Tatum ou Curry? Quem vai ser o próximo rei da NBA

João FerreiraJunho 1, 20223min0

Tatum ou Curry? Quem vai ser o próximo rei da NBA

João FerreiraJunho 1, 20223min0
Celtics ou Warriors, Tatum ou Curry, Udoka ou Kerr, quem vai se sobrpor nas finais da NBA 2022? João Ferreira faz a argumentação aqui no Fair Play

Ai minha rica e querida NBA! Um sonho passar a fase regular, um desejo vencer as nossas conferências, o objetivo levantar o Larry O’Brien Trophy na nossa própria casa. Depois de duas finais de conferência que deixaram água na boca pelas quatro equipas, e não apenas pelas duas que passaram às Finals da NBA: os Mavericks, de Luka, e os Heat de Jimmy Buckets mereciam mais e são equipas em constante crescimento sustentado de forma a atingirem este próximo patamar.

Golden State Warriors

A verdade é que estava escrito nas estrelas que pelos menos os Golden State Warriors iam estar presentes nas Finals da NBA. Uma equipa que reconquistou este ano o desejo de ganhar e o seu carisma que tanto nos habituou nas últimas temporadas. Curry voltou a um nível absolutamente assombroso, com uma série de jogos de outro nível, e que o destacaram ainda mais como o melhor lançador de todos os tempos. Klay e Draymond são os fiéis depositários do talento nesta equipa, a par com o MVP dos Playoffs e o futuro MVP das Finals: Curry.Klay com o seu lançamento sem drible e Draymond com a sua ferocidade e vontade de defender e de dar a vitória à equipa californiana.

O cinco inicial não podia ficar completo sem Kevon Looney, uma agradável surpresa no que diz respeito à quantidade de pontos que tem marcado e à segurança debaixo do cesto defensivo e sem Andrew Wiggins, um verdadeiro esteiro ofensivo, que deu um salto qualitativo esta época, acompanhando a grande generalidade da equipa.

Não podíamos, claro, fechar a secção que diz respeito ao franchise de São Francisco sem falar de um dos MIP deste ano: Jordan Poole. A qualidade que assume na aproximação ao cesto e a preponderância ofensiva que ganhou tornaram-se tão relevantes que há jogos que não poderiam ter sido ganhos sem o jogador nas fileiras.

Boston Celtics

La vão os verdinhos de Massachusetts tentar outra vez a sua sorte. A equipa do “este ano é que é”, mas que é também uma das equipas mais tituladas da NBA, deu finalmente o passo em frente, carregados às costas pelo simplesmente ridículo Jayson Tatum.

Este foi um dos melhores jogadores da NBA. Aliás, diria mesmo, Top 3 da NBA esta época. Com 3 jogadores a apoiarem todo o seu talento, Tatum mostrou não ter medo de grandes monstros da NBA como Giannis, Butler e Durant.

Com Smart, Horford e especialmente Jaylen Brown num suporte valiosíssimo, os Celtics têm uma consistência enquanto equipa que já não tinham há muitos anos.

No entanto, torna-se impossível dissociarmos este crescimento da equipa ao aparecimento de um novo ambiente no TD Garden, catapultado pela crença de que este ano a equipa de Boston se apresentava em melhores condições para fazer consideravelmente melhor do que em anos anteriores.

É nesta óptica que consideramos que esta final é a final merecida pelos fãs da NBA. Dois dos 3 melhores jogadores desta época vão-se enfrentar num duelo que promete ser de loucos: os dois conjuntos encaixam que nem uma luva e revelam-se muito diferentes no estilo de jogo. No entanto, há um conjunto que parte em vantagem e desta maneira é impossível não considerar os Golden State Warriors como grandes favoritos a vencerem, de novo, a NBA! Com Curry como MVP das Finals.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter