6 eventos do rugby português que vamos sentir falta em 2020

Francisco IsaacMaio 26, 20207min0

6 eventos do rugby português que vamos sentir falta em 2020

Francisco IsaacMaio 26, 20207min0
Seja o Algarve 7's ou o Torneio Kiko Rosa, a verdade é que 2020 vai ser um ano mais pobre sem nenhum destes 6 eventos aqui destacados. Qual é aquele que mais gostavas de ver, participar ou acompanhar?

2020 poderá ser considerado um ano madrasto no que toca à realização de grandes eventos desportivos, onde até os míticos Jogos Olímpicos foram forçados a adiar para 2021, não sendo o único, pois existe uma longa lista de outros que só vão ter a sua próxima edição no ano que vem. Dentro do rugby português, 99% dos torneios, competições amigáveis, encontros de formação, entre outros, já têm o “autocolante” de adiado o que cria desde o primeiro minuto um sentimento de saudade e expectativa!

Quais então são os 6 eventos da bola oval lusa que vão fazer falta este ano?

ALGARVE 7’S

Dia 4 a 7 de Junho de… 2021, esta é a data do super Algarve 7’s, um evento que já se destaca por ser o maior torneio da variante de sete na Península Ibérica e um dos principais do Velho Continente, tendo já conseguido trazer selecções ou equipas de grande reputação como a França (World Series), Samurai (“casa” de uma das lendas do rugby português, Pedro Leal), 7 Fantastics, Portugal ou Nouvelle Aquitaine, conseguindo juntar quase 1000 atletas na especial Vila Real de Santo António.

Depois de duas edições de sucesso, 2020 iria ser a confirmação que o Algarve 7’s já tem um lugar especial na lista de eventos da variante de seven-a-side da Europa e o retorno em 2021 tem de ter como foco não só o trazer de equipas/selecções do mesmo nível das edições passadas, mas também conseguir carregar as bancadas com adeptos de olhar atento, ficando assim o desafio para a brilhante equipa liderada por José Diogo Trigo de Moraes da Sports Ventures.

RUGBY YOUTH FESTIVAL

António da Cunha, antigo internacional pela selecção portuguesa, tem conseguido mover montanhas para continuar a garantir um dos maiores eventos desportivos de rugby de formação da Europa trazendo equipas de todo o Mundo, de forma a preencher o Estádio Universitário de Lisboa (nas primeiras edições era tudo passado no CAR Jamor) com milhares de caras de miúdos e graúdos que andavam num intenso rebuliço para chegar aos campos com o objectivo de jogar ou simplesmente acompanhar quem se degladiava dentro das quatro-linhas.

Com marcação sempre para os meses de Março ou Abril, a edição deste ano passou para 17 e 18 de Outubro de 2020, sem ainda com confirmação total à vista, mas fica já a promessa que haverá um regresso ainda este ano. Com Bernardo Costa Duarte – outro antigo internacional português – ao leme no que toca a logística e em conseguir garantir não só as todas as condições aos participantes mas também de oferecer um espectáculo “cheio” a quem não está envolvido directamente no RYF, o torneio promete ser do mesmo calibre das outras 11 edições anteriores!

TORNEIO INTERNACIONAL DE RUGBY DO ALGARVE

Seria a 34ª edição de um dos torneios mais emblemáticos do rugby português e que merecia uma atenção mais especial por parte das instituições portuguesas desportivas e estava inicialmente destinado para o fim do mês de Abril mas que terá de ficar para o ano que vem. Sediada em Loulé, esta competição tinha o seu foco principal posto no escalão sénior, tendo conseguido trazer várias equipas de todo a Europa, e em 2020 estavam confirmadas formações das Ilhas Britânicas e Irlanda, para além do anfitrião o Rugby Clube de Loulé, que oferece sempre uma das 3ªs partes mais emotivas e especiais do rugby nacional.

A par deste evento organizado pelo RC Loulé, o Vilamoura Brown’s também sedia um dos torneios mais esperados da oval lusa, chamado de Algarve Rugby Festival que iria para a sua 10ª celebração. O cartaz de 2020 prometia um 28 de Março de incrível dimensão: 13h30 jogo entre o RC Loulé e Huelva Rugby Union e às 16h00 o “prato principal”, entre o British Army Rugby Union e London Irish Rugby XV (a 2ª equipa do emblemático clube inglês), terminando também numa 3ª parte de grande categoria – o Algarve sabe oferecer um pós-jogos de categoria superior.

BULLDOG RUGBY CUP

Vem crescendo de ano para ano como um dos principais eventos do rugby de formação organizados por clubes, com um empenho e envolvimento total da parte da Fundação INATEL e da Junta de Freguesia de Alvalade, e 2020 seria o regressar da sua internacionalidade, compondo um ramalhete de diversos escalões, indo das escolas de rugby até aos veteranos, masculinos e femininos. Os encontros seriam divididos entre o Complexo Desportivo de São João de Brito (“casa” do CR São Miguel) e o Estádio 1º de Maio no INATEL, o que criaria uma espécie de circuito intenso de rugby dentro da comunidade de Alvalade, algo que não é comum no rugby português, com a oval a andar literalmente pelas ruas.

Com data prevista sempre para o mês de Maio de cada ano, em 2020 poderá ainda acontecer em Outubro, o que garantiria um torneio de rugby juvenil ainda neste ano civil, oferecendo vida e dinâmica desportiva ao bairro de Alvalade.

TORNEIO INTERNACIONAL DO DIREITO E TAPADA RUGBY FESTIVAL

São dois eventos reservados para o rugby juvenil português, que se passam quase na mesma altura – Abril – e que estão dentro da mesma área de incidência, Monsanto. O Grupo Desportivo Direito e a AEIS Agronomia têm edificado de ano para ano, dois eventos de rugby especiais que enchem os seus relvados de jogadores de Norte a Sul do país, para além de trazer alguns “amigos” de Badajoz e cidades espanholas fronteiriças a Portugal, possibilitando assim um contacto entre dois mundos nada diferentes.

Se o TID iria para a sua 5ª edição em 2020 – não há data prevista para o retorno, mas será algures em 2021 -, já o TRF marcaria a sua 8ª edição naquilo que é um dia encaixado para celebrar não só rugby português mas também a história de rugby dos agrónomos. São dois eventos caseiros, mas nem por isso deixam de ser fundamentais para perceber as sinergias, o espírito de camaradagem e como há possibilidade de um envolvimento positivo de todas as partes na organização destes torneios para os “pequenos”.

KIKO ROSA

É o torneio de rugby juvenil mais carismático e importante do rugby português – a par do Torneio Internacional de Rugby JP, dedicado ao escalão de sub-14 -, imortalizando o nome de Kiko Rosa no calendário do rugby português desde o ano de 2011. A vontade e perseverança de toda a estrutura e comunidade que envolve o Belenenses Rugby permitiu estabelecer um torneio que é uma referência não só na modalidade, mas no desporto nacional preenchendo as bancadas por completo, para além de ter os relvados do Complexo Desportivo do Restelo completamente a abarrotar de jogadores dos mais diversos escalões de formação.

Em 2020 teríamos a oportunidade de mais uma edição apaixonante do Torneio Kiko Rosa, mas terá de ficar para o ano que se segue deixando assim uma saudade especial, que será devidamente atenuada quando tivermos nova data para o evento que celebra de forma alegre a ligação de um pequeno-grande atleta do Belenenses Rugby, tendo conferido o espírito de garra, coragem, valentia e de dedicação a quem jogue neste evento especial.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter