O Futuro dos Chicago Bulls

João de MatosSetembro 24, 20203min0

O Futuro dos Chicago Bulls

João de MatosSetembro 24, 20203min0
Os Chicago Bulls têm um novo treinador para a próxima época. Trata-se de Billy Donovan, que orientava os Oklahoma City Thunder. O que esperar do futuro de uma das equipas mais conceituadas da NBA?
Overview
Os Chicago Bulls têm um novo treinador para a próxima época. Trata-se de Billy Donovan, que orientava os Oklahoma City Thunder. 
0%
0%
O antigo basquetebolista, de 55 anos, deixa uma equipa que levou cinco vezes aos "play-offs" nos cinco anos que a orientou, com um registo de 243 vitórias para 157 derrotas.
0%
Summary

Os Chicago Bulls têm um novo treinador para a próxima época. Trata-se de Billy Donovan, que orientava os Oklahoma City Thunder.  O antigo basquetebolista, de 55 anos, deixa uma equipa que levou cinco vezes aos "play-offs" nos cinco anos que a orientou, com um registo de 243 vitórias para 157 derrotas.

Overall score 0%
0 min100

Os Chicago Bulls têm um novo treinador para a próxima época. Trata-se de Billy Donovan, que orientava os Oklahoma City Thunder.

O antigo basquetebolista, de 55 anos, deixa uma equipa que levou cinco vezes aos “play-offs” nos cinco anos que a orientou, com um registo de 243 vitórias para 157 derrotas. Os termos do contrato com os Bulls, incluindo a duração, não foram divulgados, publicamente. Em declarações ao site oficial dos Chicago Bulls, Billy Donovan agradeceu a oportunidade e a confiança no seu trabalho para a contratação.

A equipa dos Chicago Bulls é uma das equipas que mais adeptos tem por todo o mundo. A equipa de Michael Jordan e companhia mudou o panorama da NBA nos anos 90 e fez com que a liga se tornasse ainda mais famosa nos Estados Unidos e além fronteiras. O sucesso dos Chicago Bulls na liga, nomeadamente nos anos 90, onde o conjunto liderado por Michael Jordan e Scotie Pippen conquistou 6 títulos em apenas 8 anos (Campeões da NBA em 1991 1992 1993 1996 1997 e 1998) 2 tricampeonatos. No entanto a partir destes anos de ouro, a equipa não voltou a conseguir vencer um campeonato, tendo como principal destaque a época de 2010/2011 onde acabaram com um registo de 62-20 e com Derrick Rose a ser considerado o MVP da liga, o mais novo jogador de sempre a vencer o título de jogador mais valioso da liga, no entanto foram derrotados na final da Conferência Este pelos Miami Heat por um resultado de 4-1 na série, liderados pelos Big 3, Wade, Bosh e LeBron James.

A dupla mais temível de sempre

Quando olhamos para o plantel da equipa dos Chicago Bulls percebemos claramente que estamos perante uma aposta no futuro e que a organização está a preparar os seus jovens jogadores para daqui a pouco tempo conseguirem ter uma estrutura bem definida para que daí possam voltar aos bons velhos tempos.

A equipa tem jogadores jovens com muito valor, onde os principais destaques são Lauri Makkanen, Zach LaVine e Coby White. Além destes jogadores, também se espera um bom contributo de Wendel Carter Jr., Kris Dunn e Thadeus Young. Vemos então uma equipa com uma boa estrutura, com jovens jogadores que já demonstraram bastante potencial, no entanto ainda parece um plantel bastante curto para que possam lutar por um lugar nos playoffs.

A aposta em Billy Donovan é uma aposta com muita consciência, num treinador que fez muito pelos lados de Oklahoma, onde potenciou muitos jogadores, levou a equipa aos playoffs todos os anos, e mais incrível que tudo, foi este ano fantástico que a equipa liderada por Chris Paul, com 2% de probabilidade de chegar aos Playoffs conseguir apurar a equipa para os mesmos ocupando um fantástico quinto lugar na conferência Oeste.

Será uma grande jornada com muita esperança em Billy para que a equipa crie um grande ambiente de balneário, muito característico das equipas do timoneiro e que aumente os indíces defensivos da equipa, que é neste momento o fator mais débil da mesma.

LaVine será o líder desta nova era dos Bulls (Foto: Getty Images)

Entre na discussão


Quem somos

É com Fair Play que pretendemos trazer uma diversificada panóplia de assuntos e temas. A análise ao detalhe que definiu o jogo; a perspectiva histórica que faz sentido enquadrar; a equipa que tacticamente tem subjugado os seus concorrentes; a individualidade que teima em não deixar de brilhar – é tudo disso que é feito o Fair Play. Que o leitor poderá e deverá não só ler e acompanhar, mas dele participar, através do comentário, fomentando, assim, ainda mais o debate e a partilha.


CONTACTE-NOS



newsletter