O Melhor Ensaio do CN1 2018/2019: Joel Gomes a flecha do CRAV

Francisco IsaacMaio 21, 20193min4

O Melhor Ensaio do CN1 2018/2019: Joel Gomes a flecha do CRAV

Francisco IsaacMaio 21, 20193min4
Está escolhido o melhor ensaio da época do CN1, com o ponta Joel Gomes do CRAV a ser conquistar o prémio! Fica a saber alguns pormenores e

É o último prémio individual do ano e aquele em que só o público foi ouvido: o do melhor ensaio do CN1 2018/2019! Depois de 8 semanas de votações e eliminações, o toque de meta preferido acabou por pertencer a Joel Gomes, atleta do CRAV!

Fica a saber os detalhes, os restantes votos, pormenores e muito mais neste artigo!

JOEL GOMES, A AMEAÇA VELOZ COM PÉS DE VELUDO!

Como está no cabeçalho, depois de 8 semanas e mais de 50 ensaios escolhidos para concorrerem pelo melhor da época, foi o de Joel Gomes a superar tudo e todos e a fechar a temporada no 1º lugar dos mais votados. Mas como foi a luta até aqui? A par dos cinco pontos de Joel Gomes, outros dois ensaios chegaram à finalissíma com Luan Almeida do RC Montemor e Cláudio França do Caldas RC a acompanharem o ponta arcuense.

Este trio de tries sobreviveram a 5 fases: eliminatórias da 4ª jornada à final (o Fair Play só conseguiu garantir filmagens a partir da 4ª ronda); seguindo-se um frente-a-frente entre jornadas; depois quartos-de-finais e meias-finais, com o aparelhamento a ser através de sorteio; e finalmente a final a três. Os finalistas deste prémio em 18/19 ultrapassaram mais de 50 “adversários” e atingiram a final que decorreu nos últimos 7 dias, onde mais de 180 comentários votaram no seu ensaio favorito. E o que determinaram as votações?

Joel Gomes obteve mais de 56% dos votos finais acompanhado por Luan Almeida (33%) e Cláudio França (11%), numa esclarecedora vitória do atleta do Clube de Rugby de Arcos de Valdevez.

O ensaio vencedor aconteceu à 9ª jornada do CN1 na visita do CRAV ao campo do CR São Miguel, num encontro que não correu de feição aos arcuenses, registando uma derrota no final por 29-17. Todavia, Joel Gomes remou contra a maré (a par de Luís Salvado, Ebraheem Davids e Viriato Teixeira) e à passagem da meia hora de jogo recebeu uma bola à ponta, percorrendo mais de 50 metros sem oposição a altura… finta de passe, aceleração no momento correcto e 5 pontos para a conta pessoal do atleta formado no CRAV.

Não sendo a melhor jogada de toda a época (a exemplo do que fez o SL Benfica à 18ª jornada, em que chegam à área de ensaio através de uma série de combinações geniais) ou um ensaio crítico (impossível esquecer aqueles 5 pontos de Samuel Lemos que possibilitou o Guimarães RUFC derrotar o RC Santarém na bola de jogo), foi o ensaio mais votado de toda a época e não há margem para discussão.

Outras considerações e pormenores interessantes destes embates entre ensaios:

– Luan Almeida foi o jogador com mais ensaios seleccionados, sendo que foram ao todo 5;
– O RC Montemor, CR São Miguel, CR Évora e SL Benfica foram as equipas com mais ensaios nos confrontos;
– No meio de todos os ensaios só uma posição é que não esteve representada em qualquer uma das jornadas: 2ª linha;
– Só um ensaio dos 55 é que recebeu o rótulo de ensaio na bola de jogo, o tal de Samuel Lemos na recepção do Guimarães ao RC Santarém;

Por fim, conversámos rapidamente com Joel Gomes para saber a anatomia deste ensaio!

Joel, esperavas por ganhar este prémio do Melhor Ensaio da Época? Quantos marcaste esta época?

JG. Não esperava ganhar o prémio de melhor ensaio e sinceramente não sei ao certo quantos marquei, mas este é um belo exemplar.

Como consegues desmontar o ensaio… foi de instinto ou é algo que vocês treinaram durante a época?

JG. Este ensaio surge de uma situação que é treinada. Mas depois a maneira como as coisas se desenrolam instinto.


4 comments

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter