Arquivo de Mykea Gray - Fair Play

Galitos-vs.-GDESSA-9-.jpg?fit=1200%2C800&ssl=1
José AndradeDezembro 3, 20226min0

O feriado foi repleto de jogos da Liga Betclic Feminina como nós gostamos, com muitos e excelentes duelos numa 11ª jornada que fechou a 1ª volta da melhor maneira e onde o SL Benfica conseguiu manter a invencibilidade. Por isso acompanha-nos e fica a saber tudo sobre esta ronda do 1º de Dezembro.

CAB vence dérbi madeirense e Olivais surpreende Lombos

O mês de Dezembro começou da melhor maneira, com muitos duelos na Liga Betclic Feminina e com o Esgueira a abrir as hostilidades ao receber e vencer o Imortal por 77-60, num duelo muito equilibrado e onde o ligeiro ascendente só foi conseguido na segunda-parte. Jogo que abriu este dia da melhor maneira, emoção e um duelo intenso com o Esgueira a ter que suar muito para vencer um conjunto algarvio cada vez mais forte. Depois do regresso aos triunfos do Esgueira, viajámos até aos Açores para um dos duelos mais aguardados e que nos garante sempre espetáculo, o confronto entre o União Sportiva e o SL Benfica com as águias a conseguirem triunfar por 60-53, mantendo a invencibilidade, mas com o conjunto de Ricardo Botelho a terminar por cima e perto de conseguir roubar esta vitória . Duelo como esperado e como sempre muito vivo, repleto de emoção e disputado do primeiro ao último segundo entre dois dos conjuntos favoritos aos títulos.

A jornada não abrandava e continuávamos pelas ilhas e em duelos intensos, desta vez um dérbi madeirense que prometia muito e que ainda superou as expetativas pelo bem que se jogou e com o CAB Madeira a levar a melhor sobre o Francisco Franco por 70-66 em mais uma partida onde os corações não tiveram um momento de descanso pela tamanha luta entre estes dois conjuntos insulares.

O feriado ia continuando e para aquecer ainda mais este primeiro dia de dezembro, o AD Vagos recebeu e venceu o CPN por 63-56 em mais uma partida que teve de tudo e que nos proporcionou um verdadeiro jogão pelo que as duas equipas lutaram e pelo bem que jogaram. Continuámos por Aveiro, onde o Galitos recebeu e saiu derrotado do confronto com o GDESSA, a equipa do Barreiro conseguiu superar as galináceas num jogo muito intenso e que voltou a deixar claro a candidatura da turma de André Martins ao título nacional. Por fim e para encerrar este dia em grande, mais um jogo que não fugiu à regra do dia de só existir grandes duelos com o Olivais FC a ir até Carcavelos vencer o Quinta dos Lombos por 62-60 mostrando que o mau momento já ficou para trás em mais uma partida que foi disputadíssima e muito bem jogada até ao apito final com a decisão a ser nos últimos instantes.

Os maiores destaques individuais desta 11ª jornada da Liga Betclic Feminina:

– Rosemarie Julien: Ver, chegar e brilhar

Começamos os nossos destaques desta ronda da Liga Betclic Feminina por Carcavelos de onde chega Rosemarie Julien ela que fez aqui a sua estreia pelo Quinta dos Lombos deixando já uma amostra de tudo o que pode trazer a este conjunto e à nossa Liga. Jogadora forte e que deixou claro que vem para se assumir como um destaque e que por esta primeira impressão parecer ser o encaixe perfeito na turma de José Leite pela capacidade demonstrada e pela sua capacidade física. Muita luta, grande jogo e Rosemarie Julien a conseguir 21 pontos, 5 ressaltos e 5 roubos de bola que deixaram já todos alerta para aquilo que esta atleta pode vir a fazer.

– Carolina Gonçalves: Continua a não saber jogar mal

Mudamos para as ilhas de onde chega o nosso segundo destaque, verdade que desde duelo Miriam Mckenzie e Ndioma Kane foram grandes protagonistas, mas a escolha de Carolina Gonçalves deve-se a tudo o que a jogadora fez nesta partida, nem sempre o trabalho que mais é visível no boxscore, mas a verdade é que além do que jogou e lutou, a jogadora das madeirenses conseguiu fazer jogar tendo sido uma das atletas mais inconformadas e que mais tentou levar a sua equipa ao triunfo no duro dérbi. Carolina Gonçalves tem sido um destaque regular e com toda a certeza é algo que não vai mudar uma vez que o nível exibicional desta jogadora só cresce. Neste duelo Carolina Gonçalves registou 10 pontos, 6 ressaltos, 5 assistências e 8 roubos de bolas.

– Mykea Gray: Entrar com tudo na Liga Betclic Feminina

O nosso terceiro destaque chega de Ermesinde e também ele é uma das caras novas da nossa Liga. Mykea Gray fez aqui a sua estreia pelo CPN e conseguiu substituir já neste primeiro encontro a Grace Gilmore da melhor maneira. Jogadora de muito valor que entrou a mostrar que também vem para ser uma das protagonistas da competição e para elevar a turma de Agostinho Pinto tendo também já deixado à vista que mesmo e pouco tempo o entrosamento já existe com as suas colegas. Mykea Gray obteve 20 pontos, 5 ressaltos, 3 assistências e 3 roubos de bolas neste duelo em Vagos.

– Bárbara Souza: Sempre em modo MVP

De Aveiro chega o nosso quarto destaque, ela que foi uma das figuras da 1ª volta da Liga Betclic Feminina, falo claro de Bárbara Souza que voltou a brilhar, desta vez o Galitos não conseguiu o triunfo, mas a jogadora das galináceas segue numa forma absurda. O jogo foi intenso, a vitória não sorriu ao conjunto de André Silva, mas voltámos a ver o elevado nível de Bárbara Souza que liderou e tentou até ao fim que o Galitos conseguisse outro resultado deste duelo com o GDESSA. Bárbara Souza conseguiu 14 pontos, 12 ressaltos e 6 assistências continuando assim a sua perseguição ao prêmio de MVP da temporada.

– Fatumata Djaló: Revelação e cada vez mais em destaque

O último destaque desta 11ª jornada chega de Esgueira, Fatuma Djaló é uma jovem conhecida do nosso basquetebol, todos sabemos do valor desta jogadora, mas a verdade é que nesta época tem sido uma das revelações da liga Betclic Feminina e segue em crescendo mostrando que vem para ser revelação e afirmação até ao fim da temporada. O Esgueira venceu, grande triunfo em um excelente jogo com Fatumata a ser uma das protagonistas por tudo o que fez dos dois lados do campo neste encontro. Fatumata Djaló conseguiu 14 pontos, 5 ressaltos, 2 assistências e 2 roubos de bola que assim a voltaram a colocar em evidência nesta ronda.

Ficou aqui tudo sobre o que aconteceu na 11ª jornada da Liga Betclic Feminina, um feriado emocionante e que nos proporcionou grandes jogos, um dia como nós amamos e que mostrou como a competição está cada vez melhor e mais equilibrada.


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS