Phoenix Suns acabam com jejum e estão na final da NBA 2021

João FerreiraJulho 1, 20213min0

Phoenix Suns acabam com jejum e estão na final da NBA 2021

João FerreiraJulho 1, 20213min0
Parecia um cenário estranho se o disséssemos no início da época, mas os Phoenix Suns estão na final da NBA. João Ferreira explica como foi possível esta façanha

Surpresa das surpresas. Os Phoenix Suns eliminaram os Los Angeles Clippers numa série que teve de tudo e que iremos contar durante este artigo. Apesar da ausência mais que notada de Kawhi Leonard, os LA Clippers não se podem queixar pois tiveram um super Paul George, o playoff P, que foi dando conta do recado enquanto foi necessário e possível.

Mas vamos por partes, este artigo vai abordar as duas finais de Conferência. De um lado, já temos a confirmação que após 10 anos sem irem aos playoffs, os Suns vão à Final da NBA (!) e do outro temos uma série que está muito divertida/estranha, que nos ainda irá entreter por mais dois jogos, pelo menos. Os Atlanta Hawks contra os Milwaukee Bucks, série que neste momento está 2-2, com previsão de que os melhores jogadores de cada equipa irão estar de fora dos próximos jogos.

Giannis Antetokounmpo e Trae Young sofreram, respectivamente, lesões no jogo 4 e 3 da série e estão neste momento em dúvida para aquilo que resta da série sendo que a lesão do Greek Freak chega mesmo a ser arrepiante, mas já foi confirmado que não existem lesões de maior no joelho do grego, pois foi avançado que teria uma rotura total de um dos tendões no joelho, cenário que o afastaria da NBA até 2022.

Se os dois melhores estão de fora, alguém teve/tem de assumir. No lado de Millwaukee é claro e inequívoco que terá de ser Jrue Holiday e Kris Middleton a carregarem a batuta de uma série que, em teoria, já estaria resolvida e arrumada e na qual Giannis seria o melhor jogador. Em contrapartida, vamos ter uma restante sequência de jogos onde a jovem equipa dos Hawks não tem tido medo de se dar ao jogo, em que Trae Young, Kevin Huerter e John Collins dominam tudo, onde Clint Capela mostra o porquê de ser um dos melhores postes da liga, para além de Lou Williams se estar a mostrar ser um dos melhores 6th Man da história da NBA. Mas, se este “combate” do lado Este ainda está em aberto, o do Oeste já terminou…

Na outra Conferência a conversa é outra e já teve o seu ponto final. Chris Paul e Devin Booker deram conta de um recado que à partida não seria de todo o seu lugar. Eliminaram os campeões em título, os LA Lakers, para depois despacharem a equipa do MVP, Nikola Jokic, e agora chegam à final com mérito próprio ao terem derrotado uma equipa que todos apontavam à partida como sendo uma muito provável vencedora da NBA 2021.

Do lado dos Clippers, fica o amargo de boca de saber como seria se Kawhi Leonard estivesse em condições físicas opara ter disputado nesta série, mas fica a certeza de que Reggie Jackson e Zubac podem ser boas soluções para um futuro que precisa de contar com Paul George ao nível desta série.

Se perguntassem hoje, o vencedor da NBA serão os Phoenix Suns, pois têm uma equipa muito mais consistente, mais incisiva e mais experiente, isto em comparação com as outras duas equipas que ainda estão a disputar a final da Conferência Este, mas lembramos que esta edição da melhor liga de basquetebol mundial tem sido uma caixa de “surpresas” espectacular.


Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter