20 Fev, 2018

3 Reforços Exóticos para o FC Porto

Francisco da SilvaJaneiro 7, 20185min0

3 Reforços Exóticos para o FC Porto

Francisco da SilvaJaneiro 7, 20185min0
Sérgio Conceição tem reconhecido a necessidade de reforçar o seu plantel, respeitando sempre os limites financeiros do clube, nesse sentido, decidimos recomendar 3 jogadores exóticos ao FC Porto oriundos do Paraguai, Suiça e Nigéria.

A falta de fulgor financeiro do FC Porto tem obrigado Sérgio Conceição a potenciar ao máximo os seus jogadores. Até ao momento, o técnico português tem sido bem sucedido na sua hercúlea missão, contudo, para alimentar as esperanças dos adeptos azuis e brancos, o Fair Play recomenda 3 reforços exóticos, frugais e úteis para o FC Porto.


Fábian Balbuena

A novela hispano-mexicana à volta da renovação de Iván Marcano e Diego Reyes não deixa os adeptos portistas descansados, como tal, parte da solução podia estar na contratação de um defesa central paraguaio de seu nome Fábian Balbuena, que também anda a alimentar uma novela do mesmo género no outro lado do Atlântico. Após toda a formação futebolística ter sido feita no Paraguai, o defesa central de 188 centímetros decidiu em 2016 rumar a São Paulo para representar o Corinthians. Depois de um período inicial de desconfiança, Fábian Balbuena conquistou um lugar no onze titular e não mais largou o eixo defensivo do Timão, revelando sempre uma frieza e autoridade avassaladora que lhe viriam a dar a alcunha de “general”. O paraguaio é o típico central sul americano, isto é, um jogador extremamente raçudo, forte nos duelos aéreos, desequilibrador nas bolas paradas e rápido nas dobras ao seu colega de setor. Face à incerteza em relação à saída ou renovação de Marcano e Reyes, Fábian Balbuena seria uma solução imperativa, especialmente por se tratar de um elemento maduro e de créditos firmados que não teria problemas em assumir desde o primeiro momento a titularidade na formação azul e branca. A chegada ao Dragão do central paraguaio avaliado em 3 milhões de euros* podia ser facilitada pelo facto de Balbuena ter apenas mais 1 ano de contrato com o Corinthians, assim sendo, Sérgio Conceição teria à sua disposição um elemento com uma personalidade extremamente forte que incorporaria bem a filosofia aguerrida e lutador do técnico.

Pajtim Kasami

O centrocampista helvético não é de todo um nome novo para os amantes da bola, especialmente se tivermos a falar com alguém que segue o futebol britânico. Kasami é um médio de 25 anos que ao longo da sua formação passou pelo Zurich, Liverpool, Lázio e Palermo, tendo chegado em 2011 ao Fulham com o rótulo de uma das maiores promessas do futebol suíço e europeu. Depois de uma passagem intermitente em Craven Cottage rumou ao Olympiacos onde voltou a não ser feliz. Ora, na presente temporada Kasami voltou ao seu país natal para representar o Sion com o intuito de dar um novo rumo à sua carreira e finalmente justificar o porquê de tantos emblemas o terem cobiçado no início da sua aventura futebolística. Até ao momento, o helvético tem sido a figura principal da pior equipa da Super League, somando golos (3) , assistências (2) e, sobretudo, boas exibições que comprovam a sua qualidade futebolística. Pajtim Kasami é um médio bastante possante, fruto dos seus 188 centímetros de altura, e com inúmeras qualidades ao nível da recuperação de bola, visão de jogo, posicionamento tático, capacidade de remate e chegada à área contrária. Atuando quer no miolo, na posição 6 ou 8, quer na ala direita, Kasami seria uma alternativa muito interessante a Héctor Herrera pois consegue cumprir com qualidade os papéis que Sérgio Conceição gosta de delegar ao mexicano. Avaliado em cerca de 3 milhões de euros*, a contratação do suíço seria uma adição desportiva bem interessante e a um preço competitivo para a atual realidade financeira do FC Porto.

Imoh Ezekiel

O talento deste nigeriano há muito que é apreciado no Velho Continente, aliás, há cerca de 4 anos muitos emblemas europeus olhavam com muita atenção e cobiça para Imoh Ezekiel, que na altura despontava no Standard Liège. Posteriormente, a decisão de correr atrás dos petrodólares correu significativamente mal levando a que o nigeriano tenha percorrido 4 clubes nos últimos 4 anos. Desde o final de Dezembro de 2017, Imoh Ezekiel é um jogador livre para assinar por qualquer emblema, como tal, não surpreende que vários clubes estejam a ser associados ao jogador, nomeadamente tendo em conta a possibilidade de o contratar a “custo zero”. Quanto às qualidades futebolísticas do nigeriano, o avançado é um jogador extremamente móvel com faro de golo que utiliza como principais armas a velocidade, o drible curto e a capacidade de desmarcação nas costas dos adversários, nesse sentido, Imoh Ezekiel é um jogador extremamente útil nos momentos de transição ofensiva e que necessita de poucas oportunidades para fazer balançar as redes adversárias. Atendendo a estas características, o africano seria uma bela prenda de ano novo para Sérgio Conceição pois o técnico português receberia não só um jogador à sua imagem como teria ainda um elemento polivalente, que tanto pode atuar no centro do ataque como no lado direito do ataque. Num trio de ataque atualmente composto por 3 jogadores africanos que privilegiam a velocidade e a fantasia, Imoh Ezekiel não teria certamente grandes dificuldades de adaptação e poderia tornar-se um caso sério no nosso campeonato.

*valor de mercado apresentado pelo Transfermarkt


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS




Newsletter


Categorias


newsletter