Como vai ser o regresso do World Surf League a Peniche?

Palex FerreiraOutubro 11, 20194min0

Como vai ser o regresso do World Surf League a Peniche?

Palex FerreiraOutubro 11, 20194min0
O World Surf League regressa a Peniche e esta etapa promete muito! Descobre tudo o que podemos esperar dela aqui!

E eis que chega aquela altura do ano que os surfistas portugueses tanto gostam, a etapa do World Surf League (WSF) em Peniche.

O Jeremy Flores venceu hoje a etapa de Hossegor do World Surf League, com os melhores surfistas da actualidade a competirem ao mais alto nível e sabendo que a seguir é a vez de Portugal. Eles estão a caminho de Peniche.

O que esperar desta etapa do WSL?

Será que o Gabriel Medina vai garantir extra pontos para a reconquista do Título mundial em Portugal? e até conquistar o título de tricampeão mundial? Tal é possível de acontecer caso vença em Portugal e alguns adversários não se dêem tão bem por cá ( cenários possíveis: Se Medina vencer em Peniche pode ser campeão, isto se Toledo e Jordy não cheguem aos quartos-de-final e Italo e Kolohe não cheguem à final; Ou se Medina for 2.º em Peniche pode ser campeão, desde que Toledo, Jordy, Italo e Kolohe não cheguem aos quartos-de-final; Se Medina for terceiro já não pode ser campeão mundial em Peniche, ficando adiado então para o Havaí a decisão do título mundial 2019.

Será que o Filipe Toledo recupera da lesão que contraiu nas costas que o tem afectado este ano, e dará show como sempre nos acostumou? Como estará o contingente australiano a preparar mais uma visita a Portugal?

O que esperar do regresso a Peniche dos melhores surfistas?

O Leo Fioravanti que está a ter um excelente comeback depois de ter ficado tanto tempo lesionado, chegou até às meias-finais de França, perdendo para Ítalo Ferreira, que irá fazer a final com o Jeremy Flores, o MEO PORTUGAL PRO 2019 promete muita diversão, e as previsões aparentam estar de gala.

Vencedor 2018 da etapa WSL em Peniche. foto WSL

A estrutura já está a ser montada, encontra-se preparada para receber as milhares de pessoas, na praia pela mão de Francisco Spínola e equipa, que tanto têm dado a Portugal nestes últimos anos em termos de grandes campeonatos de surf mundiais.

Em nome do surf português, continuem a produzir o que têm feito.

O surf tem crescido muito de qualidade em Portugal, em parte devido ao trabalho de alguns grandes nomes do surf português, nomes como Francisco Spínola, Francisco Rodrigues (Xiquilin) actual presidente da ANS, entre outros e, também ao trabalho dos clubes regionais que tanto têm feito nestes últimos anos em prol do surf português. Bom trabalho malta, está a resultar!!!

Todos os olhos vão estar focados em Peniche nos próximos dias, de 16 a 28 de Outubro, porque está prestes a acontecer a 10ª etapa, MEO Rip Curl Pro Portugal.

Como vai ser?

Ninguém sabe porque actualmente o surf ganhou tantos talentos que já ninguém tem domínio total, tal como foram na Era Slater, que dominou durante anos a fio a cena competitiva, conseguindo ainda manter o mais novo e o mais velho a vencer títulos mundiais, o GOAT (Greatest of all times) do surf mundial.

Temos vários surfistas que vão dar show de certeza: Gabriel Medina, Filipe Toledo, Ítalo Ferreira, Kelly Slater, Jordy Smith, Julian Wilson e entre tantos nomes fica difícil de abrir um prognóstico sobre quem vai vencer em Portugal.

Vamos ficar atentos aos nomes portugueses que vão entrar, o grande Frederico Morais que está bem classificado na WQS (Circuito de Qualificação de surf) para regressar à elite World Surf League – World Championship Tour já em 2020.

Miguel Blanco (campeão nacional 2019 da liga Meo/Associação Nacional de Surfistas) e Vasco Ribeiro que sempre foi um dos talentos nacionais e prometem dar muita luta durante estes dias.

Altas performances, altas ondas tubulares em Supertubos, que sejam feitas grandes disputas com muito show à mistura, é isso que se quer ver.

Esperemos que sim, que todos os que para lá vão respeitem Peniche e os seus residentes, que tudo corra da melhor forma para todos.

 

Desejamos a todos altas ondas, e muito show no mar e está previsto em ser mais um belo evento FOTOS WSL.

 

Artigo feito com o apoio:
@Lufisurfco
@MiramarBBshop
@AhoyCoffeeBar
@SurfersStoreCaparica
@BeasTostas
@RestaurantePrainhaBaleal


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter