Slam Dunk Contest: A estrela rainha no fim-de-semana da NBA

Rui MesquitaFevereiro 14, 20204min0

Slam Dunk Contest: A estrela rainha no fim-de-semana da NBA

Rui MesquitaFevereiro 14, 20204min0
O Slam Dunk Contest sempre foi uma das grandes atrações do fim-de-semana All-Star da NBA. Mas o que faz a história desta competição? Quais os melhores momentos de sempre? Descobre tudo aqui!

O fim de semana de All-Star da NBA é preenchido com talento e o principal evento é o jogo de domingo. As estrelas jogam entre si e dão sempre espetáculo, apesar de o jogo, por vezes não ser tão interessante quando isso. Defende-se pouco, há momentos aborrecidos, poucas vezes vemos as estrelas a tentar verdadeiramente ganhar o jogo. Por isso podemos considerar que a grande atração acontece no sábado com o Slam Dunk Contest.

O que é e porque é tão famoso

Este concurso de afundanços consiste em meter alguns dos melhores jogadores da Liga no que a afundar diz respeito e dar-lhes liberdade total. Imaginação e técnica juntam-se para tentar criar o melhor e mais espetacular afundanço de sempre. Usam-se carros, outros jogadores, duas tabelas. Afunda-se de longe, a rodar no ar, de olhos fechados. Vale tudo para sacar o máximo de pontos (50) para levar de vencido o troféu.

O concurso puxa pela imaginação, mas é preciso físico para ele. A capacidade de elevação demonstrada pelos atletas é tremenda e o tempo que ficam no ar é assustador. Há quem defenda que o torneio é demasiado perigoso e propenso a lesões, mas o interesse gerado fala sempre mais alto. Atletas menos conhecidos gostam de aparecer e brilhar neste concurso. É isso que faz com que por 14 vezes o vencedor do Slam Dunk Contest tenha sido um rookie.

Hamidou Diallo num dos melhores afundanços da última edição (Foto: Getty Images)

A fama vem do espetáculo que traz ao fim-de-semana. É garantido que veremos alguns afundanços de abrir a boca e há sempre a hipótese de vermos algo absolutamente inacreditável. Alguns dos melhores momentos já vividos neste concurso estão descritos e mostrados abaixo, bem como algumas curiosidades.

O melhor de sempre e o melhor nisto de afundar

Michael Jordan é, indiscutivelmente, o melhor jogador da sempre da NBA. Venceu por duas vezes o Slam Dunk Contest e, claro, foi um dos melhores a fazer espetáculo a afundar aqui. Jordan era ainda jovem e ainda assim dominou a competição. A sua veia competitiva aliava-se ao talento e capacidade física para fazer verdadeiras obras de arte.

Jordan foi mesmo protagonista num dos maiores duelos desta competição. O ano era o de 1988, Michael Jordan tinha 25 anos e estava a caminho do seu primeiro MVP. O seu rival? Dominique Wilkins, vencedor do concurso em 1985 e um dos principais jogadores da NBA. A final entre os dois ficou decidida com 2 pontos de diferença a favor de Jordan. Podem tirar as vossas conclusões quanto ao merecedor no vídeo abaixo.

Apesar de Jordan ser o melhor da História e ter vencido a competição 2 vezes, não é o melhor do Slam Dunk Contest. O melhor daqui (quase tão unânime quanto Jordan na NBA) é Vince Carter. Carter participou e venceu apenas 1 vez mas foi o suficiente. A NBA não tinha Slam Dunk Contest há 2 anos e precisava de voltar em grande. Aí surgiu Vince Carter! Dominou toda a competição e fez alguns dos afundanços mais incríveis que o mundo já viu. Este ano serviu de inspiração para muitos dos seguintes e afundanços de Carter são ainda adaptados hoje em dia.

Vince Carter é visto como um revolucionário da competição, um jogador que definiu a marca Slam Dunk Contest. A Liga precisava dele e ele não desiludiu. Há quem diga que nunca houve e nunca haverá ninguém tão bom como Vince Carter a afundar e nós, olhando para o vídeo abaixo, sentimo-nos obrigados a concordar…

O mais baixo e o… quase mais baixo

O jogador mais baixo de sempre a vencer o Slam Dunk Contest foi Spud Webb em 1986. O jogador media 1,70 m. Com esta altura só o facto de conseguir afundar já é incrível, quanto mais vencer uma competição de afundanços. Ainda assim, o caso mais brilhante de um jogador baixo nesta competição dá pelo nome de Nate Robinson. 1,75 m de altura e 3 vezes vencedor do Slam Dunk Contest. Um recorde absoluto e logo para um jogador de uma estatura tão baixa.

Robinson era absolutamente surreal. Saltava por cima de jogadores da NBA, afundava com a cabeça à altura do cesto e fazia coisas impensáveis. Um craque no que a afundar diz respeito e detentor de uma capacidade física do outro mundo. Para finalizar e espelhar isto mesmo, vejam os melhores momentos de Robinson nesta competição e não se esqueçam, estamos a falar de um homem normal, com 1,75 m.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter