honório)

Os dados da jornada

Cindo da jornada:

Ricardo Silva (OC Barcelos), Daniel Oliveira “Poka” (AD Valongo), Vasco Luís (HC Turquel), “Jepi” Selva (UD Oliveirense), André Moreira (HC Turquel)

A Figura:

Vasco Luís (HC Turquel) – O principal artilheiro da turma do Turquel voltou a mostrar a sua veia goleadora e brindou os adeptos da “Aldeia do Hóquei” com um pôquer na goleada ao Paço de Arcos, chegando assim ao topo da lista de melhores marcadores do campeonato.

Números da jornada:

53 – Número de golos desta jornada, exactamente o mesmo número da jornada inaugural

2 – Apenas duas equipas venceram perante os seus adeptos (AD Valongo e HC Turquel)

Melhores marcadores do campeonato:

Hélder Nunes (FC Porto) / Vasco Luís (HC Turquel) / Gonçalo Nunes (CD Paço de Arcos) – 5 Golos

Gonçalo Alves (FC Porto) / “Jepi” Selva (UD Oliveirense) / Jordi Adroher (SL Benfica) – 4 Golos

Vasco Luís é um dos melhores marcadores do campeonato  (Foto: Hóquei Clube Turquel / Carmo Honório)


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter