RWC19 Ronda 2: os convocados, suplentes e jogadores a ter em atenção

Francisco IsaacSetembro 22, 20196min0

RWC19 Ronda 2: os convocados, suplentes e jogadores a ter em atenção

Francisco IsaacSetembro 22, 20196min0
O Japão vai ter o primeiro verdadeiro teste às suas competências frente à Irlanda e EUA, Uruguai e Canadá estreiam-se nesta edição do Mundial! Os XV's, suplentes e muito mais neste artigo

Durante todo o Rugby World Cup 2019 o Fair Play vai divulgar as equipas anunciadas, analisando-as muito brevemente, de modo a que consigam seguir com atenção a competição sem perderem o fio à meada. Fiquem com os XV e suplentes do RWC19 Ronda 2!

Artigo em actualização à medida que forem divulgadas as equipas | Foto de Destaque de Bruno Ruas Bernardinelli e Portal do Rugby

RÚSSIA-SAMOA

Horário: 24 de Setembro | 11h15

E entra em cena a última selecção do Pacífico, a Samoa! Foram os últimos a garantir o apuramento para o Mundial de Rugby e entram com a oportunidade de ganhar pontos importantes não só para o seu grupo, mas também para o ranking da World Rugby. Com o reputado Tusi Pisi a segurar a batuta de mestre da “orquestra”, os samoanos apresentam alguns reforços de alta qualidade como Michael Alaalatoa (um dos pilares mais reputados dos tricampeões do Super Rugby, os Crusaders), Filo Paulo, Kane Le’aupepe (uma das “torres” dos Hurricanes), Jack Lam, Rey Lee-Lo e Tim Nanai-Williams. A Rússia não fez qualquer alteração na convocatória, invocando o mesmo XV titular… mas será suficiente para arrancar uma surpresa frente aos samoanos?

Jogadores a ter em atenção: Michael Alaalatoa (Samoa) e Kirill Golosnitsky (Rússia)

FIJI-URUGUAI

Horário: 25 de Setembro | 06h15

12 trocas nas Ilhas Fiji… nada mais, nada menos. Para o 2º jogo no Mundial de Rugby vão-se apresentar sem Yato (concussão, estando em dúvida para os restantes encontros) ou Tuisova (poupado), surgindo assim esta selecção do Pacífico com uma série de mudanças e o destaque vai desde logo para alteração de posição de Leone Nakarawa, que passa da 2ª para a 3ª linha, ocupando o lugar de n.º8. Volavola não vai a jogo e ofereceu a camisola 10 a Matavesi, que terá o apoio de Vatubua e Radradra no par de centros. O Uruguai deverá apresentar o seu melhor XV com Santiago Arata na posição de n.º9 (o formação uruguaio apresenta-se como um dos jogadores mais rápidos do Mundial) e Felipe Berchesi no lugar de médio-abertura, conferindo algum mistério e invenção ao jogo dos Teros. Uma equipa mexida, pesada e que pode fazer mossa nos primeiros 30 minutos, sendo necessária uma concentração total por parte de Fiji para levar os 5 pontos de vitória e ponto de bónus.

Jogadores a ter em atenção: Santiago Arata (Uruguai) e Josh Matavesi (Ilhas Fiji)

ITÁLIA-CANADÁ

Horário: 26 de Setembro | 08h45

A Itália pode preparar-se para fazer algo quase histórico caso derrota o Canadá neste seu 2º jogo do Mundial 2019: ter duas vitórias consecutivas numa competição internacional. Sem Sergio Parisse para este encontro frente à selecção da América do Norte, mas com Steyn na posição de 8, os italianos vão ter Tommaso Allan como o instigador das movimentações ofensivas numa formação que pode ganhar confiança para os últimos jogos desta fase-de-grupos. Já o Canadá apresenta-se neste primeiro jogo com o seu melhor setup, com o super-avançado Tyler Ardron e o veloz ponta DTH Van der Merwe… contudo, os canadianos têm vários problemas na condução de jogo e qualidade defensiva, sendo claramente os favoritos para acabar numa das duas últimas posições do grupo B.

Jogadores a ter em atenção: Michele Campagnaro (Itália) e Tyler Ardron (Canadá)

INGLATERRA-ESTADOS UNIDOS DO AMÉRICA

Horário: 26 de Setembro | 11h45

“USA, USA, USA”… é este o grito que se vai ouvir nas bancadas do Kobe City Misaki Park Stadium, num encontro com a antiga casa-mãe, a Inglaterra. Num embate sempre com contornos históricos (mas sem a emoção de outras épocas), os eagles vão ter 80 minutos complicados mesmo tendo na sua avançada Tony Lamborn, Nick Civetta e Titi Lamositele. AJ Macginty é um dos maestros mais confiáveis do Mundo do rugby e o seu jogo ao pé será fundamental para dar algum balão de oxigénio aos norte-americanos. Da Inglaterra desconhece-se para já os convocados, mas Joe Cokanasiga, Willie Heinz, Lewis Ludlam deverão ter oportunidade para se estrear num Mundial de Rugby, assim como outros.

Jogadores a ter em atenção: AJ Macginty (EUA) e Joe Cokanasiga (Inglaterra)

ARGENTINA-TONGA

Horário: 28 de Setembro | 05h45

Pumas entram para o seu segundo jogo deste Mundial com a vitória bonificada a assentar como grande objectivo… para isto Mario Ledesma prescindiu de Agustín Creevy, colocando na posição de talonador Julián Montoya, e esta decisão tem razão de ser: forma. Creevy, capitão lendário dos Pumas, tem acumulado um desgaste total que vem desde o Super Rugby, não tendo conseguido voltar aos seus melhores indíces de forma. Por outro lado, Montoya surge não só bem no que toca ao “pulmão” mas também na liderança do 5 da frente, no ganhar a frente no contacto e muito mais. Santiago Carreras e Benjamín Urdapilleta, são outras novidades no XV titular… já o Tonga copiou a fórmula dos Pumas e trouxe novo playmaker para dentro do relvado, relegando Morath para fora dos convocados por troca directa com Faiva.

Jogadores a ter em atenção: Santiago Carreras (Argentina) e Sione Kalamafoni (Tonga)

JAPÃO-IRLANDA

Horário: 28 de Setembro | 08h15

Lomano Lemeki lançou o desafio e uma promessa para o jogo com a Irlanda: vão vencer por 30-22… será possível? Jamie Joseph aplicou o seu suposto melhor XV para este encontro, com entrada directa de Amanaki Mafi e Ryohei Yamanaka para as posições de nº8 e nº15, o que força a saída de Michael Leitch (suplente) e a ida de Willy Tupou para o lugar de Lemeki na ponta, uma decisão algo estranha esta. Tupou teve um jogo bem abaixo do esperado frente à Rússia, mas merece a confiança do seleccionador do Japão para este encontro importante da fase-de-grupos. Na Irlanda, Joe Schmidt demonstrou que não há espaço para descanso e trouxe a sua melhor armada para o encontro: Furlong, Ryan, CJ Stander, Murray, Ringrose, Keith Earls, faltando só Jonathan Sexton. O abertura está em “gelo” para os jogos que importam, ou seja, os quartos-de-final!

Jogadores a ter em atenção: Amanaki Mafi (Japão) e James Ryan (Irlanda)

ÁFRICA DO SUL-NAMÍBIA

Horário: 28 de Setembro | 10h45

Várias trocas nos Springboks para o embate entre selecções africanas, com a Namíbia a apresentar um setup similar mas sem o fantástico formação Stevens no elenco… terá sido uma boa decisão? Olhando para a África do Sul, destaque para a entrada de Schalk Brits no XV titular como nº8 (uma posição que já não joga desde 2008), assim como o par de médios Herschel e Elton Jantjies (não têm qualquer laço familiar…), o que pode dar outra velocidade e sentido de risco aos boks. Mapimpi e Am mantêm os seu lugar na ponta e centro, enquanto François Steyn e Warrick Gelant fazem a estreia neste Mundial!

Jogadores a ter em atenção: Warrick Gelant (África do Sul) e J. C. Greyling (Namíbia)

GEÓRGIA-URUGUAI

Horário: 29 de Setembro | 06h45

P

Jogadores a ter em atenção:


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter