RWC 2019: Quem levantará o título de campeão da Fantasy do Mundial?

Fair PlaySetembro 12, 20194min0

RWC 2019: Quem levantará o título de campeão da Fantasy do Mundial?

Fair PlaySetembro 12, 20194min0
O Fair Play abre a sua liga de Fantasy do RWC 2019 e oferece três prémios para o top-3 final... quem é que no final vai conseguir ser o mestre das previsões?

DEADLINES

Mundial de Rugby, Fantasy e teorização de quem são os melhores possíveis reforços para montar um XV inventado por nós… não é esta uma das melhores combinações possíveis e existentes associada ao rugby e desporto em geral?

Com a aproximação veloz do Rugby World Cup 2019, é altura de abrir as inscrições para a liga privada criado pelo Fair Play e o Portal do Rugby! Não há limite máximo de participantes mas existe uma data de limite para fecho de participantes, que passa pelo dia 20 de Setembro até às 04h00 (Brasil) e 08h00 (Portugal) da manhã.

LEIS DA PLATAFORMA

A plataforma escolhida é a da Rugby Magazine, revista desportiva da modalidade, que oferece um sistema de pontuação de qualidade para além de terem a possibilidade de escolher 28 jogadores para a vossa equipa… não há salary cap, até porque estamos a falar de selecções nacionais… mas há algumas regras fundamentais:

– Só podem escolher 3 jogadores por cada selecção;
– Uma transferência de graça por semana… podendo fazer um máximo de 5 mas cada uma destas é contabilizada como extra tendo um custo de 20 pontos;
– A janela de transferências está aberta entre hoje e o dia 20 (08h00), entre o 23 (a partir das 14h00) até ao 24 (10h00), 29 (espaço só de meia-hora para contratar jogadores…), 4 de Outubro (a partir das 13h00) ao dia 5 (05h00), 9 (13h00) a 11 (10h00) e depois falaremos de como funcionam as eliminatórias (caso queiram antecipar-se aqui fica o link: regras);
– Há jogadores que jogam mais do que uma posição, mas o sistema vai considerá-lo dependendo da posição que actue durante o jogo. Exemplo, colocam Owen Farrell a abertura, mas ele vai alinhar a centro… os pontos atribuídos ao inglês são os de centro e não de abertura;
– O 15 titular contabilizará pontos totais, enquanto que os 8 suplentes somam metade da pontuação total. O capitão duplica pontos e o chutador recebe pontos extra…ou perde dependendo se converte ou falha os pontapés;

PRÉMIOS E REGRAS

Têm aqui a base de como funcionará a Fantasy e agora vamos aos prémios:

Prémios (caso vencedor ser de Portugal / caso vencedor ser do Brasil)

1º Lugar – Cheque-Oferta da Lovell Store 40€ / Bola do Mundial
2º Lugar – Bola do Mundial / 50% la Loja do Rugby
3º Lugar – Cheque-Oferta da Lovell Store 15€ / 30% la Loja do Rugby

Para participarem na liga basta clicarem em: http://therugbymagazine.com/fantasy/world-cup/leagues/join/9cb2c3cf6618. Atenção, para estar habilitados a ganhar os prémios têm de seguir a página do Fair Play e Portal do Rugby no Facebook e/ou Instagram e se possível partilhar 1 dos posts de resumo de jogo ou jornada, ajudando-nos a crescer também!

Estão prontos para aceitar o desafio de tentarem ser coroados como o Rei da Fantasy do Mundial de Rugby 2019? Então clica, segue para a Rugby Magazine, regista-te e entra na competição!

O TOP-3 DOS JOGADORES MAIS ESCOLHIDOS (ATÉ AO MOMENTO)

Alun Wyn Jones | País de Gales (65% das escolhas) – o capitão do País de Gales ocupa um lugar em 65% das equipas fantasy de todo o Mundo e, apesar de reconhecermos o valor do 2ª linha, é uma escolha peculiarmente estranha. Não é dos jogadores que mais metros conquista, ensaios marca ou placagens encaixa, assumindo-se mais como uma voz de comando dominante e uma inspiração para os restantes companheiros de equipa. Contudo, o País de Gales de Warren Gatland tem um grupo acessível e a escolha pelo capitão dos Red Dragons é a que reúne mais votos;

Owen Farrell | Inglaterra (65% das escolhas) – o centro/médio-de-abertura da Inglaterra detém os mesmos pontos percentuais de escolha que o capitão do País de Gales, mas neste caso é perceptível a opção pelo centro. Seja pela eficácia nas conversões aos postes, nas assistências para ensaio ou na condução de bola, Farrell é um elemento essencial da estratégia de jogo da Inglaterra e é natural que apareça na maioria das fantasies mundiais.

Tadgh Furlong | Irlanda (64% das escolhas) – pilares… o segredo de conquistar vitórias nas fantasies, sem dúvida alguma, e Tadgh Furlong parece ser uma escolha óbvia a par de Kyle Sinckler (o problema do inglês são as penalidades e a cabeça quente…) ou Sekope Kepu. Furlong é um dos melhores na sua posição, tanto pela forma como se destaca na formação-ordenada ou na saída após um ruck, para além de conseguir intervir no jogo aberto de forma veloz e dinâmica.

Deixamos três recomendações menos comuns para optarem por:

– Leone Nakarawa | Fiji | 2ª linha (35% das escolhas);

– Michael Leitch | Japão | nº8 e asa | (24% das escolhas);

– Damian Penaud | França | ponta e centro (5% das escolhas);


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter