RWC19: (mais) um detalhe da Semana 2 – dribles, steps e fintas!

Francisco IsaacOutubro 1, 20193min0

RWC19: (mais) um detalhe da Semana 2 – dribles, steps e fintas!

Francisco IsaacOutubro 1, 20193min0
Já falámos do Império do Breakdown, mas vamos dar mais um pormenor extra da Semana 2 do Mundial de Rugby... as fintas, dribles, side steps e muito mais! 4 que ficaram na retina... qual a preferida?

Curtinho, rápido e mágico… é como vai ser este artigo sobre steps, fintas e pormenores técnicos com os pés que desmontam por completo um placador e/ou placagem, enchendo o jogo de uma fantasia espectacular que arranca risos, palmas e esgares divertidos das bancadas!

Neste Mundial de Rugby já tivemos alguns momentos destas, mas vamos à Semana/Ronda 2 da 9ª edição desta super competição que merecem um claro destaque… quem são os escolhidos?

AJ MACGINTY DÁ ESTOCADA EM VUNIPOLA… E JOSEPH DEVOLVE!

Depois de Pablo Matera ter ficado sem tornozelos, joelhos e pernas devido a um sidestep incrível de Vakatawa, foi a vez de Billy Vunipola ser vítima de um mesmo ataque… e que ataque! AJ Macginty, abertura de excelente qualidade dos Estados Unidos da América, recebeu um passe mal concebido e no meio de uma ameaça próxima de placagem saca de uma série de pormenores com os pés que deitaram dois adversários por terra… um deles foi o poderoso n.º8 Billy Vunipola que dançou ao ritmo da genialidade técnica do abertura norte-americano!

Contudo, para grandes males, grandes remédios e a Inglaterra acabou por responder mais tarde através do virtuoso 2º centro Jonathan Joseph, que arrancou um par de fintas e dribles que deixaram a defesa dos eagles à procura não só do inglês mas também dos rins. Joseph aplicou um falso passe para depois girar, aproveitando para fugir por um buraco que o próprio criou. É sensacional ver como consegue num micro segundo simular um passe, bater o pé, rodar e fazer um sprint que acabaria em ensaio de Joe Cokanasiga!

Agora qual o melhor… o parte tornozelos de Macginty ou o vira rins de Jonathan Joseph?

KEREVI FAZ JUS AO GOOSE STEP DE CAMPESE!

A Austrália pode ter perdido o jogo no resultado, mas em termos de brilhantismo técnico de finta e steps não há dúvida que saíram por cima, com dois momentos geniais que ficarão eternizados neste Mundial de Rugby. O 1º foi de Samu Kerevi que aplicou uma técnica desenvolvida por David Campese, o famoso Goose Step, que deixou por terra Jonathan Davies… infelizmente para os Wallabies, Kerevi não conseguiu segurar a bola até à área de ensaio e a jogada voltou à vantagem conquistada. Mas depois de ver este momento espectacular do centro nascido nas Ilhas Fiji, é caso para dizer que a Austrália tem um dos melhores nº13 do Mundo!

(se o vídeo não começar no momento certo, coloquem a partir dos 4:48 para verem o tal momento de Kerevi)

 

Para acabar vamos até Nic White, o formação dos Wallabies que também deu show com um sidestep clássico, tirando da frente o velocíssimo Josh Adams, dando o mote para o início de um ataque dos Wallabies. Will Genia não esteve no seu esplendor máximo frente aos galeses, mas White deu a vitamina necessária para dar outra dimensão ao ataque dos aussies que ficaram muito perto de conseguir a reviravolta na 2ª parte.

Ora, qual é o vosso favorito? Uma homenagem ao inesquecível “Campo”? Ou um recorte clássico que delicia qualquer treinador, jogador e espectador do Planeta Oval!


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter